Governadores entre a cruz e a espada

0

Situados na planície da pandemia, que já matou mais de 250 mil brasileiros, os governadores fazem o meio de campo desse trágico jogo entre a vida e a morte. Eles sentem as perdas diárias dos conterrâneos e sofrem na pele as consequências causadas por um governo federal negacionista que, desde o princípio dessa tragédia, joga abertamente a favor do vírus. Enquanto fazem das tripas coração para reduzir os índices de infecção e socorrer as vítimas, os governadores assistem impotentes o presidente Jair Bolsonaro promover criminosas aglomerações, fazer campanha contra a vacina e agora – pasmem senhores – insinuar que a máscara faz mal. Desconjuro! Dependentes do Ministério da Saúde para adquirir vacinas e ampliar o número de leitos hospitalares, os governos estaduais vivem entre os milhões de cruzes das vítimas do coronavírus e a espada enferrujada de um capitão medíocre, que insiste em conduzir o país para o precipício. Só Jesus na causa!

Revanche condenada

A Proposta de Emenda à Constituição ampliando os conceitos de imunidade parlamentar é importante, mas traz um defeito grave, que é a urgência desnecessária com ares vingativos. Quem pensa assim é o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto. Segundo ele, independente do seu mérito, a PEC “é editada e confessada como uma revanche e isso não é bom para o equilíbrio democrático. O jurista sergipano entende que essa pressa do Congresso em aprová-la desarmoniza o sentido dela, que é preservar a interdependência dos Poderes. É vero!

Abra o olho

A Páscoa se aproxima e o consumidor tem de estar atento para não ser enganado na compra de um dos produtos típicos da época, o bacalhau. Diversos outros peixes salgados, mas de menor qualidade e preço, são vendidos como se fossem bacalhau. A dica para não ser enganado é reparar no rabo do peixe, que tem a ponta mais comprida do que a dos seus “genéricos”. Quando é vendido em lascas, a diferença só é percebida na hora do preparo, porém aí já é tarde demais. Aff Maria!

Apaga velinhas

O Jornal da Cidade ficou mais velho nesta sexta-feira. Fundado pelos jornalistas Ivan Valença e Nazário Pimentel, o JC está completando 50 anos de credibilidade e muita informação, fato que o tornou um dos veículos de comunicação mais respeitados de Sergipe. Parabéns a todos os que integram este grande jornal. Bravo, bravo!

E o reajuste, quando sai?

O governo de Sergipe está pagando hoje integralmente a folha de pessoal. Festeja o fato de ser esta a primeira vez em sete anos que os servidores recebem os salários dentro do mês trabalhado. Não custa indagar, porém, quando o Executivo pretende conceder um reajuste salarial à categoria? Escudado na crise financeira, o governo se nega a recompor as perdas inflacionárias. Aliás, neste quesito, o executivo sergipano desrespeita à Constituição Federal há anos e deixa claro que não prioriza quem, de fato, toca a máquina pública. Home vôte!

Mãos ao alto

De 1º de janeiro último até ontem, 32 suspeitos de crimes diversos tombaram mortos à bala em Sergipe. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, eles reagiram à voz de prisão, atiraram contra os policiais e levaram a pior. Em todos os casos, os bandidos alvejados a tiros não morreram no local da escaramuça. Os relatos da SSP informam sempre que, após ter sido alvejado a tiros, o acusado “chegou a ser socorrido para um hospital público, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito”. Ah, bom!

Emendas prioritárias

O deputado federal Laércio Oliveira (PP) tem dito aos prefeitos sergipanos que vai priorizar emendas ao Orçamento da União voltadas para obras ou investimentos em saúde e educação. O parlamentar também se colocou à disposição dos gestores municipais para buscar convênios e recursos extras, visando atender o maior número possível de sergipanos. Esta semana, Laércio recebeu um grande número de prefeitos em seu gabinete, todos ávidos por recursos federais. Marminino!

Desigualdade

A situação educacional de jovens com idade entre 15 e 29 anos é um misto de avanços, problemas e desafios, de acordo com estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. A pesquisa alerta que o processo de escolarização da maioria dos jovens ainda é marcado por oportunidades limitadas e que, no Brasil, prevalecem expressivas desigualdades educacionais entre ricos e pobres, brancos e não brancos, e moradores de áreas urbanas e rurais e das diferentes regiões. Crendeuspai!

Itabaiana em festa

Foi inaugurada ontem, a nova Central de Abastecimento de Itabaiana. Apesar da pandemia, a solenidade foi das mais concorridas. Os itabaianenses lotaram o novo local de comercialização de hortifruti. Será dalí que sairão os produtos para abastecer as feiras livres dos povoados e dos municípios vizinhos. Filho de Itabaiana, o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (MDB), disse que a obra realizou o sonho de sua vida pública. Orçado em R$ 38 milhões, o novo Ceasa possui uma área total de cerca de 34,5 mil metros quadrados. Legal!

Defesa da cidadania

A Câmara de Aracaju acaba de aprovar projeto obrigando a fixação em órgãos públicos municipais de cartazes com informações sobre abuso sexual, violência contra a mulher e assédio moral. Autora da propositura, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) afirma que nunca é demais educar e prevenir contra algo tão constrangedor e recorrente. Para entrar em vigor, o projeto depende somente da sanção do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Aguardemos, portanto!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal de Aracaju, em 4 de janeiro de 1912

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais