Informações Educacionais Disponíveis Para os Internautas

0

SITE REÚNE DADOS EDUCACIONAIS DE TODO O PAÍS
Plataforma QEdu, iniciativa da Fundação Lemann e da Meritt Informação Educacional, apresenta situação da aprendizagem no país conforme meta do Todos Pela Educação

A Fundação Lemann e a Meritt Informação Educacional lançaram este mês o portal QEdu (www.qedu.org.br), que divulga informações sobre a Educação Básica brasileira. Com uma navegação que facilita a consulta a plataforma tem o objetivo de tornar os dados educacionais legíveis para os mais diversos tipos de público: especialistas em Educação, gestores, jornalistas, estudantes e famílias. O site é aberto e gratuito. Logo na primeira semana, o site já recebeu 13.059 visitas.

As principais fontes do QEdu são a Prova Brasil (saiba mais sobre a avaliação aqui) e o Censo Escolar, ambos realizados pelo Ministério da Educação (MEC). É possível consultar e comparar informações sobre escolas, municípios e estados. Há detalhes sobre matrículas e infraestrutura de cada unidade de ensino.

O site está atualizado com os dados de 2011 da Prova Brasil (os mais recentes disponíveis), divulgados na semana passada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A proposta da Merritt foi levada à fundação no fim do ano passado. O processo de concepção do QEdu durou cerca de um ano. “A nossa principal motivação era melhorar o acesso às informações educacionais, que já estavam disponíveis, por meio de ferramentas mais amigáveis. Muitos dados estavam em planilhas de Excel e continham apenas as médias de resultados”, afirma Ernesto Martins Faria, coordenador de projetos da Fundação Lemman. “Queremos que o potencial dos microdados chegue ao público e seja útil para ele.”

O QEdu utiliza os critérios do Todos Pela Educação para medir o desempenho das escolas e redes de ensino. Ao escolher um município, por exemplo, é possível visualizar se o nível de aprendizado da rede está adequado ou não para aquele ano. “Grande parte do site é a Meta 3 do Todos Pela Educação, que mede o aprendizado adequado à série”, afirma Ernesto.

Segundo ele, os dados são importantes para gestores entenderem a situação de seus municípios. “O aprendizado adequado é direito. Não podemos observar só a média”, destaca Ernesto.

FONTE www.todospelaeducacao.org.br  dia 26.11

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais