João Alves: disputará ou não?

0

No último dia 12 de maio, este espaço publicou um artigo com o título “João Alves não fugirá da disputa”, onde este jornalista analisou a situação do ex-governador nas eleições municipais deste ano. Hoje, 09, João Alves dará uma coletiva a imprensa para acabar com a novela. Este jornalista lembra pontos importantes sobre o assunto e avalia que João Alves precisa ser candidato para que seu grupo sobreviva politicamente em Aracaju.

 

João Alves Filho, precisa, entretanto mudar o discurso de vitima, Chega desta história de dizer que é perseguido pelo governo Lula e que o processo do Ministério público Federal na Operação Navalha é fruto desta perseguição. Quem lê as 130 páginas da denúncia feita ao STJ não tem duvida. Alguns parágrafos do artigo anterior:

 

  Com a confirmação da candidatura João Alves Filho mostra que está preocupado com o fortalecimento do DEM, principalmente em Aracaju, e mais do que isso, dá uma cartada decisiva para as eleições estaduais de 2010. João Alves mostra também que não está preocupado com a denúncia do MPF na Operação Navalha, onde é acusado de peculato e corrupção passiva. Mostra também que o problema de doença da senadora não é tão grave como alguns meios de comunicação divulgaram. Se fosse, João Alves abriria mão até mesmo da vida pública para cuidar da esposa.

 

– João Alves Filho ganhando a eleição em Aracaju criará um novo ânimo para a oposição em todo Estado fazendo da capital sergipana uma trincheira de embate contra o governo do Estado. Perdendo provocará uma debandada geral e, certamente, não será candidato a nenhum cargo em 2010. Perder a eleição para Déda foi algo natural na política, mas perder a eleição para Edvaldo Nogueira será o fim para o ex-governador. A candidatura de João fará com que Marcelo Déda deixe o cargo de governador, literalmente de lado, e se dedique em tempo integral a pedir votos para o aliado Edvaldo Nogueira. Será uma espécie de “revanche” do pleito de 2006 e mais do que isso, será uma prévia para 2010. Déda suará a camisa como a eleição fosse a dele.

 

 Será ótima a candidatura de João Alves Filho. Dará um novo ânimo a disputa que até o momento está insossa e sem graça, já que o principal adversário do atual prefeito,  o senador Almeida Lima, terá problemas para explicar ao eleitorado que é oposição em Sergipe, mas em Brasília é Lula e o PT desde criancinha. Com Edvaldo, João e Almeida uma certeza: a eleição em Aracaju irá para o segundo turno.

 

Missa de 7º Dia da juíza Mirena Góes

Hoje, 09, às 18hs, na Catedral Metropolitana será realizada a Missa de 7º Dia da juíza de Direito Mirena Dantas Fontes de Góes. A família enlutada agradece antecipadamente a todos que comparecem a este ato cristão.

 

Coronel Anselmo tem embargo rejeitado no STJ

O coronel Anselmo que comandou a PM de Sergipe no governo João Alves Filho passa por sérios problemas na Justiça. No Superior Tribunal de Justiça ele pediu para substituir uma decisão de pena privativa de liberdade por restritiva de direitos, mas foi negada. O processo é pela prática de delito de lesão corporal de natureza grave.  O processo é do Ministério Público contra o coronel José Anselmo Santos e o ministro do STJ, Arnaldo Esteves Lima já rejeitou os embargos. Uma pergunta: o coronel deveria estar preso ou não? Será que a conivência na PM de Sergipe? Perguntar não ofender, a não ser que…deixa prá lá…

 

14 coronéis podem ir para a reserva

A PM de Sergipe tem excesso de coronéis. Ao todo são 27, quando necessitaria de bem menos. A Procuradoria do Estado está estudando uma maneira jurídica de enviar a metade para a reserva. É uma solução. É melhor do que ficarem no chamado “corredor”, sem fazer nada e, alguns deles, tramando contra o comando de plantão.

 

Ainda sobre a PM de Sergipe

É muito fácil dizer que é honesto, direito, mas difícil é ter atitudes que traduzam honestidade. Na PM tem previsão do quantitativos em todos os postos e graduações, como em todos as carreiras publicas. Mas existe a previsão de 08 coronéis, em realidade são 27. A legislação há muito tempo proíbe o pagamento de graduação os postos superiores ou seja quem ocupar função de outra graduação não pode receber a mais. Mas o atual comando inventou certa excepcionalidade que no ano passado estas substituições excepcionais passaram de 500. Basta verificar no número das portarias que dão exemplo. A legislação prevê que o oficial pode ocupar um posto acima ou abaixo, mas não receber por posto superior quando a função é de posto superior. 

 

Eitá que a PM não tem jeito

Anotem esta placa: PM-052, com o nome CH-Operações, um siena branco.Toda sexta-feira, por volta das 17 horas aguarda uma criança sair de uma galeria localizada a Rua Dom Jose Thomaz, em frente ao antigo Colégio Brasília.

 

Encontro de Aracaju definirá alianças

Na reunião do último sábado, 07, do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores foi discutida genericamente a política de alianças. Ficou decidido que os encontros municipais decidirão as políticas de aliança com base na realidade de cada cidade. O Encontro Municipal de Aracaju será no próximo sábado, 14.

 

PT apoiará Main em Campo do Brito

O Encontro municipal do PT de Campo do Brito decidiu apoiar à candidatura à reeleição do atual prefeito, Manoel de Sousa (PDT), o Main. Estava em debate se o partido lançaria candidatura própria ou apoiaria Main. O PT indicará a candidata a vice-prefeita na chapa de Main, a vereadora Débora. Detalhe: Main é outro alvista de carteirinha que após o pleito eleitoral mudou-se para o PDT.

 

Petista denuncia corrupção eleitoral

Nota de Carlinhos do PT, de Campo do Brito: “Os sonhos dos verdadeiros Petistas de Campo do Brito, de ter candidatura própria a Prefeito pelo partido do companheiro Evairton, e do militante histórico do partido Carlinhos do PT, um dos fundadores do PT em nível de Brasil, Sergipe e Campo do Brito desde a época 1980, foi sepultado. Infelizmente toda a estrutura da Prefeitura de Campo do Brito, secretários municipais e vereadores trabalharam e pressionaram os funcionários da prefeitura filiados ao partido a votar na chapa que interessava ao prefeito Main. Enquanto diversos companheiros foram cooptados e corrompidos, muitos pediram desfiliação e outros foram pagos para não comparecer ao encontro. Temos provas fotográficas e áudio visual, onde estaremos encaminhado, ao Diretório Estadual do PT, ao governador Marcelo Deda, aos canais de televisão de Sergipe, ao Ministério Publico Federal, a Policia Federal, ao Ministério Publico Estadual e a toda imprensa de Sergipe do maior crime eleitoral e da pratica de corrupção praticadas  por dirigentes municipais do PT que desejavam a coligação com o PDT do Prefeito Main. Estaremos entrando em contacto com nossa assessoria jurídica para dar entrada nos casos com ação criminal e anulação do encontro e o rompimento de qualquer pratica de aliança com o PDT de Main, pois tenho documentos que esta administração municipal de Campo do Brito, não é digna do  Partido dos Trabalhadores e dos dirigentes sérios e principalmente do Governador Marcelo Deda, jamais poderá subir em tal palanque a não ser que ele queira sujar a sua biografia”.

 

Itaporanga: PSDB e PT conversam

Não duvidem. A Operação Navalha e a denuncia ao STJ sepultou qualquer chance do PT apoiar o candidato do PSC em Itaporanga D`Ajuda, o ex-presidente da Deso, Victor Mandarino. A aproximação com o PSDB em Aracaju está ajudando que o PT apóie a atual prefeita Maria das Graças Garcez, que é tucana. Os petistas não teriam como subir no palanque do PSC em Itaporanga, nem que o palanque estivesse sustentando nos tubos da Deso…

 

 Marly e Dilson polarizam eleição

Em Tobias Barreto, a atual prefeita, Marly Barreto e o candidato do PT, Dílson de Agripino polarizam a eleição municipal segundo as pesquisas internas. O ex-prefeito Diógenes Almeida, com sérios problemas judiciais pode reavaliar a candidatura até o final do mês.

 

Recado “picado de raiva”

Raiva mata. Uma contradição: tem gente que diz que não manda recados por jornal, que acusa os outros de freqüentar os corredores das secretarias, que não tem espelho em casa. Faz tudo que diz não fazer nas entrevistas. Agora, mandou um amigo avisar que está chegando de viagem “picado de raiva”. Como disse Aristóteles: “Ficar com raiva é fácil. Mas ficar com raiva com a pessoa certa, no momento certo, pela razão certa, do jeito certo – isso não é fácil”.

 

Rogério não tem prestigio nem no PT?

A decisão, da AL, por unanimidade em arquivar o pedido do deputado licenciado Rogério Carvalho, contra Augusto Bezerra deixou muita gente com uma “pulga atrás da orelha”. Foi um “acordão” ou Rogério Carvalho não tem prestigio junto aos colegas, até os petistas?

 

Dinheiro pago a Roberto Jefferson

Não duvide. O MPF e a Polícia Federal estão de olho na origem dos recursos do “empresário” Floro Calheiros que estão servindo para pagar Roberto Jefferson. O show de pirotecnia de Jefferson, com o respaldo de boa parte da mídia, não está saindo barato. E o Floro antes de Canindé, não era um homem rico. Não é Galindo?

 

Veículo sem lacre. Será placa fria de um policial?                                                                     

Veículo sem lacre e sem tarjeta da cidade na placa.

A foto ao lado, enviada por um leitor, levanta diversas questionamentos: Qual seria ou será o objetivo desse carro está trafegando sem o lacre e sem a tarjeta da cidade, será placa fria? Será de um policial ? Seria um assalto?

 

Trânsito em Aracaju vira mangue

Não tem jeito. Ou o prefeito Edvaldo Nogueira toma uma providencia enérgica ou terá sérios problemas. Aos sábados pela manhã, o dia de maior movimento no centro da cidade, ninguém encontra um agente de trânsito. É um inferno! Na rua Itabaianinha, caminhões param em fila dupla para descarregar e ninguém pune. São carros parados em locais proibidos e ninguém faz nada. Parecem que os agentes têm folga aos sábados. Ao superintendente não adianta reclamar…

 

Armas poderão ser usadas pela SSP

A SSP já pediu a Justiça à liberação das armas apreendidas com os traficantes do PCC na semana passada. São armas de alto calibre que podem ajudar em muito a polícia sergipana.

 

Até dezembro regularização de armas

Até dezembro estão abertas as inscrições na Polícia Federal para regularização de armas que ainda não estão cadastradas por seus donos. Mais detalhes no site: www.dpf.gov.br

 

Milhagem para atletas sergipanos I

Através do jornalista Ivan Valença, que escreve aos domingos no Jornal da Cidade este jornalista tomou conhecimento do projeto de lei do deputado Venâncio Fonseca que dispõe sobre a destinação, para fins de incentivo a participação de atletas em competições esportivas de prêmios e pontuações ou créditos, oriundos de programa de milhagem de companhias aéreas, quando essas passagens forem pagas com recursos públicos. O projeto prevê que a Secretaria de Esporte e Lazer será responsável pela centralização dos créditos e pontuações oriundas dos programas de milhagem para beneficiar os atletas.

 

Milhagem para atletas sergipanos II

A idéia é boa e ajudará aos atletas que não têm patrocínio e vivem mendigando atrás de uma ajuda. As milhagens ganhas através do dinheiro público deve ser revertido para os atletas e não ficar para os dirigentes. Este jornalista tomou como surpresa uma notícia na coluna de Ivan Valença este final de semana onde Carlos Nascimento, técnico da Secretaria de Turismo, disse que não pode ser colocado em pratica porque as companhias aéreas inscrevem tão somente pessoas físicas, entre outros.

 

Projeto proíbe uso particular

No Distrito Federal tem um projeto já aprovado um projeto de lei que proíbe o servidor público de receber ou utilizar as milhas concedidas pelas companhias. O MPF já estudou este assunto é também considera ilegal o uso destas milhagens pelos servidores. Não é difícil resolver este problema, basta vontade política e o governo do Estado estará contribuindo em muito para o esporte sergipano.

 

PCB realiza seminário

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) realizou neste final de semana seminário sobre gestão pública para os seus militantes e 23 pré-candidatos ao cargo de vereador nessas eleições municipais. O professor Anderson Góis, pré candidato a prefeitura de Aracaju foi o palestrante, foram quase duas horas de estudos e direcionamentos sobre como legislar para o povo.  O PCB está empenhado em construir uma sólida candidatura e se empolga com uma possibilidade real de surgir como uma terceira via para a população de nossa capital. Segundo Anderson Góis será anunciada a participação de outro partido político nesse projeto na próxima quinta feira. Haverá um ato público em que será indicado o pré candidato a vice. São os comunistas em busca de um importante espaço eleitoral.

 

Procurador quer suspender resolução que define que mandato é do partido

Uma ação ajuizada no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, pede a suspensão da Resolução nº 22.610 de 2007, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo a qual os mandatos dos parlamentares que se desfiliarem sem justa causa pertencem aos partidos. O procurador-geral argumenta que a ação é para evitar “o crescente número de cassações” e o “tumulto político-eleitoral” originado por decisões contraditórias adotadas sobre o tema nos Tribunais Regionais Eleitorais. Segundo Antonio Fernando Souza, ao se declarar na resolução competente para o processo e julgamento dos pedidos de perda de cargo eletivo em decorrência de desfiliação partidária, o TSE feriu artigo da Constituição Federal que exige a edição de lei complementar para definir as competências dos tribunais, juízes e juntas eleitorais. A resolução do tribunal teria ainda, conforme o procurador-geral, invadido competências do Congresso Nacional e do presidente da República, ao dispor sobre normas processuais e instituir “direito eleitoral novo”. “Expedir instruções para cumprimento de leis não se confunde com a ideação de todo o instrumental processual para a perda do mandato em caso de fidelidade partidária, assumindo o Tribunal Superior Eleitoral papel de verdadeiro legislador. E de legislador complementar e ordinário”, ressaltou o procurador-geral na ação. O ministro do STF Joaquim Brabosa é o relator da ação. (Agência Brasil).

 

Vereador escapa de cassação

O Vereador Evando Franca foi o primeiro parlamentar da capital a escapar da cassação por infidelidade partidária. Segundo seu advogado, o ex-assessor jurídico da Câmara Municipal de Aracaju, a absolvição de Evando deve ser atribuída ao fato de que o edil não passou sequer 24 horas fora do PTB. “Nossa orientação preventiva foi um sucesso”, afirma advogado Adir Machado, prometendo mais uma absolvição para os próximos dias.

 

PMDB, PDT, PSDB e PTB juntos em Porto da Folha

Em Porto da Folha um grupo de liderança prepara um acordo para juntar o PMDB, o PDT, o PSDB e o PTB no mesmo palanque. A chapa, liderada pelo médico Albino, do PMDB, teria como vice, Pedro Xavier do PSDB.

 

Cine Cult faz 1 ano e realiza Virada Cinematográfica

No próximo sábado ,14, no Cinemark Jardins Aracaju, a partir das 23h30, virada cinematográfica em comemoração a 1 um do Cine Cult. Exibição de 3 filmes até às 06h30;Intervalo com Refrigerante, água, suco, bolo e café grátis. Música e Vídeos Clipes nos intervalos. Bolo do Aniversário de 1 ano do Cine Cult. No final um café da manhã. 1º Filme:  Deserto Feliz (00h00). Presença da Atriz Nash Laila e do Produtor do filme Germano Coelho Filho de Recife-PE. 2º Filme: 02h00- Surpresa, 3º Filme: 04h00 – A Culpa é do Fidel! Ingressos limitados já a venda no cinema. Inteira R$ 14,00 e meia R$ 7,00. Válido para os 3 filmes. Maiores Info. 3042-0229/8123-7955.

 

Exibição de vídeos no auditório do BNB

 Nesta terça-feira, 10, acontecerá no auditório do BNB a exibição de vídeos produzidos por 15 alunos da rede pública que participaram do Projeto ‘O Sertão é coisa de Cinema II’. A exibição acontecerá ás 15h no auditório do BNB, situado na rua Itabaianinha, n. 44, em Aracaju. O Projeto Sertão é coisa de Cinema chega a sua fase final reunindo os municípios de Canindé e Japaratuba. Essa iniciativa foi criada da parceria da Casa Curta-SE, através do pondo de cultura Figuras em Trânsito e selecionado pelo Programa BNB de Cultura 2008.

 

COREN: Chapa Única Oposicionista tem 90% dos votos válidos I

Depois da tentativa de impugnação, por parte da antiga diretoria do Conselho Regional de Enfermagem, o que levou a Enfermeira Irene Alves , presidente da Chapa de Oposição à recorrer às diversas instâncias da sociedade, para ter o direito de disputar os votos dos enfermeiros sergipanos, culminando com a intervenção no Conselho sergipano, nesta sexta-feira, com a presença maciça dos profissionais, a nova diretoria foi eleita com quase 90% dos votos. “Fiquei impressionada com a quantidade de colegas que compareceram para votar” declarou Irene Alves, e acrescentou: “A cada voto, o enfermeiro vinha e me cumprimentava, me pedindo para que a gente resgate a imagem do COREN em nosso Estado, e é isso que nós vamos fazer. Daqui pra frente a sociedade sergipana verá uma Instituição, que é fundamental, tanto para o profissional, quanto para o cidadão, atuando com respeito e dignidade”.

 

COREN: Chapa Única Oposicionista tem 90% dos votos válidos II

A eleição, que também foi acompanhada pelo sindicato das enfermeiras em Sergipe, através da presidente, Flávia Brasileiro, marcou o fim de um ciclo de dominação de um grupo que há muito dirigia a Instituição. A posse da nova diretoria ocorrerá no próximo mês de outubro. Até lá, o Conselho continuará sendo administrado pela junta interventora. A presidente Irene Alves afirmou, após a realização da eleição, que faz questão de agradecer a todos os que estiveram envolvidos durante o processo, como a Imprensa, a Assembléia Legislativa, o Ministério Público Federal, o Conselho Federal que garantiram a lisura do processo, e à todos os profissionais da área de enfermagem, a quem garantiu muito empenho por parte da nova diretoria eleita, na defesa dos direitos destes trabalhadores.

 

Sobre a regulamentação da gratificação por cursos I

De um policial militar: “Nesta semana que ora se inicia, nossa insigne Assembléia Legislativa votará a regulamentação da Gratificação por Cursos, da polícia judiciária estadual. Sou policial militar há 25 anos, ocupo o posto de tenente-coronel, comando um batalhão com aproximadamente 250 policiais militares. Realizei todos os cursos necessários à ascensão profissional, diversas especializações policiais, tendo inclusive o curso que me habilita, um dia, a vir a ser comandante-geral da corporação. Alguns destes cursos, inclusive, realizados com nossos amigos gestores da polícia judiciária. O governador João Alves Filho, em seu último mandato, modificou a Lei de Remuneração da PMSE, criando aberrações incríveis ao permitir que um subordinado percebesse remuneração maior que seu superior hierárquico, o que é extremamente perigoso numa instituição militar. O governador Marcelo Déda se sensibilizou e está resolvendo este problema, o qual terá seu sepultamento oficial no mês de março de 2009 com a padronização da GAM para todos os níveis hierárquicos. A Lei de remuneração criada por nosso ilustre ex-governador gerou mais um problema: acabou com a gratificação por cursos dos policiais e bombeiros militares. Tal ação gera desestímulo para que o profissional se atualize e se aperfeiçoe, refletindo em um serviço mal executado junto à sociedade sergipana”.

 

Sobre a regulamentação da gratificação por cursos II

Continua o policial: Sinto-me extremamente humilhado em visualizar que uma categoria específica de servidores, colegas de profissão (somos todos policiais!) está se mobilizando para conseguir esta conquista e perceber que nada está sendo feito pela classe política sergipana para que nos inclua, também, na conquista destes direitos. Como não podemos nos sindicalizar, é-nos cerceado o direito de realizar manifestações e é nos dado tão somente a paciência em aguardar que nosso ilustre comandante-geral se manifeste a respeito, o que é praticamente impossível, uma vez que o mesmo ocupa cargo comissionado junto ao Governo do Estado. Será que ocorrerão fatos similares aos de outros governos, onde uma categoria específica de servidores da SSP recebia afagos, enquanto os barnabés da Segurança Pública (militares e base da PCSE) apenas desfrutavam da chibata para a execução do serviço enquanto seus direitos trabalhistas eram cerceados? A aprovação da Gratificação por curso para apenas uma categoria da segurança pública sergipana é um tiro disparado contra o processo de integração dos diversos organismos que a compõem e um balde de água fria despejado na cabeça dos policiais e bombeiros militares do estado de Sergipe, que até a semana anterior se encontravam motivados com as garantias de melhora já confirmadas pelo poder executivo, provocando desgaste na imagem de nossos representantes políticos”.

 

Criticas ao Emdagro

De uma leitora: “Sou filha de pequeno produtor rural que tem 50 (cinqüenta cabeças de gado) a custa de muito sacrifício. Ele precisou vender algumas cabeças de gado para tratamento de saúde. Entretanto ao se dirigir a Emdagro, que antes era Deagro e que não cobrava nada para declaração de vacinação, soube que agora teria que pagar R$ 2,00 por cabeça, para ter a declaração, pois soube no escritório da Emdagro, que a campanha tinha acabado em 31/05. Acho um absurdo, pois se uma empresa pública porque cobrar por este serviço, então por que não continuar como autarquia em que a assistência era gratuita. De que vale pagar os nossos impostos se não temos a assistência que queremos. Outra coisa, este ano não houve nenhuma divulgação da campanha pela televisão, rádio, etc. Procuramos o veterinário do local e ele disse que era ordem da diretora de defesa animal. Liguei para Emdagro para falar com a diretora e disseram que estava viajando e falamos com um veterinário que disse que a ordem era esta e tinha que ser cumprida. Acho que o Governador não sabe desta arbitrariedade e, se soubesse não concordaria, pois sei que é uma pessoa do povo e, foi para que houvesse mudança, que votamos nele. Como o senhor tem uma coluna que leio diariamente, gostaria que colocasse esta situação para que outros produtores a exemplo de meu pai não sejam penalizados”.

 

Frase do Dia

“Canalhas de todos os matizes: eu não sou como vocês. Ética para mim não é pose, não é bandeira eleitoral, não é construção artificial de imagem para uso externo. Ética para mim é compromisso de vida. Agir eticamente para mim é tão natural quanto o ato de respirar”. Do senador Jefferson Péres que morreu no último dia 23 (repetida a pedidos).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários