Manipulação pesquisas Tobias: Notícia crime pode ser exemplo punição

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Desde que o titular deste espaço iniciou este blog hospedado na Infonet, em maio de 2006, sempre demonstrou claramente que é contra a divulgação de pesquisas e que elas só deveriam servir para o consumo interno dos candidatos. A principal é dos manipuladores que só aparecem no período eleitoral para ganharem tubos de dinheiro, salvo as exceções de alguns institutos sérios que são tocados com muito sacrifício por abnegados e trabalham todos os meses do ano.

Este ano, a disparidade das informações assustou muito, inclusive alguns políticos que criticaram as disparidades e defendem uma legislação mais rígida.

Um dos exemplos mais escabrosos em Sergipe ocorreu em Tobias Barreto, onde tem uma notícia crime eleitoral

Dilson Agripino ganhou de Diógenes com 1,3% de votos a mais. Pesquisa do Instituto Alvo anunciou que Dilson teria menos 15% do resultado real. Não tem margem de erro que possa desculpar.

tramitando na Justiça Federal contra um jornalista e um empresário sob a acusação de má-fé criminosa com a manipulação de resultados de uma pesquisa. A vitória de Dilson de Agripino, em Tobias Barreto, desmoraliza o Instituto Alvo e o seu contratante.

Foram realizadas durante a campanha eleitoral, duas pesquisas na cidade de Tobias Barreto, pelo Instituto Alvo, que alegava reeleição do prefeito Diógenes Almeida, por 48,25% contra 32,50% de Dilson. O tiro saiu pela culatra. O grande vencedor foi o deputado Estadual, Dilson de Agripino.

Agora, quem anda em maus lençóis é o jornalista contratante – nos seus comentários manipulava as pesquisas, ao seu bel prazer. Além de errar feio, está respondendo processo por Notícia de Crime Eleitoral. Justificar a fonte de recursos para pagamentos das pesquisas não é problema. Ela vem do trabalho de assessoria para alguns parlamentares que pagam mensalmente entre RS 1.500 reais a RS 3.000, além de prefeituras e órgãos municipais, estaduais e federais. Um montante que ultrapassa os RS 35 mil reais. Isso é que é ter a mira certa para dinheiro, mas caolho para pesquisas.

O advogado da coligação vitoriosa já pediu a juntada aos autos da notícia crime do resultado eleitoral em Tobias Barreto que é a maior prova da má-fé e da manipulação da pesquisa.

Este processo, com certeza, servirá para a Justiça Eleitoral de Sergipe não só punir os responsáveis, mas servir de exemplo para os outros institutos que manipulam pesquisas.


Excepcionalmente blog será atualizado na terça-feira, 24 E na próxima semana o blog só será atualizado na terça-feira, 24 e não na segunda-feira como é feito normalmente. Saúde e Paz para todos!

NOTA – É estável o quadro clínico do ex-governador João Alves Filho, internado ontem em Brasília, após sofrer uma parada cardíaca, no apartamento onde mora com a senadora Maria do Carmo Alves. Segundo o médico que acompanha o ex-governador, ele apresenta infecção pulmonar e deverá permanecer em observação, por pelo menos 48h, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sirio-Libanes. João Alves já se encontrava em tratamento intensivo desde o ano passado, em unidade montada em home care, sendo acompanhado em um quadro avançado de Alzheimer. Assessoria de Comunicação/Gabinete da senadora Maria do Carmo Alves.
 

“Voto crítico” pela manutenção dos cargos comissionados Em coletiva à imprensa, realizada ontem, 19, PT anunciou “voto crítico” ao atual prefeito Edvaldo. Alguém pode explicar o que vem a ser “voto crítico”? “Somente os bobos ou apaixonados pensam diferente. A lógica: os eleitores do PT não votariam no candidato ligado a Sérgio Moro!” João Fontes, filosofando.

Atenção Brasil! Descoberto o que é o Voto Crítico Após enquete sugerida pelo ex-deputado João Fontes, a maioria decidiu: É igual a voto cínico: “voto, pois não tenho saída! Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!” Isso é o tal voto crítico criado pelo PT/SE para não perder os cargos comissionados no governo estadual.

Aracaju não haverá debate no 2º turno O Lide Sergipe, um grupo de líderes empresariais que existe em todo o país, reuniu-se ontem, 19, para assistir e participar de um debate com os dois candidatos a prefeito de Aracaju: Edvaldo e Danielle. Mesmo já agendado, de última hora a assessoria de Edvaldo disse que ele não iria. Ou seja, a estratégia será não ter debate em Aracaju. Para o blog não é surpresa, já que os dois candidatos passaram o primeiro turno com agressões dos dois lados. Eles não discutem gestão e governança para a cidade. Discutem ocupação de feudos. Pense nosso eleitor!

Telha: prefeito reeleito ficará na história. Merecia música no Fantástico por derrotar quatro E o prefeito reeleito de Telha, Flávio Dias, ficará na história do município não apenas por ser o primeiro gestor a conquistar à reeleição, mas também por vencer o empresário José João do Nascimento Lima, sobrinho da senadora Maria do Carmo. José João contou com o apoio de três ex-prefeitos: Eris de Melo, Domingos Neto e Teca. Mesmo assim, Flávio Dias venceu os quatro com uma diferença de 201 votos, para uma cidade pequena como Telha foi goleada e merecia música no Fantástico já que derrotou quatro de uma vez só.

Descontrole dos preços é o grande problema hoje da construção civil Em reunião realizada na última quarta-feira, 19, pela manhã, no Quality Hotel, a Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP apresentou as demandas da construção civil para técnicos da Caixa, da Sedurbs, da Cehop e Emurb. O presidente da ASEOPP, Luciano Barreto, abriu a reunião lembrando que o momento é diferente e é preciso uma atenção para o setor que é um dos mais importantes gerador de emprego e renda do país. “Nossas preocupações e angústias são enormes.” Ele aproveitou para apresentar um vídeo com o trabalho do Instituto Luciano Barreto Júnior – ILBJ, com a formação de jovens. O instituto é todo custeado por recursos da construtora Celi.

ASEOPP luta pelo reequilibro e apresenta demandas Ao abrir o debate, Luciano Barreto alertou que a grande preocupação hoje da construção civil é o descontrole de preços com a previsão de inflação este ano é de pouco mais de 4%. Ele lembrou que em governos passados ocorreram disparadas nos preços e foram editadas normas, como por exemplo, na Caixa, para reequilibrar os contratos por conta da inflação. “Hoje isso depende de pessoas que não conhecem a realidade e pensam apenas no preço menor sem qualidade”, disse dando exemplo os acórdãos do TCU e a luta de 12 anos da ASEOPP para tentar mudar a realidade com seminários e ações com o TCU, as autoridades e o Congresso Nacional. “Não podemos conviver com obras paralisadas. Apenas retomar não adianta se as atuais regras não permitem que as obras fiquem prontas,” desabafou Luciano que destacou também o trabalho qualificado dos técnicos da Caixa. A seguir a diretoria da ASEOPP apresentou dados mostrando a atual realidade que prejudica a realização e a conclusão das obras, como os custos indiretos que não estão todos nos acórdãos do TCU.

Preços atualizados O vice-presidente de Obras Públicas da ASEOPP, Francisco Costa, disse que a preocupação é grande não só nas obras públicas, mas também nas imobiliárias onde as mais prejudicadas são as empresas que já atravessam uma fase difícil e consequentemente a sociedade que não terão as obras concluídas. “Como bem disse Dr. Luciano o lema da ASEOPP, preço justo, obra concluída, sociedade atendida,” disse e por isso a diretoria vem procurando os órgãos responsáveis para um entendimento por conta da falta de material e o aumento abusivo de preços. “E a lei nos dá o direito de reequilíbrio econômico e financeiro nos contratos”, registrou, acrescentando que o pleito é que os programas utilizados para as planilhas de preços sejam atualizados para essa nova realidade. “’Os preços não voltarão ao que eram e no máximo vão se estabilizar aos níveis atuais. É preciso o reequilíbrio para que as obras não sejam paralisadas”, reforçou.

Reequilíbrio O Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade – SEDURBS, Ubirajara Barreto Santos, explicou que tem o problema das obras já contratadas e em execução que necessitam de um reequilíbrio econômico e financeiro de maneira uniforme, através de um entendimento de todos. E as futuras obras que serão contratadas com o problema da defasagem dos preços. Já o diretor da Cehop, Caetano Quaranta explicou o programa da companhia que é referência hoje para quase todo o país e explicou que os insumos da tabela dela são atrelados ao Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil). O vice-presidente de Obras Privadas da ASEOPP, Geraldo Majela apoiou a ideia de um reequilíbrio único para todas as empresas e lembrou que a CBIC vem realizando um trabalho também na busca deste reequilíbrio dos preços. “Se fosse gestor público hoje aguardava uma definição dos preços antes de licitar uma obra porque do jeito que se encontra é difícil concluir uma obra.” Francisco Costa anunciou que foi informado pela CBIC que o Sinapi será atualizado nos próximos dias através das informações estatísticas repassadas pelo IBGE.

Correções Emerson Gomes de Almeida, gerente de filial da Gerência Executiva de Governo Caixa/Aracaju, disse que a Caixa em Brasília está muito próxima da CBIC e que o momento é realmente diferenciado com relação ao reajuste de preços e a tabela do Sinapi. “Esperamos corrigir logo essas diferenças do mercado”, disse reforçando que a Caixa fez diversas ações para facilitar o trabalho por conta da pandemia e apresentou um novo programa na área da construção civil para os municípios. Em seguida o engenheiro da Caixa, Paulo César, fez uma exposição sobre o Sinapi e as cotações, as obrigações legais e normativas da Caixa e explicou como é feito o realinhamento de acordo com as variações e a diferença seguindo a metodologia do IBGE.

Novembro Azul A campanha Novembro Azul tem como foco a saúde do homem e, durante todo o mês, a Clínica Onco Hematos, que integra o grupo AMO (Assistência Multidisciplinar em Oncologia), vem divulgando vídeos em suas redes sociais, trazendo informação e conscientização sobre o câncer de próstata, uma doença que, para aumentar as chances de cura, precisa muito do diagnóstico precoce. O oncologista clínico, Dr. Thiago, explicou a importância da campanha, que é de alta relevância no combate ao câncer de próstata e falou sobre a conscientização dos homens em realizarem exames regularmente.

 Câncer de Próstata “No Brasil, o câncer de próstata tem estimativa de mais de 60 mil casos este ano. Por isso reforço a importância da prevenção, como mudança dos hábitos alimentares, com alimentos ricos em fibras e verduras; o abandono ao tabagismo; a diminuição do álcool e fazer atividade física regularmente. Prevenção é coisa para mim para você, pois não se cuidar é realmente coisa do passado”, enfatizou o oncologista.

Feseee promove em dezembro campeonato de Counter Strike (CSGO) A Federação do Estado de Sergipe de Esporte Eletrônico (Feseee) abre inscrições para o Serigy Cup de Counter Strike (CSGO), competição que promete reunir os melhores jogadores da modalidade do Nordeste. O prazo para garantir sua participação encerra no dia 5 de dezembro e o valor é de apenas R$ 50 por equipe.O campeonato acontecerá de 7 a 22 de dezembro, totalizando 15 dias de disputas eletrizantes, com mais de 50 horas de jogos com transmissão e narração profissional jogos da equipe Pode Casting. O grande campeão receberá o prêmio de R$ 800 e o segundo colocado leva para casa R$ 300. De acordo com o presidente da Feseee, o Serigy Cup de CSGO é aberto para todo Brasil, com foco nas equipes do Nordeste. “Estamos montando uma grande competição, com mais de 50 horas de transmissão e narração ao vivo. Estamos pensando grande, na altura dos nossos atletas e acredito que teremos um sergipano no pódio”, declarou Danilo Tavares.



PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Amparo do São Francisco: Processo em andamento com pedido de cassação registro do prefeito De alguns servidores da Prefeitura: “E tramita na 19ª Zona Eleitoral de Propriá, responsável pelo município do Amparo do São Francisco, um pedido de cassação do registro da candidatura do prefeito reeleito Franklin Ramires Freire Cardoso por abuso do poder econômico. A prefeitura de Amparo, por incrível que pareça, mesmo com a pandemia e as escolas fechadas, ainda gastou um absurdo com merenda escolar. Torcemos que a Justiça Eleitoral impugne a candidatura dele.”

                                               

Pelas redes sociais, principalmente grupos de whatsApp do conjunto Augusto Franco: “Aracaju: vereador eleito, Joaquim da janelinha, PROS, tem fotos divulgadas nas redes sociais supostamente comprando votos em Escola do Augusto Franco no dia  da votação. Mulher já foi identificada. Suplentes vão para cima, inclusive com outras denúncias de bolsas de estudos doadas em ano eleitoral.”

 

 


                                                                                         
Recanto do Chorinho retorna com a festa Domingueira favorita Dentro dos protocolos sanitários vigentes, a Domingueira Favorita do Recanto do Chorinho retorna a todo vapor e com as atrações: o grupo musical Regional Recanto do Chorinho, Anna Aparecida e Lene Hall, que prometem um repertório pra lá de animado e apaixonado. A festa começa a partir às 17h30, no Bar e Restaurante Recanto do Chorinho que fica localizado no Parque da Cidade, no Bairro Industrial, Zona Norte da Capital [próximo ao primeiro Posto Policial do Parque]. O ingresso custa R$ 15,00 e está a venda no local do evento. Mais informações através do telefone (79) 9 9933-1361.





EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

                                                     


“Vidas Negras Importam”, hoje 20, às 19h Vamos lá? Vamos bater um papo sobre Dia da Consciência Negra e tantos temas que nos cercam.Com o mote internacional “VIDAS NEGRAS IMPORTAM” vamos despertar, respeitar, trocar, pois sem essas preceitos o diálogo é sempre mais difícil. Então, aguardamos você. Transmissão via meet.google.com. Certificado gerado para os participantes.

 

 

                                                       

Transformação Digital é Acreditar Sempre! Inscreva-se nessa experiência híbrida especial. Venha participar da palestra do fundador do Razões Para Acreditar, Vicente Carvalho. Vai ser dia 24/11, às 18h40, dentro da programação do TDXP’2020. https://bit.ly/RazoesParaAcreditarSebrae Garanta já a sua vaga! TDXP – Transformação Digital Experience.

 

 

 

 

PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br  E FACEBOOK

 

RESENHA

OS DESVALIDOS, Francisco J.C. Dantas   Por Antônio FJ Saracura (*)

 

Acabei de ler ontem à noite, com o nariz entupido e me pelando de medo do Corona, “Os Desvalidos”, de Francisco Dantas. Foi uma releitura, que eu devia a mim mesmo, pois, na primeira vez, pulei trechos, como se um trem pudesse saltar estações para chegar mais rápido à festa, se estava nela desde a primeira página.

Agora, outra vez, pecador renitente, também pela cabeça povoada de vírus reais e dos que a fantasia inventa, tão perigosos quanto, me enganchei nas mudanças de cenário e quase pulo estações na via-sacra de “O Cordel de Coriolano” (primeira parte do livro). De novo? Seria diabólico. Então aguentei firme.

Na segunda parte, “Jornada dos Pares no Aribé”, o livro pegou fogo. Escrita febril. O encadeamento das ideias e dos fatos arrebata. O leitor é possuído pelo enredo.  

Não precisa haver fatos espetaculares para se ter um grande romance; basta estar perfeitamente escrito, como esse “Os Desvalidos”. Um incidente secundário, fora da trajetória conhecida do bandoleiro Lampião, é transformado em epopeia grega… 

O bando de Lampião encurralado (como sempre viveu), espoliado pelos poderosos que o usou e nunca pagou, corrido pelas volantes muito mais sanguinárias, chega às vizinhanças do Aribé, ao mundo miúdo de Coriolano, o sítio cascalhado com uma estalagem decadente.

Em noite de insônia, o autor junta o corcunda tamanqueiro Coriolano (“nem no céu em quero entrar como tamanqueiro”), o ousado Zerramo (“Esse sim é que é homem de dar fama a cemitério”), o resignado tio Filipe (cativou e coração da fogosa Maria Melona, que se aquietou) e outros desvalidos, de um lado… e do outro, Virgulino Ferreira (sujo, fedido, acossado), coronéis manhosos, volantes impiedosas, miseráveis cheios de inveja… 

O ar seco de uma anunciada última noite de vida povoa-se de relembranças dolorosas e líricas. 

Coriolano quer apenas tocar a pequena estalagem em paz, que foi o que conseguiu produzir por ele mesmo; Virgulino quer criar com Santinha os meninos como todo mundo cria. Sonhos parecidos aos de Zerramo, de tio Filipe, aos nossos, desvalidos também. Também ao sonho da cangaceira Saitica, que já foi Zé Queixada, indo pra Serra Negra olhar o filho único, já rapaz feito, que nunca mais pode ver, de sua única barriga, parido já sem pai para o acarinhar, mas levando jeito dele, aconversa manhosa e agradadeira. Sonhos justos, simples e naturalmente viáveis em qualquer lugar do mundo.

E esses dois mundos (Coriolano e Lampião) se esbarram sob o teto da estalagem com o sol nascendo.

Virgulino Lampião mal guarnecido de cabras e Coriolano sem qualquer proteção, porque ele, tio Felipe e Zerramo não são nada diante de um rifle carregado. E uma carga de fogo e chumbo desmancha o gigante inteligente cheio de estratégias e ousadias, Zerramo. Coriolano, virou-se num rato e sorrateiro escapa para capoeira, some do Aribé. Tio Filipe é arrancado da morte por Saitica (Maria Melona, a ex esposa agravada), que o joga na garupa do cavalo e parte em disparada. Bem à frente, cai nas garras da impiedosa volante. O filho a espera em vão. E o esperto amansador de cavalo, o caixeiro viajante vocacionado, tio Filipe, assiste sua Maria sendo estuprada pelo batalhão de Cachimbos… 

Tempos depois, tio Filipe aparece puxando uma carroça de um fueiro pelas ruas sujas de Rio das Paridas. Coriolano olha o tio assim, uma sombra de nada… e nem mais tem um fio de pestana para puxar.

A fortuna dos desvalido é fortuita. Os que ficam ricos, findam sem nada, como se fosse uma maldição do destino. Aqui não cabe senhores. Lampião, as tropas volantes, o paisano de um modo geral. Até os gandolas, como os coronéis que financiam as volantes e ludibriam os cangaceiros vivem se escondendo com medo da vingança.

O romance encanta pela escrita irretocável. Não me lembro de lido textos tão eficazes. Palavras fortes que a pressa dos novos tempos jogou fora ressuscitam desenhando mundos inimagináveis. É uma daquelas obras na qual, parece, que o autor coloca toda sua arte. Tintas nobres. Pincéis finos. Alma lúcida. Melodia, perfume, sabor que saciam…Todos os sentidos se combinam para gerar a sensação de privilégio único, que o leitor, como eu, fica.

Não sei de ninguém que escreva sobre Sergipe (ou não) que chegue perto de Francisco Dantas. Mesmo assim, tem sido meio despercebido até pelos leitores que ainda há. Se temos todo o ouro do mundo aqui em casa… Vamos a ele, ler Francisco Dantas!

(OS DESVALIDOS, Francisco J.C. Dantas, Alfaguara, 3 edição,2012,250 páginas, isbn 978-85-7962-137-6. Aracaju, 01 Agosto de 2020, extraída do blog: Antônio Saracura Sobre Livros Lidos).

(*) Escritor das Academias Itabaianense e Sergipana de Letras.

 


PELO TWITTER

www.twitter.com/BlogClaudioNun Na QUARTA cidade mais ANTIGA do Brasil, São Cristóvão a Câmara Municipal aprova aumento de salário de prefeito, vice prefeito, secretários e procuradores. Dois dias após as eleições. O prefeito reeleito e vários vereadores. Símbolo de aplausosSímbolo de aplausosSímbolo de aplausosSímbolo de aplausos

 

www.twitter.com/minc_rj Excelente charge de Benett hj na FSP. “os caras que compram madeira ilegal extraída ilegalmente por madeireiros ilegais como nós são uns canalhas”. BolsoNero+Salles apoiam grileiros+madeireiras, algemam IBAMA e afrouxam norma para exportar madeira. Põem culpa na CE. Cara de pauCara de persistente



Siga Blog Cláudio Nunes:               

Instragram

 Facebook

 Twitter

 

 



Frase do Dia
“Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários.” C. S. Lewis.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários