Mato sem cachorro

0

A polêmica em torno do empréstimo de R$ 727 milhões que Sergipe pretende fazer junto à União está servindo para mostrar que, se depender do PT, o governador Marcelo Déda está no mato sem cachorro. À frente do comando do estado desde 2007, o partido tem evitado liderar a luta em favor dos recursos federais, preferindo acompanhar “de camarote” o esforço do próprio Déda e de algumas vozes isoladas, como as dos deputados estaduais Francisco Gualberto e Ana Lúcia. Abandonado dentro da própria casa, o governo vem se socorrendo com ajudas de adversários históricos. O maior exemplo é o deputado federal Mendonça Prado (DEM), que saiu em defesa do empréstimo e disse que a sua não aprovação é uma atitude mesquinha e politiqueira. A apatia de boa parte do PT sergipano neste episódio de grande apelo popular permite dizer que não se faz mais lideranças petistas como antigamente.

Por telefone

E o governador Marcelo Déda telefonou ontem para os deputados federais Laércio Oliveira (PR) e Mendonça Prado (DEM). Agradeceu aos dois por se posicionarem favoráveis ao empréstimo de F$ 727 milhões pretendidos pelo governo estadual.

Educação

Prossegue até amanhã a 7ª Semana Jurídica promovida em Aracaju pela Faculdade Estácio FASE. Contando com a participação de mais de mil estudantes de direito, o evento foi aberto ontem à noite pela professora Paula Caleffi, diretora executiva do Grupo Estácio de Sá. Hoje e amanhã ocorrerão oficinas e palestras na própria faculdade e no Colégio Dinâmico.

Judiciário

Será encerrado hoje em Aracaju o VI Encontro Nacional do Judiciário. Organizado pelo Conselho Nacional de Justiça e (CNJ), o evento foi aberto ontem à tarde com a presença de representantes dos Tribunais de Justiça de todo o país. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres de Britto, prestigiou a solenidade de abertura. Depois ele foi homenageado pela Universidade Tiradentes com o título de 'Doutor Honoris Causa'.

Cesta básica

Aracaju teve em outubro último a cesta básica mais barata do país: R$ 206,03. A mais cara foi a de São Paulo: R$ 311,55. De acordo com levantamento realizado pelo Dieese, o preço dos gêneros alimentícios essenciais aumentou no mês passado em nove das 17 capitais pesquisadas. Os preços do arroz e da farinha de mandioca foram os que apresentação maior elevação em Aracaju, tendo aumentando 19,77% e 24.24%, respectivamente.

Queixoso

O deputado estadual Adelson Barreto (PSB) não esconde de ninguém sua contrariedade com os líderes do partido. Segundo ele, essa foi a razão de abster-se em votar no partidário Belivaldo Chagas para conselheiro do Tribunal de Contas. Barreto reclama que há anos tem sido preterido pelo PSB e cita como exemplo a não realização de prévias para a escolha do candidato a prefeito de Aracaju. Pelo visto, em breve Barreto troca de partido.

Chumbinho

O aldicarbe, agrotóxico utilizado de forma irregular como raticida doméstico (chumbinho), foi banido do mercado brasileiro. Segundo a Anvisa, o produto é responsável por quase 60% dos 8 mil casos de intoxicação relacionados a chumbinho no Brasil todos os anos. O aldicarbe tem a mais elevada toxicidade entre todos os ingredientes ativos de agrotóxicos.

Falastrão

O suplente de deputado estadual Gilmar Carvalho (PR) jogou para a plateia ao afirmar que se iria “pedir vistas a perder de vista” do projeto que autoriza o governo a fazer um empréstimo de R$ 727 milhões. Na condição de suplente, ele não tem assento nas comissões temáticas da Assembleia, pois não passa de um reserva de luxo.

Bunda de fora

E a roqueira Rita Lee, que deve ser julgada em Aracaju na próxima quinta-feira por desacato a policiais militares, mostrou a bunda em Brasília. Foi no Green Move Festival, evento realizado domingo e que reuniu cerca de 25 mil pessoas. Após defender a candidatura do ministro do Supremo, Joaquim Barbosa, para a presidência da República, Rita Lee baixou as calças e mostrou a bunda magra para o público. Uau!

Do baú político

Nas eleições de 2002, o saudoso deputado estadual Nego da Farmácia (PL), que foi candidato com o número 22222, por pouco não se reelege. Nas últimas projeções feitas pela Justiça Eleitoral, o parlamentar aparecia sempre na suplência. Foi o bastante para seus adversários espalharem carros de som nas ruas de Boquim divulgando que os “cinco patinhos” (referência ao número do deputado) morreram afogados. Terminada a apuração, Nego se elegeu graças aos votos de Boquim e Salgado. Imediatamente, seus aliados colocaram carros de som nas ruas anunciando que “os cinco patinhos sabem nadar”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários