MENDONÇA E PEDRINHO: ESTA É A CHAPA DO DEM

0

Enquanto a assessoria dos Democratas convidava a imprensa para uma coletiva com o ex-governador João Alves Filho, nesta terça-feira, às 7 h, na sede do partido na Rua Cedro (atrás do Batistão), as negociações políticas para a formação da chapa das oposições em Aracaju continuaram.

 

O inssosso presidente de honra do PSDB, deputado Albano Franco, foi um dos que estiveram com João Alves em sua cobertura da 13 de julho. Depois de chorar miséria e vender dificuldades, à tarde, para o incauto prefeito Edvaldo Nogueira, Albano Franco não perdeu tempo e foi jantar com João na esperança de conseguir uma barganha melhor.

 

Mais uma vez, Albano Franco chegou de mansinho com aquela conversa de “João-sem-braço” – como diria o saudoso Hilton Lopes – e tentou fechar o acordo de seus sonhos suiços com o antigo aliado de 2006, o DEM. Tudo dentro de seu modus operandis. Só que não deu certo desta vez, já que o PSDB sergipano não passa de um estorvo ante os olhos de qualquer líder com a mínima inteligência política. (Albano sequer dispõe de nomes para indicar como vice num possível acordo).

 

E a avaliação foi simples: o que são três minutos a mais na TV, do PSDB, quando se tem nas mãos a oportunidade ímpar de cobrar coerência de um opositor (PT/PCdoB) que sempre atacou a “oligarquia da cana” no Estado, ao longo de anos?

 

Definitivamente, os dias de Dr. Albano em Genebra, regados a scotch de primeira e boas companhias, não renovaram as suas idéias políticas retrógradas e, pelo visto, serviram tão-somente para lustrar aquela face nada acostumada ao rubor.

 

Resultado: o DEM vai de Mendonça Prado como candidato a prefeito e Pedrinho Valadares como vice. Uma chapa puro sangue para perder… Ou vencer.

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários