Neste sábado, a Caminhada pelo Dia Mundial do Diabetes

0

O Dr. Raimundo Sotero finalizava ontem os últimos preparativos para a realização da XVII Caminhada pelo Dia Mundial do Diabetes, que ocorre neste sábado, a partir das 15h30, com saída da praça do Mini-Golfe e chegada no Parque da Sementeira. A Caminhada deste ano promete superar a do ano passado, que teve a participação de nove mil pessoas e foi uma festa muito legal, com a participação de trios elétricos. A expectativa é que este ano a Caminhada reúna pelo menos dez mil pessoas. É uma infra-estrutura gigante para ser organizada mas o Dr. Sotero tem experiência neste tipo de organização. A pista que leva ao Parque da Sementeira fica coalhada de gente que participa com alegria e entusiasmo da caminhada, ao som de muita música e obedecendo o comando geral do dr. Raimundo Sotero,doCentro de Diabetes de Sergipe, que está comemorando 20 anos..

O duelo que não houve

O tão aguardado duelo  entre Situação e Oposição, marcado na terça-feira, terminou não se realizando e é bem possível que não ocorra mais. É que Francisco Gualberto, líder do Governo, queria falar no Grande Expediente por dispor de mais tempo – 20 minutos no total – sem falar no tempo em que os aliados poderia lhe conceder. Já o líder da Oposição mostrou-se animado com a oportunidade de desmascarar o governo no episódio  da transferência de verbas constitucionais a menor do que deveria ocorrer. Passos chegou a acusar o governador de estar “passando os cinco dedos” na verba governamental dos municípios. frase que criou  aversão a Gualberto. O líder da Oposição chegou a dizer que o ICMs a menor repassado aos municípios beirava a casa dos 80 milhões de reais. No seu rápido pronunciamento, prometendo uma resposta para quinta-feira, ontem, Gualberto disse que “ia destruir” a versão propalada pelo líder da Oposição, mas não apresentou nenhum indício do que aconteceu. O fato é que os municípios ficaram todos ouriçados e querem o Tribunal de Contas do Estado na causa para melhorar a receita do ano e contar com uma inesperada verba para o final do ano. Gualberto disse ao escriba que não vai dar mais resposta a Georgeo Passos, mesmo já na segunda-feira, pois isso iria remoer um “assunto velho”.   Certamente tomado por outros compromissos, Georgeo não apareceu na Assembleia na sessão de sexta-feira. Mas promete voltar ao assunto “nos próximos dias”. Igual aqueles filmes de faroeste feitos na Itália, o duelo que não houver terminou sem mortos nem feridos…

Curso para a área de beleza e estética

Profissionais do mercado da beleza e estética terão uma boa oportunidade para atualizar seus conhecimentos e conhecer a novidades do setor, isso porque será realizado nos dias 26 e 27 de novembro a V Edição da Sergipe Beauty Hair e Spa Feira Cosmética. Este ano o evento será promovido na Quadra Geraldo Oliveira, localizada na Rua Campo do Brito, ao lado do Batistão. A Feira contará com uma extensa programação, que inclui palestras e workshops, além da presença de representantes de mais de 20 fabricantes divulgando e comercializando seus produtos. As atividades acontecerão sempre das 10 às 22h. A entrada custa R$ 10 e um quilo de alimento não perecível, que serão doados para 3 instituições de caridade. Os ingressos poderão ser adquiridos no local doevento ou na Casa do Profissional, na praça Olímpio Campos, 619. Uma das novidades deste ano é a presença do consultor visagista  e creative man da Red Team Consultoria de Imagem, Beleza e Estilo, Robson Trindade, que ministrará no domingo um workshop sobre visagismo, uma técnica que auxilia a criação de penteados e cortes de cabelo adequados a cada tipo de rosto. Robson é atualmente o único consultor de imagem brasileiro membro do AICI – Association of Image Consultants International e Presidente da Associação Nacional dos Visagistas.

AL Homenageia a jornalista Ilma Fontes

Sessão especial de homenagem à Jornalista Ilma Fontes está programada para 2a feira, a partir das 17h, pela Assembleia Legislativa do Estado. A homenagem é pela passagem dos 50 anos de atividade jornalística daquela que, se fosse seguir a carreira pela qual se formou, seria médica. Mas, um belo dia, 50 anos atrás ela se encontrou com o jornalismo e foi mordida pela mosca azul, transformando-se, no jornal “Gazeta de Sergipe”, numa das melhores e mais lidas cronistas sociais da época. Depois é que se dedicou ao mundo das Artes, organizando exposições e mostras fotográficas. Por muitos ano foi a curadora das mostras de arte organizadas pelo Legislativo Estadual e mantém um jornalzinho alternativo de boa circulação no Estado, também dedicado ao mundo das artes. Se há uma homenagem merecida certamente é esta dedicada a Ilma Fontes. O peso da idade não diminui o entusiasmo pela Arte feita por sergipanos para sergipanos.

Os retrocessos patrocinados por Temer

O deputado federal Valadares Filho fez um pronunciamento na Câmara destacando os retrocessos patrocinados pelo Governo Federal. “O Governo Federal coloca em risco conquistas históricas da população brasileira, no que diz respeito a serviços essenciais. Na Saúde, Valadares Filho ressalta que é visível a queda na qualidade dos serviços prestados pelos hospitais públicos, semfalar da interrupção do “Farmácia Popular”, programa que distribuía medicamentos de uso contínuo à população mais carente”. Na Educação os cortes foram nas verbas das Universidades Públicas, dos Institutos Federais do brasil e de programas como o Pronatec, Ciências Sem Fronteiras, Fies, Prouni. “Ou seja, programas que possibilitavam o acesso da população mais carente à educação de qualidade”. O governo também cortou recursos do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar. No ano passado foram mais de R$ 160 millhões cortados. O valor era repassado a Companhia Nacional de Abastecimento que comprava produtos vindos da agricultura familiar.  Cerca de 180 mil famílias de 930 cooperativas deixaram de ser assessoradas na gestão do setor de negócios.  O maior programa de habitação popular da história do Brasil também foi atacado pelo atual governo. As regras do Minha Casa Minha Vid foram alteradas e as metas reduzidas. “Em setembro do ano passado, Temer acabou com o uso do FGTS  para financiar o Minha Casa. . A suspensão do programa não só impactou 6, 1 milhões de família que precisam de mordia digna como outras tantas pessoas que perderam seus empregos. O mais grave, segundo Valadares Filho, foi o corte no programa Bolsa Família. “Essa medida levou o Brasil de volta ao mapa mundial da fome da ONU. Segundo o IBGE mais de 7 milhões de pessoas convivem atualmente com a fome no Brasil”.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários