O fim do carnaval

0

Hoje, quarta-feira de cinzas já é hora de guardar a fantasia porque o carnaval acabou – agora só no próximo ano. Mas. como ocorre todos os anos, a folia varou a madrugada e encontrou a manhã de hoje em vários pontos do País. Se brincar, ainda tem hoje sambando na manhã de hoje pelo menos até o meio-dia, quando a vida volta de fato à normalidade. Os bancos começam o atendimento ao público a partir das doze horas e encerra o expediente às 16 hs. O comércio, sempre mais ranzinza, abre as portas a partir das 8 horas da manhã. Mas, os poderes, como o Legislativo e o Judiciário, só funcionam mesmo. amanhã, nos seus horários regimentais. Apesar de toda ao liberalidade, foi um carnaval sem mito entusiasmo. Até mesmo o desfile das Escolas de Samba do Rio e de São Paulo não foram cheios de entusiasmo. Ao contrário, foram até mornos talvez por causa da ameaça de chuvas nas duas principais capitais do País. O Sambódromo, pouco antes do desfile, parecia um rio. Aqui em Sergipe, a não ser o desfile do Rasgadinho dando voltas pelas ruas do centro da cidade, não teve nenhuma novidade. Foi uma mediocridade só. Talvez tenha sido ótimo para os privilegiados que vieram de outros Estados, “internaram-se” na praia de Atalaia e a Polícia os protegeu das proximidades de foliões, principalmente aqueles mais “tungados” pelas biritas. Para variar Aracaju consolidou-se como o carnaval mais tranquilo do País. Por outro lado, quem preferiu acompanhar o carnaval pelas transmissões dos canais de televisão ficou decepcionado duas vezes: 1) os repórteres que acompanharam blocos e outros foliões mais audaciosos, a maioria do sexo feminino, eram muito ruins, poucos chegados à improvisação. 2) As músicas são as mais repetidas possíveis. Parece que durante todo o ano não se produzem músicas novas. Então é apelas para sucessos antigos, embora elas sejam uma chatice para os foliões de televisão. Agora, é torcer para que o próximo carnaval a coisa seja melhor…

Chuva, trovões e calor

A grande novidade deste carnaval foi sem dúvida o temporal tão anunciado mas sempre transferido. Chover, até que choveu, mas não com a intensidade anunciada e esperada. Mas, na tarde de segunda-feira Aracaju foi tomada por uma “tempestade” de trovões. No interior, ocorreu a mesma coisa, mas em Itaporanga os trovões foram intensos e chegaram à noite assustando muita gente… O intenso calor é que não abandonou o sergipano em nenhum momento e em lugar algum. Uma coisa interessante: este ano o poder público não patrocinou nada. Nem uma mixuruca escola de samba recebeu o apoio do Estado e dos Municípios. No interior ainda podia se ver o apoio de Prefeituras num pretenso “desfile de Carnaval” mas aqui na Capital nem isso… Um carnaval de pobreza, certamente…

Alexandre Frota e Jorge Kajuru

Chega a ser ridículo, mas tem quem goste. O agora deputado federal Alexandre Frota – aquele de tantos filmes pornográficos produzidos pelas Brasileirinhas – tem discursado quase que diariamente no pequeno expediente da Câmara dos Deputado, tendo 3 minutos para transmitir a sua mensagem. Para não se perder no meio do discurso e do pensamento, geralmente Alexandre Frota leva os discursos escritos. A ênfase dos seus discursos é em defesa do Presidente Jair Bolsonaro, mas não podia ser diferente porque ele integra a bancada do PSL, o partido do homem… Outro deputado folclórico, Jorge Kajuru, do PSB de Goias, baseando-se num relatório que desmascara o STF (Supremo Tribunal Federal), criticou severamente o Supremo pelo exagero de suas proporções. Ele citou, entre tantas outras coisas, que o STF tem apenas onze ministros, que são servidos por quase 3 mil servidores. O STF tem 97 veículos e nada menos que 3 caminhões. Caminhões no STF? Isso mesmo. Pra que, não se sabe…

A reunião será dia 20

O Governador Belivaldo Chagas marcou para o dia 20, o encontro – uma espécie de Assembleia Geral do Estado – entre o Governo, a Assembleia Legislativa, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, entre outros convidados, para debater a situação crítica das finanças do Estado. Naturalmente, Belivaldo é o orador principal da manhã – ele vai pedir aos chefes dos três poderes, que limitem os gastos ao imprescindível porque senão, em abril ou maio, o Governo não tem condições de pagar em dia aos servidores públicos.

Deputada quer desconto no IPVA

Marinheira de primeira viagem, a deputada Janier Mota apresentou indicação à Assembleia Legislativa , solicitando que o Governador Belivaldo Chagas, autorize a Secretaria da Fazenda e o Detran providenciar um desconto de 30% no valor do IPVA anual das motos dos trabalhadores que recebem até um salário oínimo, bem como todos os pronafianos e pequenos agricultores e pequenos produtores de leite que possuem declaração de aptidão ao Pronaf, no período de 2019 a 2022.

Consumo de gás natural

Os números ainda estão atrasados, mas são os últimos divulgados. Foram consumidos 236,2 mil metros cúbicos/dia de gás natural em Sergipe, no mês de novembro de 2018. Com os números de novembro, o volume de gás natural consumido no Estado, o acumulado dos onze primeiros meses de 2018, assinalou retração de 25,4%, na comparação com o mesmo intervalo do ano de 2017, observou-se retração de 7,6%.

Comentários