Obesidade e o diabetes

0

Liberdade significa responsabilidade. É por isso que tanta gente tem medo dela.
George Bernard Shaw     

Dois dos maiores problemas da saúde pública do atual milênio são a obesidade e o diabetes. O número de indivíduos acometidos com estas condições, muitas vezes as duas, é assustador. E o que é pior, a situação continua se agravando, tanto nos países desenvolvidos como, e principalmente, entre alguns em desenvolvimento.

O Brasil faz parte deste grupo.

No país mais gordo do mundo, os Estados Unidos, mais de 65% da população adulta tem sobrepeso e quase 40% é obesa. Como todos sabemos a obesidade é uma condição extremamente desfavorável à saúde, ou seja, cerca de 80% dos diabéticos do tipo adulto, não teriam a doença se não tivessem excesso de peso.

Por conta dos malefícios que a obesidade acarreta, a atual geração dos americanos irá viver menos do que a anterior, um fato absolutamente inédito na história daquele país. São dois os principais motivos reconhecidos como responsáveis pela atual situação: os maus hábitos alimentares em quantidade e qualidade e realização cada vez menor de atividades físicas, nas chamadas sociedades modernas.  No entanto, segundo alguns, apenas estes dois fatores não poderiam explicar este aumento tão substancial nas duas condições.

Um dos argumentos nesta linha de pensamento, seria o fato de que nas últimas décadas o número de pessoas que faziam atividades físicas era muito maior do que era antes da obesidade e o diabetes não vem diminuindo, muito pelo contrário,vem crescendo de forma assustadora.

Na última reunião anual de uma das mais importantes Sociedades de Endocrinologia do Mundo, a Americana, estudou-se com bastante afinco e bastante cuidado a possibilidade de que a menor quantidade de sono teria importância no aumento dos casos da obesidade e diabetes.

Na década de 70, quando as duas condições não eram tão freqüentes, a maioria dos americanos dormia 8 horas por dia, porém nas décadas subsequentes a quantidade de sono foi diminuindo progressivamente, e hoje 30% dos indivíduos dormem menos de 6 horas diárias.

Porém por uma triste e inequívoca coincidência as duas condições, diabetes e obesidade, aumentaram assustadoramente, e a grande pergunta que ficou no ar é de como a quantidade de horas dormidas poderia contribuir para que isto ocorresse?

O diabetes do adulto é condicionado por uma deficiência relativa da ação da insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, porém na maioria dos casos é a obesidade quem dificulta a ação daquele hormônio ao nível dos tecidos, no nosso sistema digestivo e tecido adiposo que são importantes reguladores do apetite e saciedade.

A ghrelina é um hormônio produzida pelo estômago e é secretada quando temos necessidade de nos alimentar, portanto após cada refeição a sua secreção diminui, ou seja, o hormônio da fome é reduzido de forma natural e fisiológica. Estudos demonstram que a diminuição de horas de sono aumenta em 28% a produção de ghrelina, ou se resultando na ocorrência de mais apetite, com consequente aumento do peso.

A leptina, um outro hormônio produzido pelas células que armazenam a nossa gordura, os adipócitos, tem ação antagônica 362 à ghrelina, é ele que comunica ao nosso cérebro que já estamos alimentados o bastante, ou seja, quanto mais leptina menos apetite.

Uma curiosidade importante e muito significativa é que noites pouco ou mal dormidas diminuem este hormônio, resultando mais fome e aumento de peso.

Finalmente, o que devemos fazer? Dormir pouco, estimulando a produção do hormônio da fome, diminuindo a saciedade,e conseqüentemente evitando o aparecimento da obesidade com certeza de suas co-morbidades: hipertensão arterial, Diabetes Mellitus, dislipidemia, dentre outros malefícios à nossa saúde?

Com certeza, devemos pensar seriamente sobre isso em nosso dia a dia. Portanto, se você é gordo ou diabético, ou se tem algum parente nessas condições, coloque suas barbas de molho e seja muito bom de cama, ou seja, durma muito bem durante a noite.

Lembre-se sempre que ‘Quem Herda não Furta’ e que em rio que tem Piranhas, Jacaré nada de costas.

Boa Semana, com pouco peso e muito sono reparador.

MAKTUB…….

Comentários