Obras: Governo suspende pagamento

0

 

 

E os pequenos e médios empresários da construção civil que prestam serviço ao governo do Estado tiveram uma desagradável surpresa ontem, 16. Quando foram protocolar as medições e faturas (dos serviços executados) receberam a informação de que a Secretaria da Infraestrutura determinou que não sejam recebidas nenhuma nota fiscal através do DER, Cehop, Deso e outras. A alegação é que o governo não tem dinheiro para pagar este ano.

 

O problema maior é que a decisão foi tomada sem uma conversa antecipada com os pequenos e médios empresários. Se você tem uma parceria nada melhor do que o diálogo, mas não a surpresa que deixou a todos indignados. Parece que os empresários são inimigos “número 1” do Estado. É preciso lembrar que em toda área existem os bons e os péssimos profissionais, mas a generalização é antes de tudo uma discriminação.

 

Ontem mesmo a Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas, através de ofício, pediu explicações ao secretário Valmor Barbosa sobre a medida tomada fazendo alguns questionamentos como: qual a motivação desta lamentável medida e até quando irá vigorar tal decisão, a qual custa a acredita que tenha sido tomada desta maneira antidemocrática, sem nenhuma consideração pelas empresas que têm sido parceiras do governo, como foram informados os associados somente tomaram conhecimento ao serem proibidos de protocolar seus documentos de cobrança; Existe alguma programação de pagamentos para adequar ao andamento das obras? E Como serão indenizados os custos administrativos e financeiros decorrentes?

 

Reclamação de auxiliares em “off”

Nos bastidores quase todos os secretários que este jornalista conversa tem uma só reclamação: João Andrade, da Fazenda. Alguns chegam ao cumulo de afirmarem que hoje o governador só assina alguma coisa ou determina algo se consultar João Andrade, que já é chamado de 1º ministro. É mole?

 

Especulações

O blog vem recebendo diversos e-mails e telefonemas informando sobre as especulações do novo secretariado. “Fulano” vai para o lugar de “beltrano” e por aí vai. Em respeito aos leitores o blog não vai especular, até porque, muitas vezes, como todo mundo se conhece na imprensa, sabe que alguns profissionais atuam desta forma com interesses particulares. E como.

 

Jardineiro?

O blog recebeu uma charada para decifrar: um leitor perguntou o que tem de semelhança entre um jardineiro e o acervo fotográfico comprado pela Casa Civil do governo no final de 2006, após as eleições? A charada está difícil de ser decifrada. O leitor que tiver alguma sugestão pode enviar, mas sem nenhum galho fantasma.

 

Ministro da Saúde em Sergipe

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, vem a Sergipe nesta quarta-feira (17). Durante a visita, Temporão fará uma avaliação e apontará novas diretrizes para a política contra a dengue no país. Ele se reunirá com prefeitos, secretários de Saúde e gestores municipais e estaduais das áreas de Infraestrutura, Educação, Meio-Ambiente e Defesa Civil. O encontro acontece a partir das 8h, no Hotel Mercure, na orla de Atalaia, em Aracaju.

 

Combate a dengue

A visita integra as ações da campanha nacional destinada a reforçar o alerta nas localidades com maior probabilidade de surto da doença, com base no Risco Dengue, a nova ferramenta lançada em setembro pelo Ministério da Saúde,  que combina cinco critérios para avaliar o risco nos estados. Sergipe está entre as dez unidades da Federação com risco muito alto, por já ter ocorrido uma epidemia em 2008, apesar de a situação estar controlada no estado. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado na semana passada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), de janeiro a setembro deste ano foram notificados 1.440 casos. Destes, 313 foram confirmados, uma redução de 85% em relação a 2009, quando foram notificados 3.579 casos e confirmados 595. Além disso, 27 municípios encontram-se em situação de baixo risco, 38 estão em situação de médio risco e 10, de alto risco.

 

Valadares quer mais rigidez para coibir compra de votos

Um projeto de lei que acrescenta itens à legislação eleitoral (Lei 9.504/1997) para coibir o expediente da chamada “compra de votos” durante as eleições foi apresentado hoje pelo senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). O objetivo da proposta é o de institucionalizar e tornar perene a regulamentação de saques em espécie, em valor superior a R$ 20 mil, nos anos em que houver eleição.

 

Mais fiscalização

O projeto acrescenta ao artigo 105 e 105-A da legislação em vigor, o artigo 105-B, segundo o qual a partir de 1º de julho do ano em que houver eleição, saque em espécie, em valor superior a R$ 20 mil, só poderá ser efetuado mediante a apresentação de justificação, feita em formulário próprio, que será retido na agência bancária. E mais um parágrafo único, determinando que a medida prevista vigorará até 30 dias após o pleito, aplicando-se também em caso de realização de segundo turno, no âmbito da circunscrição correspondente, devendo a Justiça Eleitoral expedir instruções para a execução da lei.

 

Parque dos Cajueiros

A população de Aracaju vai receber, em 2011, um presente do poder público estadual. Trata-se da reforma, que está em curso, do Parque dos Cajueiros, inaugurado em 1990 pelo governador Valadares.

 

Reparos urgentes

Os praticantes de caminhadas e corridas que se utilizam da via especial que começa na 13 de Julho e vai até a Atalaia estão reclamando do péssimo estado do calçadão, principalmente no entorno do Parque dos Cajueiros. Há buracos e pedras soltas, o que representa um perigo enorme, particularmente para as pessoas da chamada terceira idade. Quem sabe a Secretaria de Infraestrutura poderia dar uma colher de chá, corrigindo as irregularidades apontadas? Os atletas agradecem. E os idosos e idosas, mais ainda.

 

Praça na Farolândia

Os moradores da Farolândia, especialmente os da parte inicial, que vai desde logo depois da ponte JK até a UNIT, estão exultantes. Defronte ao núcleo do Colégio Arquidiocesano e bem próximo de um condomínio de casas, a PMA, através da EMURB, vai construir, no próximo ano, uma bela praça, com cerca de 10 mil metros quadrados.

 

Arena Country

Os residentes nessa mesma região da Farolândia estão protestando, inclusive com abaixo-assinado enviado ao Ministério Público, contra o som exagaredamente alto do bar acima destacado. É de se perguntar pela ação da Polícia Ambiental. De sexta-feira para sábado, ninguém consegue dormir. As autoridades responsáveis devem tomar providências, urgentemente.

 

Invasão no condomínio Estrada do Sol

Um morador do condomínio Estrada do Sol, localizado próximo a Fazenda São João, alerta os proprietários que alguns terrenos estão sendo invadidos. Nesta invasão foram detectados até policiais militares. O condomínio fica localizado na Av. João José de Santana.   

 

As escuras na ponte do São Conrado

Quem precisa passar pela ponte que liga o DIA ao bairro São Conrado pela  Avenida Heraclito Rollemberg tem que enfrentar um verdadeiro “breu”. O problema já foi comunicado a Energisa que diz ser um problema da Prefeitura Municipal de Aracaju. Enquanto isso a população fica nas escuras e sofrendo a ação de marginais. Espero que com a ajuda de sua coluna o problema seja resolvido.

 

Ações da Deso destacada em portal norte-americano

Graças ao financiamento de R$ 18,9 milhões junto ao Banco Mundial, a Companhia se Saneamento de Sergipe (Deso) iniciará, já no próximo ano, um projeto piloto de controle e combate das perdas de água em Aracaju. Foi o que garantiu o presidente da empresa, Max Montalvão, ao Portal norte-americano Business New Américas, voltado para a América Latina. Com chamada de 1ª página, a entrevista apresenta as várias ações desenvolvidas desde 2007 visando reestruturar a Deso, e propostas focadas em abastecimento e esgotamento sanitário.

 

Implantação de ações

Segundo Max Montalvão, o empréstimo obtido pela Deso junto do Banco Mundial vão permitir a implantação de ações para reduzir as perdas, que chegam a 50% em Aracaju. Elas são provocadas pelas ligações clandestinas, vazamentos não aparentes e ausência de macromedição. Na entrevista ao Portal NBAméricas, ele disse que, graças ao apoio do governador Marcelo Déda, a Deso já vêm investindo na implantação de sistemas de abastecimento de água. É o caso do Sistema Integrado do Semi-árido Sergipano, onde foram implantados macro medidores, equipamentos modernos de automação e controle a distância, permitindo controlar e reduzir os índices de perdas.

 

Desembargador visita Segrase

O Diretor-presidente da Segrase, Luiz Eduardo Oliva, recebeu na manhã de ontem, 16, a visita de cortesia do desembargador do TJSE, Cláudio Dinart Déda Chagas. Durante o encontro eles conversaram sobre diversos assuntos, dentre eles, sobre a estrutura da Editora Diário Oficial, obras lançadas, perspectivas e também percorreram por alguns setores da empresa como a hemeroteca e o setor gráfico.

 

Semanário simãodiense

Ao comentarem sobre a figura do saudoso José de Carvalho Déda, avô de Dinart, eles relembraram do semanário simãodiense “A Semana”, fundado por Carvalho Déda, e que é considerado um dos melhores jornais de todo o século XIX, inclusive, o desembargador Cláudio Dinart disse que está desenvolvendo um projeto voltado a conservação da história do jornal que trata-se da digitalização de toda coleção desde a fundação, em 1946 até o último exemplar em 1969.

 

Debate sobre comunicação

Com o objetivo de subsidiar a sociedade e o poder público sobre os principais pilares na construção de políticas públicas de comunicação em Sergipe, diversas entidades do movimento de comunicação estão organizando, hoje, 17 a partir das 18h30minh, no Auditório do Sindicato dos Bancários, um debate que dará início a  formulação de um documento que pretende reunir os anseios da população sergipana, destacando os principais desafios para consolidação da comunicação como serviço público, com interesse social e um direito humano fundamental para o exercício da cidadania.

 

Rodízio da Ligue Pizza

E a pizarria Ligue Pizza (localizada no Salgado Filho, ao lado do colégio Liceu Cultural), que já teve um dos melhores rodízios de Aracaju caiu na mesmice da péssima qualidade do atendimento. Quem foi ontem, 16, ao local, às 19h30 percebeu que o rodízio de pizza só estava no nome: demorava para aparecer e quando o garçom passava com alguma pizza era igual a anterior.

 

Livro de Ezequiel

O advogado, jornalista-colaborador e procurador aposentado Ezequiel Monteiro, anunciou que vai preparar, no mês de dezembro, o seu segundo livro, que será intitulado “Contos de Aprendiz”. Na década de 70, o também responsável por uma coluna literária semanal, publicada no Jornal da Cidade, escreveu sua primeira obra, “Contos de Jornal”. Em tempo: quando passou uma longa temporada no Rio de Janeiro, Ezequiel Monteiro escreveu vários contos, que foram publicados no respeitado SDJB – Suplemento Dominical do Jornal do Brasil.

 

Seminário abre inscrições nesta quarta-feira

Começam nesta quarta-feira, através do site do Tribunal de Justiça de Sergipe, as inscrições gratuitas para o “II Seminário Comunicação e Justiça”. O evento acontecerá nos dias 25 e 26 de novembro, no auditório do Palácio da Justiça, na Praça Fausto Cardoso. O objetivo é aproximar os profissionais da imprensa, estudantes de Comunicação e Direito dos integrantes do Poder Judiciário, estabelecendo canais de entendimento e facilitando meios para que a sociedade possa conhecer cada vez mais o serviço prestado pela Justiça.

 

Igreja Matriz Nossa Senhora da Vitória

A cidade de São Cristóvão estará em festa no dia 18 de novembro de 2010 às 18h30 mim com a solenidade de entrega da obra de restauração e conservação da Igreja Nossa Senhora da Vitória, localizada na Praça Getúlio Vargas (Praça da Matriz), Dom Henrique Soares da Costa, Bispo Auxiliar de Aracaju, fará a dedicação do Templo restaurado. Contará com as presenças da Superintendente do IPHAN do Estado Sergipe, Terezinha Oliva, o prefeito de São Cristóvão, Alex Rocha, o Governador em Exercício do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas e outras autoridades.

 

XV de Novembro no Olímpio Campos

O Palácio-Museu dá inicio na próxima sexta-feira, 19, às comemorações alusivas à Proclamação da República do Brasil que completou 121 anos no dia 15 de novembro. Para fazer jus à importância da data o Museu recebe, entre os dias 19 e 30 deste mês, a exposição itinerante do Museu Nacional da República: “Memória em Preto e Branco: a República e os Presidentes do Brasil”.

 

História da República

A mostra conta através de 25 reproduções fotográficas a história da República brasileira desde a chegada do ideário republicano, em 1870, até a primeira gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. As fotos capturam e trazem à luz instantes marcantes da história brasileira, fundamentais na construção da democracia no país, como os anos de chumbo da ditadura militar e a luta pela volta do regime democrático através das bandeiras da anistia e da campanha “Diretas Já”.

 

Lançamento de selo

Os Correios também participam da homenagem à República através de solenidade do lançamento da quadra de selos comemorativos com imagens dos quatro Símbolos Oficiais da República Federativa do Brasil: as Armas Nacionais, a Bandeira Nacional, o Selo Nacional e o Hino Nacional, esta solenidade tem início as 16:30h no salão multieventos do Palácio Museu. O lançamento da exposição acontecerá na próxima sexta-feira, a partir das 19h, no salão multieventos do Palácio-Museu.

 

Assembleia Legislativa celebra convênio com o CREA-SE

A Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe celebrou convênio com o Conselho Regional de Engenharia , Arquitetura e Agronomia (CREA-SE), representado pelo seu presidente, engenheiro civil Jorge Silveira, para a produção e veiculação de programa informativo, que terá como objetivo prestar conta dos atos, ações e atividades desenvolvidas pelo órgão à sociedade. O programa terá 10 minutos de duração, será produzido em formato de telejornal, será exibido semanalmente e constará de notícias, reportagens, entrevistas, comentários e informações técnicas e institucionais sobre temas relativos às atividades da entidade.

 

DO LEITOR

 

Museus e Igrejas: 15 de novembro

Do Historiador e Estudante do Curso de Museologia da UFS/Laranjeiras, Pitágoras Moura de Andrade: “Vimos nos noticiários do dia 15 de novembro a reportagem sobre o fechamento dos museus e igrejas na cidade de São Cristóvão. Coincidentemente, a data do feriado da Proclamação da República caiu numa segunda-feira, dia em que Museus e Igrejas de acordo com o ICOM – Comitê Internacional de Museus devem ficar fechados para sua manutenção interna, desde que essas unidades trabalhem no regime de terça a domingo, como ocorre em São Cristóvão. Não sei o porquê dos moradores e turistas (caso estejam desinformados!!!) reclamarem, a outra cidade histórica de Sergipe, Laranjeiras, também os museus e igrejas também estavam fechadas pelo mesmo motivo que citei acima. Os moradores e turistas tiveram os dias de sábado e do domingo, respectivamente, 13 e 14 de novembro das 10h às 16h apreciarem os museus e as igrejas, e agora vêm reclamarem através da imprensa? E os profissionais dessas unidades culturais que trabalham de terça a domingo não têm o direito de folga na segunda? Agora, se o 15 de novembro fosse na terça-feira, aí sim estaria a favor desse protesto, mais como ocorreu no dia de descanso desses profissionais, o protesto foi fogo na palha”.

 

Referente ao Turismo em Sergipe

Ainda o leitor Pitágoras Andrade: “O leitor Maximino Ribeiro comentou sobre o Turismo de Sergipe, em algumas partes concordo, porém em relação a São Cristóvão o Governo do Estado fez a parte dele, a Praça São Francisco hoje Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, houve um esforço de adequar as exigências da Unesco para receber esse título com a retirada das fiações aérea sendo toda em torno da praça ser fiação subterrânea, a nova iluminação, a restauração dos monumentos em torno da praça e o esgotamento sanitário através da parceria da Deso e SAAE de São Cristóvão. Há muito para melhorar, por começar a participação da Prefeitura Municipal de São Cristóvão através da Secretaria de Municipal de Cultura e Turismo, trazer atrativos para os turistas especialmente nos sábados e nos domingos, como por exemplos, apresentações de grupos folclóricos, Filarmônica de São Cristóvão, resgatar a Seresta e também apresentar as pratas da casa como por exemplo, The Baggios reconhecido nacionalmente, e mostrar o que a cidade de São Cristóvão tem culturalmente e artisticamente falando. Necessita-se de pousada ou hotel para os turistas poderem desfrutar, mas tempo dessa histórica cidade, e também um centro de artesanato para os turistas poderem levar uma lembrancinha da cidade histórica de São Cristóvão para suas cidades de origens e divulgarem a 4ª Cidade mais antiga do Brasil. Já generalizando como todo o estado de Sergipe, precisa melhorias em todos os aspectos, seja em restaurante ou até mesmo divulgação da potencialidade que temos. Como por exemplo, o Turismo Rural, como já foi divulgado pela Infonet uma reportagem, através de um estudo dos alunos da UFS do curso de turismo (ver link: https://.infonet.com.br/economia/ler.asp?id=105532&titulo=economia) , o Estado de Sergipe está desperdiçando 13 propriedades rurais em serem exploradas, com sua História e sua culinária regional. E esperamos que em 2011, o Governador Marcelo Déda retornasse a pasta da Secretaria de Estado de Turismo, porque é essencial que uma secretaria independente atuasse para dinamizar os bons resultados para os sergipanos e também aguardamos a sociedade civil e empresarial se envolvam mais ainda para ampliar o turismo do Estado de Sergipe”.

 

O partido que me orgulha

Do leitor Lucas Fontes: “O partido do qual faço parte, me ensinou que eu deveria ser a mudança que desejava ver no país. que eu deveria influenciar positivamente pessoas diariamente com esperanças eficientes a exemplo das políticas públicas e programas sociais que funcionassem verdadeiramente para os mais necessitados como forma mínima de reparação as terríveis e profundas mazelas do povo que sofre cronicamente de penúrias históricas. de forma paliativa, mas fundamental numa visão inicial de situação gritante para implantação da inversão de valores prioritários da política nacional que enxergava apenas números e concretos e desprezava pessoas que não pertenciam as altas rodas elitistas e ególatras do consumismo bestial e capitalista, implantamos medidas como Prouni, PAC, minha casa minha vida entre outras, que se não resolvem, certamente significa nova visão, minimamente introduz a reparação ao nosso povo. Meu partido é um partido do povo, vindo do povo, emanado do povo, pelo povo e para o povo. meu partido é formado por militantes, estudantes, jovens, homens e mulheres, trabalhadores de todos os setores. mas de nada vale aprender bem se você deixa de fazer bem. tudo na vida começa com uma escolha. O PT está onde está hoje porque para cada esforço disciplinado há uma retribuição múltipla do povo. O caminho para a coisa certa começa com a vontade de fazer a coisa certa, aliando nossas ações com nossas intenções, aceitando as responsabilidades inerentes a elas. eu sou comprometido com a política e não apenas envolvido. O meu modo de ser depende de minhas decisões e não de minhas condições. quero informar aos que instalaram a bomba no PT de Sergipe, que o que pensamos ou no que acreditamos não tem muita importância. a única coisa relevante é o que fazemos. Para isso não é necessário um extenso manual cheio de procedimentos políticos normatizantes de comportamentos. Tolstói certa feita disse: “todos querem mudar o mundo, mas ninguém quer mudar a si mesmo”. todo líder é responsável pelo ambiente que existe em sua área de influência. pessoas que se apoiam no poder em geral se sentem ameaçadas pelas pessoas que se apoiam na autoridade. Quando isso acontece, as pessoas reagem, criando situações desconfortáveis para as outras, chegando às vezes a demiti-las, mas tenho más notícias; sou só um filiado, não tenho cargos nem salários, aliás, nunca tive colocação empregatícia por conveniência partidarista. não sou hipócrita, acredito no meu partido com o mesmo idealismo da minha juventude nos anos 90. em todos esses anos aprendi a conviver com a decepção que muitos indivíduos causaram. Felizmente eles são minoria no PT e não comprometeram a governabilidade. Todos nós sabemos que os sentimentos vêm e vão, e é o compromisso que nos sustenta. lembrem-se: palavras são apenas palavras. Ações sempre falarão mais alto e serão mais importantes do que elas. O compromisso é provavelmente o comportamento mais importante de todos. Nosso comportamento deve ser isento de engano e dedicado a verdade a todo custo. mas compromisso, infelizmente, não é uma palavra popular nos dias de hoje”. Do leitor e militante, Lucas Fontes (conselheiro tutelar em areia branca- se).

 

Lixo de Laranjeiras

Do leitor Diego: “Surgiu como uma bomba, mas a bomba não explodiu, ninguém foi responsabilizado até onde se sabe, e o assunto foi praticamente esquecido. Parece até que o lixo reina na cidade de Laranjeiras a ponto de ninguém dá uma satisfação sobre o caso.Enfim como cidadão Laranjeirense vou me conformar e buscar forças espirituais para poder me orgulhar de ter o lixo mais caro do Estado, mas peço a ninguém de outra cidade que não queira ter esses orgulhos o meu é porque é forçado por osmose.Há e se alguém souber o que fizeram com o LIXO de Laranjeiras favor me responda só não me prometa que ainda vai jogar o lixo fora”.

 

ARTIGO

 

Falência do comércio local – José Raimundo de Sousa*

 

Empreender, esta palavra é bonita e forte, mais hà muitas vertentes para se analisar friamente, o setor que mais poderia crescer e fomentar  mais crescimento é o do COMERCIO direto. Só que os  governos nunca  atentam para este ponto maior da ECONOMIA, lêem números globais,  e os números local não conta, no caso de SERGIPE, está havendo um problema GRAVE que nossas autoridades precisam perceber, rápido.

 

Por ser um Estado pequeno, porem rico, é bom frisar, (não há miséria e outras coisas afins), e por termos governantes preocupado com o  crescimento, (no atacado)permite que  GRANDES empresas comerciais de fora (em todos os segmentos), se instalem por aqui com algumas vantagens, como o COMPARTILHAMENTO de ICMS, e outros tipos de subsídios quebram as nossos.

 

A grande maioria do comercio LOCAL está falido, o que mais se vê e lojas fechadas e fechando, é por minuto, muitos faz uma segunda razão social para poder tentar sair do buraco, e uma terceira, já tem gente  com 6 ou 7 firmas abertas, e aí  partem para a informalidade ( o contrabando), para poder sustentar sua família.

 

O EMPREENDEDORISMO é ótimo, mas  na INDUSTRIA, (QUE HÁ  UMA SECRETARÍA  COMPETENTE) A SEDETEC, mais a CODISE, e o PSDI, etc, etc, que viabiliza, acompanha tudo, ajuda. Mas no comercio  só quando  os governos entenderem que é preciso apoiar o  MICRO COMERCIANTE DA TERRA. Estes precisam de um órgão de GOVERNO que lhes apóiem, com o BANESE financiando com menor burocracia, ou seja um programa de governo mesmo. Dentro da própria SEDETEC tem o CDC ( Conselho de desenvolvimento do comercio), este precisa  ser presidido pelo SECRETARIO  e não pelo VICE-GOVERNADOR, como é tradicionalmente. tem que reunir -se, semanalmente, deliberando a matéria, etc.Tem que ter mais conselheiros, e não apenas MEDALHÕES que não sabem, e não conhecem a realidade de 95% do comercio,, ( os pequenos).

 

Foi por isto que já perdemos os COMERCIANTES DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS, os de SUPERMERCADOS, e outros. Agora as farmácias locais estão  padecendo desta enfermidade degenerativa, pedem socorro.esperamos que este chegue a tempo.As grandes redes chegam engolindo tudo, ou se entregam ou fecham, PRECISAMOS PRESERVAR O  ((MICROEMPRESARIADO  LOCAL DO COMERCIO)), viabilizar competitividade, e SÓ UM PLANO DE GOVERNO (via CDC)  pode fazer. Somos apaixonados pelo COMERCIO, é lamentável esta situação, mas quem sabe,Criar  uma ouvidoria, aprovar  um projeto onde as multas APLICADAS POR FISCAIS da Sefaz COMISSIONADOS, só possam ser implantadas  após passar pelo CDC.

dando chance de defesa a outra parte, onde a SOCIEDADE MICRO EMPRESARIAL do comercio, participe com todas as classes, através de suas MICROLIDERANÇAS, que sabem, sentem a dor  na pele, e não apenas os medalhões decidindo, pois não sabem.

 

As federações, as grandes associações empresariais, são importantes, mas não conhecem a realidade, portanto para termos um EMPREENDEDORISMO interessante atrativo e benéfico, dando lucro a quem faz, dando impostos aos governos, e empregos crescente, isto só acontecerá quando os governos fizerem estas mudanças, e aí quem tiver esta iniciativa por certo também torna-se á um grande líder de massas, pois não há nenhum outro segmento social tão grande, sendo alcançado por tão grande projeto, que os beneficia sem risco de prejuízos ou desgastes.

 

*Representante Comercial – Presidente de Honra da ARECOM ASS. DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS DO ESTADO DE SERGIPE – Conselheiro da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DO ESTADO DE SERGIPE/ Membro do FORUM EMPRESARIAL.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

 

Frase do Dia

“O silêncio está tão repleto de sabedoria e de espírito em potência como o mármore não talhado é rico em escultura.” Aldous Huxley

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários