Peça desculpas, vereador Nitinho

0

É preciso analisar o caso do vereador Nitinho ­ que foi pego em um blitz no último final de semana sem Carteira de Motorista, assumindo que bebeu e que recusou fazer o teste do bafômetro ­ deixando de lado a questão partidária. Por isso este espaço não vai nem mesmo citar o nome do partido dele, mas analisar o assunto do ponto de vista moral e ético. É moral um jovem vereador proceder desta forma? Que exemplo o vereador Nitinho deixou para a juventude que ele tanto diz defender em seus discursos? Quando todos estão preocupados em educar o motorista, principalmente a juventude, Nitinho dá um péssimo exemplo. É ético um vereador, que já chegou a se vestir de agente de trânsito no período eleitoral, para criticar a SMTT fazer tudo ao contrário? Qual a credibilidade que este vereador terá a partir de agora para criticar alguma ação na área do trânsito em Aracaju? Um vereador que assumi que bebeu, recusou-se a fazer o teste do bafômetro e, pasmem caro leitor, não apresentou a carteira de motorista. Estava mesmo sem a carteira ou uso do artifício que muitos usam, de não apresentar a CNH para que a mesma não fosse apreendida no ato da infração? Ele foi autuado e a esposa que estava sóbria e devidamente habilitada dirigiu o veículo. Lamentavelmente o vereador quis politizar o assunto ontem. Mas ele sabe que estava errado e chegou a retirar do facebook fotos da Odonto fantasy onde estava vestido de Ursinho e com o copo na mão. A medida mais sensata para o vereador neste momento seria subir a tribuna da Câmara e pedir desculpas, não só aos seus eleitores, mas aos milhares de jovens que precisam de uma conscientização que o acidente de trânsito, por conta do consumo de bebida alcoólica vem matado assustadoramente. Reflita vereador! A vida vale mais do que qualquer questão partidária e eleitoral. E os pais dos jovens aracajuanos agradecem.

Plebiscito divisão do Pará.
Atenção governador: SE é exemplo de miséria O l sergipano Bruno Paixão, aracajuano, que mora no Pará há dois anos por motivos profissionais, mas faz parte da uma dúzia que lê este espaço, denunciou algo que o governo estadual precisa repudiar porque fere a imagem de Sergipe e de todos os sergipanos. Exibição Estão sendo exibidos no Pará programas eleitorais do plebiscito sobre a divisão do Estado do Pará. Até aí tudo bem, cabem aos paraenses decidir o que querem. O problema é que a turma do Não (Contra a divisão) como exemplo para convencer os eleitores paraenses citou os Estados de Sergipe e Alagoas, os menores do Brasil, como os piores e mais pobres também.

Em Sergipe e Alagoas a miséria reina
Segue exatamente o que sai no programa eleitoral, enviado pelo leitor Bruno: "Quem disse que Estado pequeno é sinônimo de boa administração e desenvolvimento? Olhem bem os casos dos menores Estados do Brasil, Sergipe e Alagoas, são os Estados mais pobres e menos desenvolvidos onde a miséria reina em todos os cantos….", essas informações estavam acompanhadas de imagens de pobreza e miséria. Vergonha para os sergipanos Leia o desabafo do sergipano Bruno Paixão: “Fiquei indignado quando assisti, não só por estarem divulgando uma imagem negativa do meu Estado, mas também por estarem passando uma imagem falsa para os eleitores. Queria dividir essas informações com você e seus eleitores, e quem sabe, às autoridades do Estado de Sergipe. Afinal, será se o Governador sabe que utilizam a sua administração como exemplo negativo em outras regiões?”.

Saúde: ministro participará de inaugurações em SE Na próxima quinta-feira, 24, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha participará de algumas inaugurações em Aracaju. Ele participará da inauguração do Hospital Infantil, da aberturas de novos leitos neo-natal no Hospital Santa Isabel e da abertura do Hospital Regional de Estância, que a exemplo do de Lagarto, terá 10 leitos para UTI. Juventude do PSDB defende renovação No encontro da Juventude do PSDB, que aconteceu no último sábado, 19, lideranças tucanas destacaram a necessidade do partido de “se renovar”, e de se organizar “com nomes que vivam a busca pelos objetivos do partido”. Para o secretário de Juventude da Comissão da Executiva Nacional do PSDB, Wesly Goggi, militantes do PSDB precisam rever seus conceitos, para não voltarem a serem os peemedebistas do passado.

PSDB não pode ser o PMDB do passado
“O PSDB de hoje não pode ser o PMDB do passado. Um partido só com projetos regionais, para servir a lideranças específicas, e sem uma proposta nacional. O PSDB é um partido com 23 anos, que tem que se manter na dianteira. O PSDB não é sublegenda. É uma legenda forte que tanto contribuiu e ainda tem muito que contribuir para com uma democracia que realmente leve igualdade para todos”, defendeu ele. Já o vice – presidente Nacional da Juventude do PSDB, Raffie Dellon, destacou, também no evento, que “o partido se mostrará forte se manter unido, focado no pensamento de renovação”.

Convicções do PSDB em Sergipe
Em concordância, o vice-presidente do PSDB, Antônio Neto, acrescentou que “o PSDB em Sergipe precisa se conscientizar de sua força nacional e buscar esse mesmo fortalecimento no Estado. A capacidade técnica de lideranças tucanas no Brasil é indiscutível. Nós sabemos fazer, e fazemos mais com uma quantidade menor – essa é nossa marca. Então tendo essa capacidade e o apoio da população, o PSDB tem que mostrar a Sergipe que é um partido seguro de suas convicções e disposto a reivindicar pelo povo”, disse ele. Presenças O encontro dos tucanos contou ainda com a presença do presidente estadual do partido, Roberto Góis, do secretário geral, José Carlos Machado, e de diversas lideranças municipais. “Esse encontro mostra que o PSDB não só está vivo como também está se renovando, valorizando as idéias da juventude que são o futuro do partido”, considerou Antônio Neto. As propostas debatidas nesse encontro estarão em pauta também na Conferência Nacional da Juventude do PSDB que está marcada para acontecer nos dia 16 e 17 dezembro.

Novidades no PCdoB
A vereadora Karla Trindade é a nova presidente do Diretório Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Aracaju. O nome da parlamentar foi escolhido por unanimidade e aclamação durante a 14ª Conferência Municipal do PCdoB na capital.

Militância
O evento reuniu cerca de 300 militantes no auditório do Sindicato dos Bancários, no último sábado, 19. Karla substitui Hallison de Sousa no comando do partido comunista. Nas políticas públicas o viés é eleitoral", afirma vereador petista Excelente a entrevista do vereador Dr. Emerson publicada no site Universo Político. Um trecho: "Quando o povo exerce o poder, participando da gestão participativa, o poder sai das mãos do político e vai para quem lhe é de direito: a população. Mas isso não interessa aos políticos, por isso muitos impedem que isso aconteça. Porque nas políticas públicas o viés é viés eleitoral".

Viciados
A afirmação é do vereador Dr. Emerson Ferreira (PT), que disse ainda ao Universo Político.com que conselhos de gestão participativa existentes são "viciados". Esses conselhos deveriam contar com a presença do povo que, assim, participaria do exercício do poder nos governos, mas, segundo Emerson, os governantes cooptam pessoas para formam esses conselhos deixando-os a mercê de suas vontades. Maria Solicita Posto do IML para Itabaiana Está em tramitação na Assembléia Legislativa de Sergipe a indicação de nº 238/2011 de autoria da deputada Maria Mendonça solicitando a implantação de um posto do IML na cidade de Itabaiana, com veículo rabecão e toda estrutura necessária para a prestação adequada do serviço, bem como estenda a mesma medida a outros municípios cuja sede sejam pólos regionais do nosso Estado.

Constrangimento
Para a deputada o constrangimento pelo qual passa uma família ao ver seu ente querido morto, seja em decorrência de acidentes, ou, decorrente da violência crescente em toda sociedade continuar exposto por mais de 4(quatro) horas a céu aberto enquanto espera o rabecão vir buscá-lo para levar a capital onde será submetido à necropsia, tendo inclusive a família ter que se deslocar para obter informações acerca da liberação do corpo para promover o velório é de extremo constrangimento.

Benefícios
"Acredito que a proximidade do IML da sociedade não só irá beneficiar a população nos casos extremos, em que há morte, mas também quando há necessidade da realização de perícia médica legal, necessária aos inquéritos policiais e processos que estejam em andamento nas proximidades da cidade pólo daquela região", enfatizou Maria. Luta antiga É Importante ressaltar que essa é uma luta antiga da deputada Maria Mendonça. Em 2003 a então deputada apresentou a indicação de nº 05/2003 onde tratava do assunto. PMOC lança Campanha da Fraternidade 2011 O Palácio-Museu Olímpio Campos (PMOC) lança nesta terça-feira, 22, às16 horas, a ‘Campanha da Fraternidade 2011’. O objetivo do projeto é arrecadar alimentos não perecíveis para serem distribuídos a instituições de caridade.

Papai Noel e Coral
A solenidade de abertura contará com a chegada do Papai Noel e apresentação do Coral da Assembleia Legislativa. Qualquer pessoa pode ajudar. Basta comparecer em algum ponto de arrecadação (PMOC, ASCOM Casa Civil no Palácio doa Despachos, CEHOP e SEDURB) até 22 de dezembro. Mais informações 3198-1450 ou 3198-1452.

Salão começa hoje
Será logo mais às 19h30, desta terça-feira, no Centro de Convenções de Sergipe a solenidade de abertura do Salão Imobiliário de Sergipe. Mais de mil imóveis deverão ser comercializados durante os cindo dias deste que já se consagrou o maior evento do setor imobiliário do estado. Negócios na ordem de R$ 230 milhões A previsão é de que o evento gere negócios na ordem de R$ 230 milhões, tendo em vista que antes mesmo de ser iniciado o Salão já movimentou recursos na ordem de R$ 2 milhões. A Êxito Eventos e a ADEMI, co-realizadores do evento, esperam superar em 15% as vendas registradas em 2010. Visite de 23 a 25, das 16 às 22h, no sábado das 10 às 22h e no domingo das 10 às 20h.

Servidores do TJSE paralisam nesta quarta-feira,23
Amanhã, 23, os servidores do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) paralisarão as atividades nos fóruns da capital e do interior. Esta é a segunda paralisação dos servidores do Judiciário sergipano em menos de um mês (a primeira ocorreu no dia 26 de outubro). Salários Segundo o sindicato, a paralisação dos servidores é por respeito, valorização e justiça salarial. A respeito do reajuste salarial, a categoria reivindica 16% para os servidores efetivos, mas a Presidência do TJSE tem proposto apenas 9% para os efetivos e 6,5% para os cargos comissionados, a partir de janeiro de 2012.

Distorções
Mesmo com percentuais distintos, segundo o sindicato, essa proposta reforça as distorções salariais existentes dentro do TJSE, afinal os cargos comissionados têm salários elevados ­ chegando a mais de R$ 13 mil ­ enquanto os trabalhadores que se capacitaram e fizeram concurso para prestar um serviço público essencial têm um das piores remunerações dos TJ’s do país. Consciência Negra quilombola vai tomar o Calçadão no dia 23 A música e a dança afro-brasileira de várias comunidades quilombolas de Sergipe estarão em Aracaju, no Calçadão da João Pessoa, na próxima quarta-feira, dia 23, durante a realização do Calçadão da Consciência Negra ­ atividade do mandato da deputada estadual Ana Lúcia Menezes (PT).

Presença
Estão confirmadas as presenças de adolescentes do Quilombo de Brejão dos Negros, em Brejo Grande; da Comunidade Quilombola de Ladeiras, em Japoatã; do Quilombo Caraíbas, em Canhoba; a Comunidade Quilombola de Lagoa dos Campinhos, em Amparo do São Francisco, junto aos meninos e meninas do bairro Cidade Nova, do município de Estância. A participação especial do grupo de teatro do Colégio John Kennedy também faz parte da programação. Defesa de 10% do PIB para a Educação O deputado federal Márcio Macêdo, PT, defendeu, em discurso na Câmara, a aprovação do novo Plano Nacional de Educação (PNE), tendo como prioridade o investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em ações do setor.

Unidade
Para o parlamentar, ao aprovar o PNE, "o Congresso Nacional dará uma demonstração de unidade em torno do objetivo de promover o acesso dos brasileiros a uma educação pública, gratuita, laica, democrática e de qualidade, em todos os níveis". Agenda movimentada I O deputado federal André Moura (PSC) teve um domingo (20) repleto de atividades pelo interior do Estado. Ainda no final da manhã, o parlamentar fez uma visita à vereadora do município de Arauá, Gilvaneide Oliveira Nascimento (PRTB), a "Neide da Sucupira", que organizou a 10ª Cavalgada do Povoado Sucupira. Agenda movimentada II De Arauá, André Moura seguiu para Moita Bonita, onde participou da 2ª Cavalgada da Amizade, organizada pelo amigo Edmilson Costa (DEM). Em cima do trio elétrico, o parlamentar acompanhou a "vaqueirama" ao lado da presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Angélica Guimarães (PSC), e do prefeito do município de Areia Branca, Agripino Santos (PSC). De Moita Bonita, André Moura seguiu para Nossa Senhora da Aparecida, onde participou de um jantar na casa da vereadora Adriana de Zé Cutia (PTB), na companhia do também vereador Djenaldo Oliveira (PR).

Dirigente do PPS exige revisão da Lei de Licitações
O Secretário Geral do PPS, em Sergipe, Marcos Aurélio faz um alerta para os parlamentares federais e em especial para os Órgãos de Fiscalização, estadual e federal. Segundo ele, a Lei de Licitações, aprovada em 1993 precisa ser urgentemente revisada, sob pena de continuar provocando sérios prejuízos para os cidadãos brasileiros. Exemplo De acordo com Marcos Aurélio, o exemplo mais claro de que a Lei está trazendo prejuízos para os brasileiros se dá quando um prefeito precisa contratar ônibus escolares. “Hoje, pra contratar um ônibus pra fazer o transporte escolar tem que fazer uma licitação. As empresas que aparecem, em média, cobram cerca de R$ 10 mil por cada um. Acontece que essa mesma empresa loca, no próprio município, um veículo por apenas R$ 3,5 ou R$ 4,5 mil. Uma diferença absurda, que poderia ser economizada em benefício dos cidadãos”,garante Marcos Aurélio.

Modernização da Segrase e do Diário Oficial
Com o objetivo de que a partir de 2012 o Diário Oficial do Estado de Sergipe passe a possuir uma versão digital, a modernização do Diário Oficial foi pauta da reunião ocorrida na última quinta-feira 17, entre o governador Marcelo Déda, o presidente da Empresa Pública de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase), Jorge Carvalho e o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Oliveira Júnior. Autenticidade “A publicação digital implica em atenção a características como autenticidade e perenidade. Publicar o Diário Oficial no meio digital não significa apenas pegar a edição de papel, transformá-la num programa PDF e colocá-la na tela, pois é necessário garantir autenticidade da matéria que sai, certificar digitalmente aquilo que é publicado e garantir a perenidade, uma vez que o conteúdo publicado no Diário Oficial do Estado gera direito”, salientou o presidente da Segrase.

Novos serviços
Para o governador as transformações apresentadas consolidam cada vez mais a Segrase como uma empresa de comunicação. “A Segrase não se limita a imprimir o Diário Oficial, ela é hoje uma editora e começa a se modernizar para que possamos oferecer novos serviços à sociedade sergipana”, comentou Marcelo Déda, evidenciando a expectativa dos próximos passos do projeto. “Temos um serviço cada vez mais eficaz, atual e transparente. A expectativa é que em breve possamos ter o Diário Oficial digital, como um avanço significativo para modernização da administração pública sergipana”, ressaltou. 6ª FACTOB: negócios e riqueza do artesanato de Tobias Barreto A prefeitura de Tobias Barreto, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, realiza mais uma edição da Feira de Artesanato e Confecções de Tobias Barreto – FACTOB. A Feira de Negócios é também uma ação do Sebrae, importante parceiro do evento. Parcerias Atraindo empreendedores, compradores e turistas de toda região, a FACTOB 2011 se consolida hoje como a maior feira de negócios do estado de Sergipe. Em seis anos de existência, a ação cria, na capital nacional do bordado, um espaço propício para realização de parcerias comerciais, e para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas de confecção.

Praça do Cruzeiro
As atividades terão início na quinta-feira, dia 24, e prosseguem até domingo, 27 de novembro, na Praça do Cruzeiro. No local será montada um mega estrutura que conta com mais de 52 estandes, para exposição dos produtos artesanais e de confecção, além de praça de alimentação com comidas típicas, espaço infantil, atrações culturais e muito mais. A entrada é gratuita e o horário de visitação será das 17h às 23h.

PELO TWITTER

www.twitter.com/antoniooviedo1 Ouvir programa jornalístico de rádio matinal nas FM's eu já desisti.Não tenho estômago para tanto. Será que vou ter que 'limpar' aqui tbm?

www.twitter.com/Narcizo_Machado O cara anda errado e é multado, no final, o poder publico é arrogante! Tem programa de radio que incentiva a barbarie! www.twitter.com/WilliamFonseca Bom dia, ou boa tarde a todos….. a sua vida é o seu maior bem. Cuide de você e da sua saúde e tome cuidado com o seu frágil ser. #Cautela

www.twitter.com/cezar_britto O advogado é um dos poucos ser vivo que vai para uma solenidade apenas para ouvir discursos. E gosta. www.twitter.com/otacilioleite E por falar em ressaca, fiquei sabendo que um acarajé com pimenta e uma coca-cola gelada é tiro e queda p/ o enjoo da 2ª feira. Vou lá!!!!!!

DO LEITOR

Bom dia! Ainda a respeito da Deso… Do leitor Samirinys Alves Pereira
“Quanta ignorância e quantos comentários inúteis! O problema da Deso é de ordem muito maior: É de total ingerência pelo Governo do Estado, maior acionista, que tem se preocupado apenas em cobrar retorno sobre o que não investe; É de total aceitação dos usuários, que além de não saberem cobrar serviços de qualidade, em muitos casos, não pagam em dia suas contas, não negociam seus débitos e ainda permitem ligações clandestinas, quando não desperdiçam o bem precioso que é a água; É da Diretoria da empresa que não possui autonomia suficiente para administrar uma empresa que tinha tudo pra ser muito melhor do que é, e que se sujeita aos desmandos financeiros e políticos, porque é uma empresa utilizada para troca de favores políticos; É dos funcionários antigos, que acostumaram-se ao regime "familiar" praticado, quando a demanda ainda era muito inferior à da população atual, e que, mesmo tendo lutado igualmente por seus direitos no passado, encaram os novos funcionários como concorrentes e não aceitam que a luta é de todos; É da nova turma de funcionários concursados que, inocentemente, achou que, ao adentrar a vaga de um concurso público, seria contemplado com um dos pressupostos fundamentais da Administração Pública: a Isonomia, e que, por sua fraqueza, não consegue se mobilizar para fazer jus à justiça de seus direitos; É do Ministério Público, que permitiu que fosse elaborado um concurso com tantas irregularidades e discrepâncias humanas, administrativas, estruturais, salarias e de benefícios; Enfim, é de toda a sociedade sergipana, que encontra-se presa ainda ao Coronelismo, à empresa familiar, à troca de favores políticos e à Administração da remediação, do remendo, das ataduras, quando poderia simplesmente evoluir, amadurecer e reinvindicar e cobrar do governo as medidas indispensáveis ao bom serviço público, que compreende a conscientização, o gerenciamento e o respeito à dignidade dos trabalhadores e da própria sociedade!

Desleixo de funcionário da Deso no conjunto Costa Nova
Do leitor Carlos Eduardo: “Não suporto mais tamanho desleixo por parte do funcionalismo da Deso em resolver essa questão. Todos os meses deste ano eu tenho que fazer milagres para que a tampa da caixa fixe no local, pois o funcionário da Deso todas ás vezes que vem efetuar o registro do meu consumo de água, deixa a tampa na calçada ou no meio da rua, como já ocorreu. E isso não é só "privilégio" meu não, ele fazem isso em todo o conjunto Costa Nova, no bairro Aruana. Raríssimas casas não ocorre o fato. Acredito que ele tenha dificuldade em proceder com à leitura por causa da falta de transparência da tampa, manchada pela exposição ao calor e à chuva. Mas isso não justifica a ação de quebra da tampa e da sua não colocação no lugar de origem. Outro fato a observar que tudo na vida tem prazo de validade, só às caixas da Deso é que são eternas. Eles deveriam apresentar prazo de validade das mesmas e trocá-las sem custos para o consumidor, já que somos obrigados a deixar os medidores em local de fácil acesso e sem dificuldades de leitura e abertura das suas caixas de proteção. Ou seja, não podemos nem por grade nas caixas, objetivando evitar danos e adulterações dos equipamentos de medição de consumo. Desculpe-me, mas a indignação é grande. Nota ZERO para a Deso! E isso não é rima lúdica não. É a minha realidade, nua e crua”.

Considerações sobre as blitzes no trânsito
E-mail recebido: “Gostaria de tecer algumas considerações sobre as blitzes que tem ocorrido no trânsito. Acredito que ninguém em sã consciência se colocaria contra as blitzes por entender que elas têm um efeito educativo e preventivo no tocante à segurança no trânsito. Ocorre que algumas considerações precisam ser feitas: Será que em alguma blitz, nós veremos algum carro de policial seja ele militar, civil, federal ou rodoviário ficar retido e irá para o famoso pátio por conta de problemas como: licenciamento vencido, ausência de equipamentos de segurança, dirigir sem CNH, alcoolizado ou qualquer outro motivo que o valha? Alguém já viu isso acontecer alguma vez? Será que todos os policiais que dirigem tem carteira de habilitação, ou se fosse feita uma investigação SÉRIA não encontraríamos aberrações como a CNH ser substituída pela tradicional CARTEIRADA? Será que os veículos de todos os policiais se encontram totalmente regulares? E os dos agentes de trânsito da famigerada SMTT? Que tal propor blitzes onde pudesse haver a participação de representantes da população que pudessem acompanhar todo o processo de abordagem, ou mesmo membros do Ministério Público? Peço a gentileza de não identificar o meu nome, pois tenho medo de ter o carro "marcado" e não virar freguês de multas e outros inconvenientes”

ARTIGO Reflexão e utopia ­ Ribeiro Filho

Uma breve reflexão a respeito do artigo do jornalista Gilvan Manoel, publicado no Jornal do Dia, no dia 20 próximo passado e republicado hoje no Blog do jornalista Claudio Nunes, à título de estimular a reflexão dos seus leitores. Titulo do artigo: Delírio e Arrogância: uma reflexão sobre João Alves. A matéria faz uma análise da vida política do ex-governador João Alves, seu envolvimento com políticos que apoiavam a ditadura militar, traições e coligações que visavam meramente sua permanência no poder, independente de qualquer ideologia ou projeto voltado para o social. Concordamos plenamente com a retrospectiva que o jornalista tece sobre o político e suas estratégias para permanecer no poder, porém como o artigo foi publicado no Jornal que sabemos é uma espécie de porta voz do atual governo, cai no descrédito, perde seu valor analítico pela falta de um item primordial da ética do profissional de imprensa a isenção, ou seja, a capacidade de produzir textos informativos que possa levar o leitor a uma reflexão sobre os fatos desprovida de qualquer tendência político-partidária. Desculpem-me o breve lapso de um pensamento utópico, principalmente quando estamos tratando da nossa imprensa, que tem como seu principal objetivo editorial levar ao poder ou fazer permanecer no poder aqueles que através das verbas públicas proporcionam o sustento e sobrevivência desses veículos de comunicação, porque senhores, tenho dito, se o Estado e os municípios deixarem de fazer suas campanhas publicitárias milionárias nos meios de comunicação, certamente todos ou quase todos iriam a falência, pois não produzem informação que atraia o interesse dos leitores comuns. Não produzem aquilo para o qual foram criados a informação. Os leitores da maioria dos impressos em nosso estado são políticos, seus assessores e coligados, para se atualizarem a respeito das estratégias e denuncismo dos seus adversários políticos. A tiragem dos nossos jornais é pífia e a sua venda para assinantes é ainda mais pífia, porque a população em geral não tem nenhum interesse de envolver-se nesse bate-boca de comadres, quando ainda havia uma ideologia na política, boa parte da sociedade se envolvia por defender um determinado pensamento ou projeto político que contemplasse suas expectativas para um mundo melhor e mais justo, mas nem isso existe mais na política. Portanto, a análise histórica feita sobre João Alves poderia também ser a análise da maioria dos políticos que hoje atuam em nosso Estado, a mesma imagem refletida no grande espelho de Sergipe Del Rey. O grande jornalista faz uma bela análise histórica que poderia ser mais abrangente e menos tendenciosa, assim poderia atrair os leitores e reiterar o papel do profissional de comunicação. Ainda bem que a internet pode nos proporcionar um espaço democrático para o debate amplo sem dono e sem fronteiras. Quanto à política local, para nós reles mortais, resta-nos a resignação de ter que votar obrigatoriamente, mesmo quando sabemos e temos consciência de que a maioria dos candidatos que hoje se nos apresentam, não merecem nem um voto para ser síndico do condomínio onde moram, por falta de credibilidade ou pelos processos que respondem na justiça. Resta-nos então, lembrar o grande escritor Eça de Queiroz quando assim define a política: “Os políticos e as fraldas devem ser tocados frequentemente e pelo mesmo motivo”, (Eça de Queiroz) Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia/Semana Mário Lago "Fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo: Nem ele me persegue, nem eu fujo dele, um dia a gente se encontra”. Para comemorar os cem anos de nascimento do compositor e ator brasileiro, Mário Lago, comemorados no dia 26 de Novembro deste ano, o blog vai publicar até o próximo sábado, apenas frases dele.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários