PM: reajuste e desmando

0

O governo do Estado deve anunciar no início desta semana o reajuste salarial para o servidor público, que deve ser linear e um pouco acima da inflação do período. Este jornalista já fez várias críticas a atuação de toda cúpula da SSP, que até o presente momento não deu resultados concretos. Não por falta de boa vontade, principalmente do secretário Kércio Pinto, mas porque a cúpula em sua maioria está impregnada de pessoas que passaram por vários governos, principalmente o anterior e não têm compromisso em melhorar o atual sistema. É a verdade, doa a quem doer.

 

Por outro lado existem algumas categorias que necessitam mais de uma melhoria salarial, são os profissionais que trabalham na segurança pública. Policiais militares e civis, além de outras categorias precisam ser valorizados. Somente com a valorização salarial dos policiais é que a mudança poderá acontecer. Um exemplo claro: nunca se viu nas ruas de Aracaju tantos carros de polícia, mas grande parte deles não está servindo para o policiamento ostensivo ou para o serviço correto. E mais: a mudança não passa apenas por parte da cúpula, mas por um incentivo salarial para quem está na base da segurança pública. Pode comprar os melhores sistemas e armamentos do mundo, com a atual realidade salarial a melhoria da segurança pública só ficará no papel.

 

O problema é maior na Polícia Militar. Se em outros órgãos da administração quando é denunciado o abuso com o uso de veículos a ação é imediata, na PM são pouquíssimas as punições. Aliás, a verdade é a seguinte. O atual comandante como dizem muitos do atual governo é honesto, tem o apoio de quase toda categoria e é “bonzinho”. Porém, não tem pulso, não comanda. Comandante da PM, não tem que ser “bonzinho” tem que “bater na mesa”, no momento certo. No caso de Sergipe, tem que ir mais longe: tem que reerguer a hierarquia da PM que foi quebrada há 10 anos, exatamente em 1998, quando na reeleição de Albano Franco, o então comandante Hélio Silva, usava o uniforme da PM, mudando apenas a camisa. Vestia uma camisa de malha  com o nome de Albano e o número 45. A partir daí a hierarquia na PM de Sergipe nunca foi a mesma.

 

Aliás, para o próprio comandante, coronel Péricles o blog tem algumas perguntas: é verdade que um corola descaracterizado, placa IAD – 0190, preto, serve a toda família dele? O que aconteceu com o veículo que o subcomandante deixou na beira do mar locado a Transtop e o seguro não paga porque praia não é via? Não venham negar e pedir direito de resposta porque o espaço publica todo processo que está na locadora. E tem mais: será que o terceiro homem na hierarquia da PM, usa um veículo descaracterizado e diz a todo mundo que não obedece a ordem de identificar o mesmo. E o pior: é verdade que este terceiro homem na hierarquia reside em Propriá indo e vindo  todos os dias gastando combustível do Estado?

 

Então o “comando da PM”, é esse que não funciona. Aliás, a partir de hoje, 28, todas as denúncias serão creditadas apenas a uma pessoa: o coronel Péricles que deveria comandar a PM. A partir de agora a frase “comando da PM”, não será mais publicada neste espaço, até porque não se pode escrever de algo que não existe de fato. (Obs: este espaço não tem o objetivo de fazer campanha para derrubar ninguém, até porque não tem forças para isso e o estilo do atual governador não é de ceder as pressões de ninguém, principalmente da imprensa. O tempo dirá quem está certo. O pior: apesar de ter um número excessivo de coronéis, poucos têm condições de assumir o comando da PM. Quem sabe um dia, algum governador faça um choque de gestão duro na PM, colocando no comando o general do exercito linha dura).

 

Sem cursos no primeiro batalhão
O blog recebeu a informação que os policiais militares que trabalham nas companhias pertencentes ao 1º batalhão não podem fazer cursos para aprimorar seus conhecimentos que não sejam vinculados a Polícia Comunitária. Ou seja, se um policial militar do 1º batalhão desejar fazer um curso do COE, de RP ou outro é proibido. Será que a polícia comunitária não faz abordagem ou não troca tiros com meliantes?

 

Uso de placas frias e de segurança
Este espaço está de olho no uso das chamadas placas de segurança e até mesmo placas frias. Chegou a informação que tem um número excessivo em algumas secretaria de Estado.

 

Greve parcial dos professores
O Sintese não conseguiu o apoio de todos os professores estaduais a greve. Várias escolas estão tendo aulas. Um detalhe interessante: o Pré-vestibular, que é coordenador por um professor indicado pelo grupo que comanda o Sintese, continua funcionando normalmente.

 

Assaltos as agências de viagem
Quando é que a cúpula da SSP tomará providencias para prender a quadrilha que vem assaltando as agencias de viagens em Aracaju toda semana? De fevereiro para cá foram oito.

 

Encontro de governadores do NE em Maceió
O governador Marcelo Déda participa na manhã dessa quarta-feira, 30, em Maceió, do VII Fórum de Governadores do Nordeste. No mesmo dia, à tarde, ocorrerá a instalação, posse e primeira reunião do Conselho Deliberativo da Sudene. Acompanham o governador os secretários Nilson Lima, Lúcia Falcón, Jorge Santana e Rogério Carvalho.

 

No site oficial do governo de Alagoas, o governador Teotônio Vilela Filho convoca os governadores a discutirem as estratégias e as principais linhas políticas que deverão impulsionar o desenvolvimento da região nos próximos anos.  O Fórum terá a participação dos Ministros Guido Mantega, Geddel Vieira Lima e José Gomes Temporão, do Secretário Especial dos Direitos Humanos Paulo Vannuchi, da Representante do UNICEF no Brasil, Marie-Pierre Porie, dentre outras pessoas ilustres.

 

PT vai se coligar com PSDB em 200 cidades
Parte de matéria da FSP de ontem, 27: “Inimigos no plano nacional, PT e PSDB vão tentar se coligar em cerca de 200 cidades do país nas eleições de outubro, apesar do veto dado na quinta-feira pela Executiva Nacional petista à aliança em Belo Horizonte, sexta maior cidade do país. Impulsionados por particularidades locais, tucanos e petistas tendem a ampliar a parceria em relação a 2004, quando patrocinaram dobradinhas em 121 municípios –pequenos, em sua maioria–, tendo vencido em 44% deles. “Cada caso é um caso e vamos estudá-los à luz das conjunturas locais, estaduais e nacional. A decisão sobre Belo Horizonte não cria jurisprudência para nada, mas é claro que alguém pode apelar para isso”, disse o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini. Em Aracaju, o PT e o PSDB buscam aliança para apoiar a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). “O PT aqui ainda não discutiu isso, foi o prefeito que fez um gesto em direção ao PSDB. Agora, a decisão de Belo Horizonte é específica. Para os demais casos, vale a decisão anterior de avaliar caso a caso”, diz o presidente do PT de Sergipe, Marcio Macedo”.

 

Por falar no PSDB….I
Os comerciais do PSDB estrelados pela presidente do partido Míriam Ribeiro e pelo ex-deputado Fabiano Oliveira estão no ar fazendo sucesso. Míriam dá o tom com elegante sutileza, deixa claro que o PSDB tem tudo a ver com os avanços sociais do Estado nos últimos anos e inclusive com o fato de Aracaju ser considerada, hoje, pelo Ministério da saúde, como a capital de melhor qualidade de vida do Brasil. O deputado Fabiano aproveita a deixa e realça obras e serviços do governo Albano Franco (PSDB). A idéia é mostrar para a opinião pública que Sergipe e Aracaju não são obras isoladas dos partidos que estão no governo, mas também dos partidos que trabalharam no passado. É como se dissesse ao PT e ao PC do B: “Hello! Vocês não fizeram tudo isso sozinhos queridos”.

 

Por falar no PSDB…II
A estratégia é boa, o discurso é justo e os dois porta-vozes do PSDB estão muito bem na fita. Fabiano, bem nas pesquisas, faz charme e recusa ser candidato a vice-prefeito na chapa de João Alves (DEM) e mais ainda para ser candidato a vereador em composição com Edvaldo Nogueira (PC do B). Já Míriam Ribeiro, naquele seu jeito discreto de ser, aparece como candidatíssima a uma vaga na Câmara de Vereadores de Aracaju.

 

Programa “Sergipe de Todos”
Na segunda edição do programa “Sergipe de Todos”, realizada no último final de semana em Propriá, o mutirão atendeu quase 10 mil pessoas nas diversas áreas. Chama a atenção a interação da comunidade com as ações voltadas para as áreas  cultural e de lazer. O programa, que é coordenado pela primeira-dama, Eliane Aquino, fortalece a integração entre governo e comunidade. Na área da saúde, o programa tem diversas ações, mas nas próximas semanas será lançado um projeto especial com diversos exames. A diferença é que não será um programa visando apenas a quantidade, de apenas um dia, mas com um planejamento para oferecer a mulher exames através de um trabalho da equipe durante toda uma semana. 

 

Os milhões dos royalties: onde estão? Mistério…
De um leitor: “Meu caro jornalista, gosto de ler sua coluna, porque além de outras denúncias e ponderações sobre esse infeliz quadro político vivido, que as vezes nos dá vontade de cair no desânimo e não acreditar mais em nada, Você levanta problemas reais e fundamentais, problemas que põem a nu todo um comportamento administrativo e político adotados há tantos anos, que deveriam servir de debates para deputados (sem precisarem ficar brincando de “situação” e oposição” de brincadeirinha e até de temas de seminários ou de itens para avaliação da Justiça via Ministério Público ou outro órgão (TC, quem ouviu falar em TC?). “É o caso dos milhões pagos às prefeituras na forma de royalties,pela Petrobrás. Em 6 anos, cerca de somente 10 prefeituras receberam a volumosa quantia de 493 milhões de reais! Com essa quantia daria para modificar radicalmente o quadro de miséria e carências de muitos municípios, a exemplo da pequena Divina Pastora, Pirambu e outros!

 

Samarone não toma providencias com denúncias
Pela terceira vez este espaço denuncia que um agente de trânsito da SMTT, que usa a moto HZO – 0495, pela manhã, geralmente às 6h40, transporta um estudante pela avenida Beira Mar até o Colégio Unificado, na rua de Arauá.  Ou está sobrando combustível na SMTT ou Samarone acha normal a irregularidade.

 

Campanha com posto fechado?
De um leitor: “Tenho quase 80 anos de idade, domingo peguei minha muleta, fui caminhando devagarzinho até o posto médico junto ao caiaque, bairro Getúlio Vargas. Uma faixa grandona com letras vermelhas falava da campanha contra a gripe, para os idosos, mas a porteira estava fechada, com cadeado e correntes. E eu que pensava que estava ajudando não somente a mim mesmo, mas também aos postos médicos, que aos domingos não recebem doentes de dengue. Mas na campanha para os idosos os postos fecham também? Aos domingos será mais fácil se vacinar contra gripe! Engano! E na sexta, vi todo pomposo o ministro da saúde, Seu Temporão, com pipão e tudo, falar da campanha contra a gripe. Sei que nos outros anos a vacina contra gripo, na campanha, os postos abriam aos domingos. Estamos andando pra trás, pio que caranguejo, que dizem que andam pra trás, mas não: eles andam de lado.Voltei indignado pra casa, eu que sair até satisfeito, pensando que no tempo dos mata-mosquitos, tempo da Sucam, o país tinha se livrado da dengue e da malária e outras doenças, que hoje, na modernidade, estão voltando. Que modernidade é essa? Para aumentar os lucros dos plantadores de soja?Mande dizer ao presidente Lula que não adianta essa grandiosidade aparente de um país rico e com empresas fortes, se o povo não tem o direito de ter um posto médico à disposição, na hora que precise”.

 

BNB vai apoiar ciência e tecnologia em Sergipe I
O governo de Sergipe, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) firmaram na última sexta-feira, 25, Termo de Cooperação Técnica que estabelece parcerias para o fomento à ciência, tecnologia e inovação. Através de editais conjuntos, o governo do Estado e o BNB vão conceder bolsas de mestrado e doutorado em áreas de interesse comum e realizar investimentos em incubadoras e em empresas de base tecnológica sediadas em Sergipe. Ainda durante o encontro de secretários o deputado federal Ariosto Holanda expôs o resultado dos trabalhos que conduziu na Comissão de Altos Estudos da Câmara dos Deputados, relacionado com ensino profissionalizante e tendo como um dos principais elementos a implantação de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs). “Na política estadual de Arranjos Produtivos Locais estamos trabalhando para viabilizar a instalação de CVTs em Sergipe, sendo a experiência do Ceará um importante referencial, razão pela qual convidamos o deputado e técnicos do governo cearense para nos ajudarem na elaboração dos nossos projetos nessa área”, disse Jorge Santana.

 

BNB vai apoiar ciência e tecnologia em Sergipe II
No final da reunião, por sugestão do secretário da Sedetec, ficou consignado o apoio irrestrito ao projeto de lei de Ariosto Holanda que dispõe sobre o repasse de 30% dos recursos dos fundos setoriais diretamente para instituições das regiões norte, nordeste e centro-oeste, conforme estabelece a Constituição Federal. “Atualmente esse percentual é considerado como parte dos editais nacionais, normalmente não conseguindo ser integralmente executados”, afirmou o deputado cearense.

 

Oi e Telecom: operação fora da lei
Será que a Oi ou a Telecom agiriam assim nos seus países de origem ou em outros onde existe mais respeito perante a lei? Leiam o que diz a comentarista Dora Kramer, do jornal “O Estado de SP”: “Referendo. A Oi e a Brasil Telecom anunciam uma operação de compra e venda, divulgam dados sobre o alcance, o valor e as vantagens da transação, mas fica faltando um detalhe: mudar a lei. Quer dizer, o negócio, altíssimo, foi fechado, mas por ira é ilegal. O Congresso não foi consultado a respeito da alteração da legislação, mas sua aprovação é tida como pormenor. “Quem olha a cena da perspectiva da ordem institucional das coisas, fica se perguntando se é mesmo assim tão natural se dar como consumado um contrato cuja legalidade ainda depende do Legislativo. A menos que em algum momento tenha sido combinado que o Parlamento só entra para fazer figuração”. A operação, como se sabe envolve bilhões de dólares, repercutiu em todo mundo como fato consumado, mas a lei, como está, não permite esse negócio.E ainda falam em democracia, independência de poderes, poderes que existem, para os simples mortais, empresários pobre, médio ou rico,mas nada consta para as multinacionais.

 

Sobre a mudança da vice de Itaporanga
De um leitor de Itaporanga: “Quero aqui relatar caro amigo sobre o posicionamento da vice-prefeita da cidade a Sra. Célia Vieira Sobral, conhecida como Celinha Sobral (PRB), que anunciou esta semana a toda a população a sua saída do grupo da atual prefeita Mª das Graças, Gracinha (PSDB) para ser candidata a vice na chapa do pré-candidato Vitor Mandarino (PSC) aquele mesmo que você competentemente falou sobre o seu “trabalho” quando presidente da Deso. Bem, o que eu quero tentar elucidar aqui é que em nenhum momento ouve uma discussão ou divergência da prefeita com a vice, e sua saída para o outro grupo é movido apenas pelo desejo de se permanecer no poder, dado o desgaste da atual prefeita e sua rejeição. Também quero informar aqui que mesmo dado e anunciado a sua saída em nenhum momento foi pedido o carro, um veículo Logan novo, ou o seu celular, ambos pagos pelo erário público. E além disso, ainda tem 300 litros de gasolina mensalmente, o uso do celular é livre, além de uma kombi transportando estudantes agregado a Prefeitura. Sem falar em outros cargos comissionados. Com antas benesses ainda sai deste grupo! Imagine quanta “preocupação” com o povo né!”

 

Eleições em Monte Alegre
De um leitor: “As eleições em Monte Alegre já estão pré-definidas, esperando apenas a chegada das convenções para acertos finais. São pré-candidatos a prefeito o Prof. Waltemberg (PMN), Tonhão (PSC) e Aragão (PMDB). O pré-candidato a reeleição Aragão (PMDB) já definiu seu vice-prefeito, o irmão de Pastor Heleno, Dinho de Luzinete (PRB), já o vice do Prof. Waltemberg poderá sair do PDT, PSDB, PT ou PTN, pois, esses partidos ainda não definirão quem apóiam. Pesquisas internas revelam vantagem do prefeito Aragão (PMDB) dos demais e o crescimento da candidatura do Prof. Waltemberg (PMN), já o pré-candidato Tonhão (PSC) está com dificuldades de alianças e até mesmo a escolha de um vice-prefeito, prejudicando sua pré-campanha”.    

 

Médico fuma no ambulatório do IpeSaúde
A direção do IpesSaúde tem que tomar providencias para um médico – bastante conhecido – que trabalha no ambulatório de urologia do IpeSaúde e, enquanto consulta seus pacientes acende um cigarro atrás do outro. Não respeita os pacientes, nem a portaria federal que proíbe o uso de cigarro em ambiente hospitalar e deixa a sala inviável para o atendimento por parte dos outros profissionais médicos.

 

Sobre a aplicação dos royalties
De um leitor: “Com todo respeito da opinião contrária, indubitável, porém, que a distribuição dos royalties, seja de que natureza for, privilegiando em demasia alguns Estados e Municípios sortudos, é imoral e injusta. O território deste País, fruto do sangue e do suor de muitos, pertence a todos os brasileiros. Nada mais óbvio e legítimo, portanto, que a repartição de suas riquezas leve em consideração os objetivos fundamentais da nossa República Federativa (art. 3º CF88), quais sejam: a garantia do desenvolvimento nacional, da erradicação da pobreza e da marginalização, além das desigualdades sociais e regionais. Mas o que se vislumbra é a existência de pequenos emirados favorecidos pelo acaso cuja semelhança com aqueles das “ARÁBIAS” se restringe apenas ao que brota de suas entranhas, distinguindo-se, todavia, na corrupção e roubalheira típicas destas bandas tupiniquins”.

 

Caminhada contra a Dengue em Aquidabã
A Prefeitura de Aquidabã realizou na última sexta-feira, 25, uma Caminhada de Conscientização no combate ao mosquito da dengue. Aquidabã enfrenta uma epidemia de dengue, onde 3 pessoas já vieram a óbito. A prefeitura reage liderando esta luta contra o mosquito. Participaram da Caminhada funcionários, alunos das escolas municipais, estaduais e privadas, vereadores, o prefeito Eurico de Souza, secretários e ex-secretários dentre eles: Gustavo Souza e Marcos da Acauã.

 

Socorro da população de Socorro
Do jornalista Abrahão Crispim Filho: “A população de Nossa Senhora do Socorro sentindo-se abandonada, está pedindo socorro as autoridades do Estado, já que o atual prefeito quase não aparece por lá. Segundo os moradores socorrenses, é mais fácil falar com o Papa do que com o prefeito José Franco. Apesar de ser considerada uma das cidades mais rica de Sergipe, Nossa Senhora do Socorro não possui uma farmácia comunitária; os postos de saúde prestam um péssimo atendimento, além da constante falta de medicamentos; não existe uma feira livre descente, e a população tem que se deslocar para o Conjunto João Alves para fazer as suas compras; também o saneamento básico deixa muito a desejar.Nossa Senhora do Socorro está precisando de um administrador atuante, que viva e conheça os problemas da população e do município que, ao que parece, ainda vai demorar muito, pois o atual prefeito e os propalados futuros candidatos, não preenchem tais requisitos. É lamentável!”

 

César Mandarino ameaça processar radialista
Deu no portal Itnet: “Inconformado com as críticas que recebeu, a respeito da sua conduta como homem público, o deputado César Mandarino avisou, em entrevista à Milenius FM, da cidade de Itaporanga d´Ajuda, que solicitou a fita com a cópia do programa apresentado pelo radialista Marcos Aurélio, e está analisando o teor, juntamente com a sua assessoria jurídica para tomar as medidas cabíveis e legais. O motivo da “revolta” do parlamentar e ex-prefeito, é que durante o programa, o apresentador fez uma crítica à atitude do vereador Sérgio Melo, liderado pelo deputado, que denunciou ao Ministério Público, um edital lançado pela Prefeitura local, criando com a sua atitude, uma grande instabilidade para os prestadores de serviços, que atuam de forma irregular há mais de 10 anos, contratados exatamente pelo deputado, quando prefeito da cidade. No seu comentário, Marcos Aurélio disse não acreditar que a orientação tivesse partido do deputado, mas que o mesmo deveria chamar o vereador e o aconselhá-lo a refletir sobre a sua atitude, que colocou em grande risco a renda de quase 100 famílias que vivem basicamente deste dinheiro. Uma destas pessoas está muito doente, e infelizmente não pode contar com a aposentadoria como servidora pública, devido a irregularidade na sua contratação.


Pergunta que não que calar
De um leitor: “Sendo o atual caso da menina Isabella, supostamente assassinada pelo pai e madastra; até que ponto um advogado fala a verdade, já que os mesmos são motivados pelo dinheiro e não pelo cliente?$$$ Se um acusa o outro defende, mesmo quando as provas são tão evidentes!… Ganha aquele que mentir ou omitir menos!$$$”

 

Debate Código de Ética dos Jornalistas I
Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros: Possibilidades e Limites. Esse é o tema do debate promovido pelo Sindicato dos Jornalistas de Sergipe que acontece nesta quarta-feira, 30, a partir das 19h, na Sociedade Semear. Para fazer a discussão em torno do tema, o Sindijor está trazendo o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto. Farão o debate com Cezar o jornalista Cleomar Brandi e o professor-doutor da UFS Carlos Franciscato. A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) concluiu em agosto do ano passado o processo de revisão do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, durante seu Congresso Nacional Extraordinário, realizado em Vitória (ES), com delegados de 23 estados, incluindo Sergipe. No congresso, os delegados discutiram e formalizaram uma versão final do documento, que substituiu um código de vinte e um anos.

 

Debate Código de Ética dos Jornalistas II
“Temos um código de ética revisado depois de 21 anos, e muitos sequer sabem que nós, jornalistas, temos um código de conduta profissional, inclusive muitos jornalistas. Por isso a importância de estar debatendo esse tema com a sociedade, com estudantes de comunicação e profissionais de jornalismo. O novo código traz avanços, mas também tem suas limitações, que passam pela própria inexistência de um Conselho Federal dos Jornalistas”, explica o presidente do Sindijor, George Washington. “Entendemos que esse debate é extremamente importante e nada mais oportuno que trazer o Cezar Britto pra fazer essa discussão, pois além de ser um advogado de reconhecida atuação, tem profunda experiência como articulista no jornal Cinform e na Infonet, então conhece muito da realidade dos jornalistas”, disse a vice-presidente do Sindijor, Carol Rejane Santos. As inscrições para o seminário podem ser feitas na sede do Sindijor, na rua Itabaininha, 261, sala 10, centro da capital, ou pelo telefone 3214-1586. Os participantes presentes ao evento, ao fim do seminário, terão direito a certificado.

 

Artigo de Clóvis Barbosa
Vale a pena ler o artigo Clóvis Barbosa desta semana no JC com o título: “Lisístrata, a greve do sexo e a relação do Estado com seus servidores no liberalismo de esquerda”. O último parágrafo do artigo: “Tal reflexão deveria ser assimilada por quem não compreende o real papel do Estado. O Estado não é deles. Tampouco é para eles. É para todos. E esse “para todos” só se obtém mediante mecanismos de pacificação, a exemplo do diálogo, jamais da greve, que é guerra, na acepção ontológica mais tribal. A cátedra de Carlo Rosseli, pensador do liberalismo de esquerda, admoesta que: “é possível pensar que a passagem de uma para outra sociedade aconteça mediante um processo gradual e pacífico: mediante uma passagem que, salvando as vantagens já garantidas de uma, as reforce progressivamente através das vantagens da outra”. Veja-se que o matiz é o da paz. Grevistas, porém, rufam os tambores de uma beligerância antropofágica. Perderão porque não dialogam. Digladiam. Grevistas deveriam ler Lisístra-ta, ver o azul do mar, pensar menos na escuridão da guerra e mais na brancura do amar”.

 

Frase do Dia
“O destino não é uma questão de sorte, é uma questão de escolha; não é algo a se esperar, é algo a se conquistar”. William Jennings Bryan.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários