Querem a chave do governo

0

O leitor que acompanha diariamente esta coluna sabe de alguns posicionamentos claros. Primeiro que ao chegar ao décimo mês, o atual governo deixou muito a desejar. Já é a hora de deixar claro o caminho que deve ser percorrido em várias áreas, principalmente na segurança pública, onde os desencontros são grandes, apesar do governador tentar mostrar que deseja dar uma nova dimensão ao setor. Politicamente o governo começou tranqüilo na Assembléia com uma maioria folgada. Porém, nos últimos dias, com a entrada de lideranças de vários municípios nos partidos aliados e o enfraquecimento do grupo do governador João Alves e principalmente do grupo liderado pelo empresário Edvam Amorim, que pretendia ser o fiel da balança para barganhar junto ao governo estadual, iniciaram os recados. Dono de uma rede de rádios – que surgiu rapidamente e foi fortalecida principalmente no governo João Alves, de quem era não só genro, mas aliado – Edvan Amorim, concedeu entrevistas e ficou mandando recados para o governador através da sua rede de emissoras. Ou aceitar todos do PSC e PR ou nada. A justificativa é a fidelidade. Fidelidade essa que não é seguida pelo chefe que comanda dois partidos. Num país sério, sei não…

  Para o leitor desentendido: Qual o recado? Querem a chave do governo! E o pior os deputados que já estão lá, leia-se Susana, Angélica, Zeca e o próprio Valmir Monteiro não deixarão o governo estadual, independente do recado “se algum contrariar a vontade do chefe”, pode perder o mandato. O grupo liderado por Amorim sentiu a pressão e o enfraquecimento eleitoral com as novas adesões. Queria eleger de 25 a 30 prefeitos, não fará 10. Sentiu a saída de Maria Mendonça e só não perdeu Valmir Monteiro por algumas razões que depois a coluna contará com detalhes. O certo é que o grupo perdeu espaço no interior e sabe que as eleições municipais serão polarizadas entre o grupo comandado pelo atual governador e pelo do ex-governador João Alves. Nem Albano Franco entra nesta jogada, já que, para variar, o tucano continua em cima do muro procurando o lugar mais cômodo em cada município para pousar.

Ontem, 09, o governador foi curto e direto: “Eu não funciono com pressão”, disse, sem mandar recados por ninguém. Aliás, o governador quando pressionado, parece que muda o tom do discurso. Em outros episódios ele já deixou claro que vai para a opinião pública dizer o que está se passando. Realmente seria uma boa pedida neste momento “abrir o jogo”. A população sergipana precisa saber o que acontece nos bastidores em Sergipe, onde uma suposta elite, na verdade vive e ostenta um luxo, dependendo dos contratos e das chamadas “tetas” governamentais que nunca secam. Alguns, que servem ao esquema da pressão, depois da entrevista ontem de Déda, certamente hoje vão querer tentar mostrar que Amorim só está defendendo a fidelidade partidária, mas todo Sergipe sabe qual é a verdadeira defesa.

 Só para lembrar, há quatro anos atrás o mesmo grupo conseguiu a chave do governo estadual por dois anos. Quando o então governador acordou foi tarde. O governo estava dividido e não conseguiu recompor.Foi um dos motivos para a derrota de João Alves. Cabe ao governador Marcelo Déda optar pelo caminho que deve seguir. Lembrando ainda: será que desejam a Operação Navalha II em Sergipe? Certamente essa segunda operação mostraria publicamente os nomes daqueles que deveriam estar também degolados e foram salvos na prorrogação…

 

 

Povo aguarda ansioso uma resposta da AL

Em ofício protocolado na última sexta-feira na Assembléia, enviado ao presidente, Ulices Andrade, o ex-deputado estadual Nelson Araújo expondo seu ponto de vista sobre o “carão” dado pelo parlamentar ao colega professor Vanderlê, quando defendia a instalação de uma CPI do Tribunal de Contas.  No ofício, Nelson Araújo lembra que o presidente jamais poderia utilizar o cargo que ocupa para responder a uma provocação pessoal, e, nesse particular, ele, mais uma vez, confundiu o funcional com o pessoal, uma vez que as denúncias do deputado não foram direcionadas à sua pessoa física, à sua honrabilidade pessoal, mas unicamente ao ocupante do cargo público de presidente do TCE. Ao defender a instalação da CPI, Nelson Araújo diz que a Assembléia não pode fazer ouvido de mercador a uma poluição sonora deste teor. Por que não instalar a CPI pleiteada? Questionou Nelson para depois pedir ao presidente da AL, para que interpele o presidente do TC, para se retratar em público da infeliz nota atacando um membro da Assembléia, como também que seja criada a CPI pleiteada pelo deputado Vanderlê Correia.

 

O exemplo de Renan Pode Tudo vai se propagando…

 De um leitor: “Não gostei de ver e ouvir a imagem do presidente da Assembléia Legislativa de Sergipe dando um carão em um deputado porque o mesmo estava discursando sobre a sua cidade e criticando o famoso e cabuloso Tribunal de Contas. Não que admire o deputado, mas ele tem o direito como tem os demais de expor suas idéias, críticas ou elogios. Para o presidente, então fica assim: nenhum deputado pode falar sobre a política dos seus municípios porque são questões paroquiais! Mesmo que o comportamento da AL fosse assim, seria errado, quanto mais que não é, como todos sabem. Quando o prefeito de Canindé do São Francisco pinta uma parede de uma escola, pode-se elogiar, e então? A Presidência e a mesa de um Legislativo devem seguir as regras do regulamento e da Constituição e não a dos seus eventuais presidentes (o exemplo de Renan Pode Tudo vai se propagando).”

 

Foro privilegiado

Mesmo indiciado e preso como o grande lobista da Gautama, em Sergipe, o Conselheiro Flávio Conceição tem foro privilegiado (um desses absurdos jurídicos que preservam os meliantes de “colarinho branco.”) Mesmo que o Corregedor do Tribunal de Contas Antonio Manoel de Carvalho Dantas o tenha enquadrado, ele, certamente, apelará para esse “direito”. Vale acrescentar que a Junta Médica já o considerou apto para o trabalho. Como se vê enquanto isso vai tudo continuar em compasso de espera.

 

Resposta da RP sobre cerca elétrica é piada

No Correio de Sergipe de ontem, 09, a Polícia Militar informou que o intuito de colocar cerca elétrica na sede da Rádio Patrulha foi aumentar o efetivo na rua. Esqueceu de um detalhe: o local não fica fechado, sempre tem policial, devido a grande rotatividade. Segundo, se a RP, que estar na linha de frente tem medo dos ladrões, imaginem os cidadãos comuns. Terceiro: só agora descobriram que tem que colocar os policiais nas ruas? A coluna repete: tem gente dentro da PM fazendo gol contra.

 

Predadores continuam no Conselho de Enfermagem I

Enganam-se aqueles que imaginam que hoje havendo uma Diretoria Interina no Conselho Regional de Enfermagem em Sergipe o órgão foi moralizado. Flagrada no dia de ontem, 09, no final da tarde, entrando na sede do COREN-SE na Av. Hermes Fontes e saindo à noite,  a Sra. Hortência Linhares – ex-presidente do Conselho Regional de Enfermagem em Sergipe, esposa do ex-Presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Gilberto Linhares – que hoje se encontra preso pelos crimes que cometeu contra à autarquia entre outras acusações.  Foi revelado para este jornalista por uma pessoa de alta confiabilidade que a mesma esteve naquele recinto para despachar com a atual presidente, Marli Francisca Palmeira. Assunto: eleições do COREN, que de forma sorrateira teve seu edital para abertura do processo eleitoral publicado em um determinado jornal da cidade de forma que parecia uma nota de roda-pé, no último domingo. Sem identificação da logomarca da instituição, sem maiores divulgações aos enfermeiros… Nada mais! Os profissionais, entretanto, estão atentos e logo se mobilizaram para formar chapa.

 

Predadores continuam no Conselho de Enfermagem II

 Detalhe: o prazo de inscrição de chapa é de 10 dias a contar do dia da publicação, lembrando que haverá um feriado prolongado e que as chapas que conseguirem se inscrever (devido ao incrível número de documentos solicitados), se tiverem um integrante qualquer que apresente algum problema na qualificação que eles mesmos  analisarão, este não só não poderá participar do pleito, como também desqualifica toda a chapa, não tendo tempo hábil para reposição do integrante e não sendo mais aceita outra inscrição. Será que a PF vai intervir? Já teve gente alertando e pedindo ajuda ao Ministério Público Federal, que até o momento não se pronunciou, afinal a coisa foi feia, teve repercussão nacional, já que se caracterizou uma quadrilha que agia em todo o Brasil. E agora Sra. Marli? A coluna recebeu fotos do carro da Sra. Hortência  na rua lateral ao COREN, além de testemunhas oculares da entrada e da saída desta senhora às 19h… Tem como negar?!

 

 

 

 Frustração nos corredores do TC

 Nos corredores do TC (e olha que a coluna tem muitas fontes por lá), o comentário ontem era que um dos seus membros ficou muito frustrado com o parecer da juíza Elvira Maria de Almeida, negando provimento à ação indenizatória que H.Dantas queria receber do Governo do Estado ( 6 milhões de reais, por causa da ponte que inibiu a exploração das lanchas daquela empresa entre Aracaju e a Barra dos Coqueiros). Segundo a fonte o membro do TC se considerava amigo do tipo “copa e cozinha” da juíza, “garantira” despacho favorável ao amigo principal beneficiado na polpuda indenização;

 

 

Evangélicos de olho na TV Caju

A TV Caju, pode mudar de dono novamente. Há poucos meses passou para o jornalista Messias Carvalho e mais dois sócios. Agora, os evangélicos, comandados por Arivaldo Andrade estão querendo comprar a emissora e já botarem preço.

 

 

Ipes: dois médicos pedem 15 minutos para atender todo mundo I

Ontem pela manhã, 09, houve uma reunião dos profissionais de nível superior com o Presidente do Ipes. Na verdade a reunião pareceu mais direcionada para os médicos, inclusive com direito a funcionário controlando a entrada. Só era para entrar os doutores médicos como bem disse o pobre rapaz à porta… Mas, a reunião contou com presença de outras duas categorias, que pouco se manifestaram, devido à centralização das discussões. Interessante e revoltante, mas ainda assim consolador foi ver o bafafá criado dentro da reunião. De um lado Dr. Adail (ortopedista) e Dr. Edney Caetano, (aquele que ocupou a cadeira de deputado estadual por alguns dias no Governo passado) e do outro os demais médicos a exemplo da digníssima Dra. Virgínia Barreto. Os dois inicialmente citados afirmavam que duas horas diárias de trabalho (proposta do gestor para poder tentar dar uma compensação aos profissionais pelos fatos de ter havido um grande achatamento salarial, de ser inviável reajuste salarial e PCCV no momento) seria muito tempo para um médico ficar à disposição do Ipes e propunham que embora os profissionais tenham feito concurso para 20h semanais, 4h diárias, que eles atendessem e fossem embora.

 

Ipes: dois médicos pedem 15 minutos para atender todo mundo II

 Na visão dos dois usuários de óleo para lustrar móveis, bastavam 15 minutos para atender todo mundo. Um absurdo!!!! Será que o ex-deputado também gastaria apenas 15 minutos na Assembléia? Que atendimento é este que se faz em 15 minutos por um médico com uma lista de uns 15 pacientes para atender? Nos serviços privados estes profissionais atendem assim? Graças a Deus nem tudo está perdido e os demais médicos do Ipes, os sensatos, pelo menos, se recusaram a aceitar indecorosa proposta. E foram além… Afirmaram que aquilo seria roubar os cofres públicos, enganar o povo e desonrar a profissão. Que bonito! A coluna repete, ainda bem que nem tudo está perdido!

 

Investimentos de R$ 310 milhões em Sergipe

Ontem, 09, o governador Marcelo Déda apresentou dois empreendimentos industriais que representam investimentos de aproximadamente R$ 310 milhões inseridos na economia sergipana, gerando centenas de novos empregos, além de contribuir para a competitividade do mercado sergipano em nível nacional e internacional. Foram apresentadas a nova unidade da Crown, que produzirá latas para bebidas no município de Laranjeiras, e a Agroindústria Campo Lindo, uma nova usina que produzirá etanol e biodiesel no município de Nossa Senhora dos Dores. “Estamos presenciando um momento histórico para a economia sergipana. Em apenas nove meses de gestão, anunciamos dois novos empreendimentos de porte e que estão entre os mais modernos do país em suas respectivas categorias. Isto representa novos postos de trabalho e recursos na economia sergipana, além de inserir o Estado de Sergipe neste novo momento de crescimento da economia brasileira”, sentenciou o governador.

 

É preciso tapa buracos na rodovia Barra/Atalaia Nova

Enquanto o governo não inicia a obra de recuperação total da rodovia Barra/Atalaia Nova, inclusive com a construção de uma ciclovia, como anunciado, é preciso que seja feita rapidamente um serviço de tapa buracos antes do final de semana, quando ocorrerá o Coco Folia. Os buracos estão provocando pequenos acidentes, mas com o grande trânsito de veiculo pode provocar algo mais sério.

 

Esquecem que vivemos em uma democracia? I

O comando do Bope de São Paulo parece que se esqueceu que vivemos em uma democracia, É uma aberração o pedido que fez ao Judiciário paulista para proibir a exibição do filme “Tropa de Elite”, dirigido pelo cineasta José Padilha. Somente porque o filme mostra com realismo cenas fortes da ação de policiais matando, prendendo e torturando. Mesmo que filme não tenha a qualidade apregoada, ninguém pode impedir a produção de obra de arte, segundo reza a Constituição. Nada demais que policiais critiquem publicamente o filme e digam até que ele não reflete a realidade. É um direito, concedido pela própria democracia que permite que artistas concebam um filme ou o que quer que seja com liberdade. E, ao final, compete ao público dá o julgamento  definitivo, assistindo ou não ao mesmo ou gostando ou não.

 

Esquecem que vivemos em uma democracia? II

Mas felizmente a juíza Flávia de Almeida Viveiros, da 1a. Vara Cível de S. Paulo rejeitou o pedido de proibição e ainda “tirou uma casquinha” dizendo que o povo vê diariamente a violência nas ruas da cidade. Mas ainda cabe recurso ao Bope.Mas, pelo amor de Deus, mas que espetáculo antidemocrático estão dando ao mundo esses que pediram a proibição do filme! Já pensaram se a CIA, FBI e a policia em geral dos Estados Unidos pedissem que proibissem os filmes sobre violência, onde, muitas vezes, esses setores a agem com selvageria? Estaria acabado o filão dos filmes desse tipo…

 

Palestra no Fórum Pensar Cedro

No próximo dia 13 de outubro (sábado), a partir das 19H00 na Câmara de Vereadores de Cedro de São João será realizada a  palestra “Mídia, Democracia e Legitimação do Poder na América Latina” a ser proferida pelo acadêmico de direito Magson Melo Santos. O evento faz parte do Fórum Pensar Cedro, movimento criado por pessoas do município com o intuito de buscar alternativas de desenvolvimento para o mesmo. O Pensar Cedro presidido por Ailton Rocha.

 

PT de Socorro tem sede no conjunto João Alves

Do presidente municipal do PT de Socorro, Washington Pereira Vasconcelos em resposta ao e-mail do leitor publicado ontem:  Venho informar que o PT existe no Município de Nossa do Socorro, tendo à sua sede na Av. 1, nº. 665, sala 1, no Conjunto João Alves Filho, funcionando no horário das 14:00 às 18:00 horas. No dia 06 de setembro último, houve o inauguração da citada sede, com a presença de diversas personalidades políticas, entre elas o Presidente do PT Estadual Senhor Marcio Macedo, representante do governador na solenidade. No nosso município o PT tem 694 filiados aptos a votarem no próximo 02 de dezembro nas eleições internas. Hoje já se discute a pré-candidatura do Professor Washington a Prefeito do nosso município, atual presidente do partido, como um nome a ser colocado para a sociedade socorrense e para os partidos do bloco de oposição nesse município. Estranhamos as interrogações do leitor, pois a existência desse partido é um fato sabido de todos”.

 

 

 Quatro radialistas podem disputar prefeitura de Socorro

A Prefeitura de Socorro está atraindo os radialistas. Depois que Adelson Barreto, Fábio Henrique e por último Heleno Silva (pastor que tem um programa de rádio), anunciaram suas pré-candidaturas a prefeito é a vez do radialista Edison Granelli aceitar ser candidato pelo PRTB. . As conversas estão bastante adiantadas. Várias lideranças já declararam apoio a sua pré candidatura. “Sempre exitei em entrar para a política partidária, mas chegou a hora de colocar o discurso em prática. Tá na hora de Socorro mudar de verdade. Estou colocando o meu nome, minha juventude e coragem a serviço de Socorro. Mas, quem vai decidir é o povo que é soberando”, afirmar Edison Granelli.

 

 

Sociedade Semear agora é de Utilidade Publica

 O prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira sancionou a Lei que reconhece de Utilidade Pública Municipal a Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes – SEMEAR. A Sociedade Semear é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse  Público, fundada em Dezembro de 2001 por um grupo de pessoas que comungam das mesmas preocupações e interesses, visando ajudar na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, através do fortalecimento da cidadania em suas diversas formas de expressão. A Semear tem sua sede na Rua Vila Cristina, 148, Bairro São José, em Aracaju.

 

Curso de Gerenciamento de recursos hídricos

Nessa quarta e quinta-feira, 10 e 11 de outubro, comunidades dos municípios de Pinhão e Canindé do São Francisco, no semi-árido sergipano, participam do curso de Gerenciamento de Recursos Hídricos (GRH). A iniciativa é realizada pela organização não-governamental Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC), Unidade Gestora Microrregional (UGM) do Programa de Formação e Mobilização Social para a Convivência com o Semi-Árido – Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC).Durante o curso, serão distribuídos materiais educativos produzidos pela assessoria de comunicação da ASA com os seguintes temas: Segurança Alimentar; Elas e Eles: Direitos e Deveres; Água no Semi-Árido; Convivência com o Semi-Árido; A Articulação no Semi-Árido Vai Mudar o Sertão e Cisterna de Placas: Importância e Cuidados. 

 

Rapas abusam e dizem que são policiais

De uma leitora: “Estive dias atrás em um dos mercados centrais de Aracaju e vi com meus próprios olhos uma cena triste com determinados “rapas”. O fato aconteceu bem próximo ao Bar do Xaxado, perto do comércio das flores, onde alguns rapas violentos  tomavam na força objetos de alguns vendedores ambulantes, de canetas, isqueiros, CDs, cinturões e outros, dizendo que por ordem da policia civil, comandada pelo Secretário Kercio Pinto. Que coisa horrível assisti, juntamente com a minha família, dentre outros turistas. Teve um rapa de apelido “Xulé”, com uma maior baixeza que condiz com o seu próprio apelido que bateu num cidadão, pai de família, dizendo quem manda você votar no homem, em referência ao prefeito Edvaldo Nogueira. Alguns comerciante afirmaram que esse tal de “Xulé”, deita e rola, nos mercados centrais, onde tem a fama de espancador. Disseram até que tal procedimento dos rapas, é de conhecimento da alta direção dos mercados centrais de Aracaju e ninguém  toma providência”.

 

 

Frase do dia

“Povo não é coisa. Não é subgente, nem tem a cabeça vazia”. Dom Hélder Câmara.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários