Subserviência de Lula a Almeida

0

“Hoje, o PT tem o monopólio do poder. Ele faz o que quer e bem entende, em Aracaju, em Sergipe e no Brasil…” Esse é um trecho de uma correspondência enviada pelo senador e candidato a prefeito Almeida Lima, com o título “Carta ao povo de Aracaju” (com tiragem de 120 mil), as residências dos aracajuanos. O trecho faz uma critica ao poder que o PT tem hoje em Aracaju (o prefeito é do PCdoB), em Sergipe e no Brasil, mas chama a atenção para a critica ao presidente Lula, de qual Almeida Lima é aliado em Brasília.

Aliás, por conta do apoio do aliado Almeida Lima no Senado Federal, o presidente Lula atendeu o apelo do peemedebista e não “apareceu” na campanha de Edvaldo Nogueira em Aracaju, deixando de lado os apelos do compadre e aliado político Marcelo Déda. Nas últimas eleições municipais Lula, sempre deu um jeito de aparecer em Aracaju, cidade que ele não se cansa de agradecer pelas votações expressivas que sempre teve.

Por outro lado, ao criticar o “Monopólio do Poder” do Partido dos Trabalhadores, citando a presidência da República, Almeida Lima tenta passar a imagem que é oposição de fato, quando na verdade é oposição de “meia sola”, ou melhor, de conveniência política, já que em Brasília é poder, faz parte da bancada de Lula e em Sergipe indicou cargos federais, entre eles, os que comandam os Correios e a Delegacia da Agricultura. Quem pode falar em oposição de verdade é João Alves, com o DEM e os candidatos do PCB e PSTU.

E o governador Marcelo Déda? O que será que pensa de tudo isso? Onde Lula chega ajuda aos candidatos. Sua popularidade continua em alta. O jornal FSP do final de semana publicou uma matéria mostrando que Lula descumpriu a promessa de não se envolver nas disputas onde aliados estivessem em campos opostos. Desde que a campanha teve início, Lula gravou depoimentos de apoio a pelo menos 93 candidatos. Essa subserviência de Lula ao desejo de Almeida Lima pode custar caro futuramente…

  

Promotor não atuou em ação de Ribeirópolis

Este blog cometeu uma injustiça com o promotor de Ribeirópolis na última coluna. Escreveu que ele foi o responsável pela retirada das bandeiras dos candidatos das portas das casas. Este jornalista pede desculpas ao promotor Etélio Prado que nem mesmo funcionou neste processo. As notas foram publicadas com base em informações de amigos de Ribeirópolis, que, não por maldade, mas por não terem acesso a informação correta, repassaram para este jornalista. Obs: o promotor não entrou em contato pedindo o direito de resposta, mas este espaço quando erra tem o dever de não ficar omisso e faz a devida reparação.

Juiz determinou retirada porque bandeiras estavam fora do padrão

O fato: a coligação do DEM (Regina Passos), entrou com um pedido para retirada das bandeiras da coligação do PSB (Uita Barreto), porque as mesmas não tinham o nome da coligação e o CNPJ esta pequeno demais em desacordo com a legislação. O juiz local, Gustavo Adolfo chamou os representantes das duas coligações e notou que as bandeiras de ambas estavam em desacordo e mandou retirar sob pena de uma multa diária de R$ 10 mil. Assim que as bandeiras estiverem com os nomes visíveis da coligação e do CNPJ estarão de volta às casas.

 

Ribeirópolis “amarelou” literalmente

Segundo o representante da coligação do PSB, o advogado Caio Marcelo, a coligação do DEM entrou com a representação na reta final de campanha porque a cidade “amarelou” literalmente. O amarelo é a cor principal do PSB, partido da candidata Uita Barreto. Caio Marcelo disse que cerca de quase quatro mil bandeiras estavam (e retornarão) à frente da casa dos eleitores de Ribeirópolis que desejam a continuação da administração Uita Barreto.

 

Gabinete eleitoral

Deu na FSP de hoje, 22, na coluna Painel: “Com a campanha para prefeito do Rio na rua desde julho, o senador Marcelo Crivella (PRB) gastou R$ 24,9 mil da chamada verba indenizatória mesmo permanecendo longe de seu gabinete em Brasília. Desse valor, R$ 17 mil foram usados para bancar despesas de gasolina, locomoção e alimentação. Patrícia Saboya (PDT), que concorre em Fortaleza, também fez uso da verba: R$ 20,2 mil. Almeida Lima (PMDB), que disputa em Aracaju, não informou os gastos do gabinete. Na Câmara, 80 dos 89 deputados que concorrem a prefeito ou vice em outubro gastaram, juntos, R$ 1,6 milhão da verba com a mesma destinação, além de bancar pesquisas e consultorias”.

Alguns candidatos terão surpresas

Todos que trabalham na Justiça Eleitoral estão empenhados com destemor para coibir a compra de votos. A Policia Federal já está acionada e trabalhando disfarçada em alguns bairros de Aracaju.

 

Continua intimidação em Itabaiana

A “chamada” que os policiais receberam na corregedoria (por conta de uma denúncia) não surtiu efeito, pois na última sexta-feira, 19, eles estavam em um gol prata com placa APN 1411 intimidando do mesmo jeito, os cidadãos itabaianense, e detalhe junto com esses policiais tinha pessoas que diante da sociedade tem uma conduta um tanto perigosa. Quem vai tomar providência agora, já que eles não respeitam o secretário Kércio Pinto. Pedir ajuda a quem? Enquanto assassinatos ocorrem quase que semanalmente em Itabaiana, policiais que recebem seus salários pagos com impostos do povo, estão na rua com armas em punhos ameaçando bater e atirar em eleitores.

Coletiva do governador

O governador Marcelo Déda concederá uma entrevista coletiva para anunciar novos investimentos do Estado na Segurança Pública de Sergipe hoje, 22, às 15hs. O encontro com a imprensa será realizado na Cadeia Pública Provisória de Nossa Senhora do Socorro (Cadeião), em Nossa Senhora do Socorro. Pela manhã vai inaugurar o Pelotão Especial da Caatinga, em Vaca Serrada e a noite inaugura o Centro Integrado de Segurança do Santa Maria.

Anel de Segurança na região Metropolitana

Na coletiva o governador vai anunciar uma série de ações na área da segurança pública, entre elas, o Anel de Segurança na Região Metropolitana criando postos de policiamento nos oito acessos de Aracaju. Terá um centro de controle com equipamentos modernos.

                                                                                                                                                     

A Prefeitura não deixará a invasão no Mosqueiro?

No último sábado, 20, a coluna publicou a foto ao lado com a invasão na numa praça do Mosqueiro.

Vai continuar publicando até que a Prefeitura tome as devidas providencias. O local:  Loteamento  Parque Santa Maria, onde invasores  cercam a Praça Rosalvo Fontes na Rua F, onde fazem divisão de terrenos(lotes) e estão construindo casas, sem que aja qualquer providência do setor  competente da Prefeitura Municipal de Aracaju.  O loteamento fica localizado entre a sede B do Iate Clube de Aracaju, Posto do CPRV e acesso a futura ponte sobre o Rio Vaza Barris, ligando Mosqueiro a Caueira.

Bugio sem energia por três horas

No último domingo, foi realizado um evento no Bugio, patrocinado extra-oficialmente por um dos candidatos a prefeito de Aracaju. O nome do evento: a juventude pode. Até aí tudo bem, mas o trio elétrico quebrou um fio elétrico quando passava pela Avenida Poço do Mero e deixou o bairro sem energia por três horas. Virou um caos, parecia terra de ninguém.

 

Curso para servidores estaduais

Contabilidade Pública e Análise de Balanços” foi o tema do curso ministrado pelo professor João Fortes, para servidores de órgãos estaduais do Governo de Sergipe. A Controladoria-Geral do Estado (CGE) idealizou o curso e teve o apoio da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), por meio da Escola de Governo. O encerramento aconteceu nesta sexta-feira, 19, num clima de confraternização entre os participantes. Para o controlador-geral do Estado, Adinelson Alves, aos conhecimentos transmitidos por João Fortes contribuirão para modernizar a Contabilidade do Estado de Sergipe. “A capacitação em Contabilidade e Análise de Balanços constitui uma excelente oportunidade de reciclagem dos servidores que atuam nos órgãos e entidades do Governo de Sergipe, para formar um seleto grupo de profissionais que contribuirá para modernizar as práticas contábeis da Administração estadual”, destaca.

 

DO LEITOR

 

Dois Caminhos I

Da leitora itabaianense Josefa de Carvalho: ”Uma eleição municipal mexe com a vida de todos os eleitores. É chegada à hora de começarmos a refletir sobre as ações e conquistas que realmente deixaram de serem promessas de campanha, saíram do papel e trouxeram melhorias para a vida de todos os itabaianenses. Quem administra um município tem que ter responsabilidade, honestidade, decência e respeito para com o dinheiro público; tem que valorizar e respeitar os funcionários, resgatando sua dignidade e auto-estima e desenvolvendo nossa querida Itabaiana para todos. Existem vários desafios a serem vencidos. Os primeiros passos foram e estão sendo dados para a nossa Itabaiana se desenvolver e o nosso povo, principalmente os mais humildes, terem vida digna. Por isso, é preciso saber avaliar qual caminho iremos tomar para garantir ou não os direitos básicos dos cidadãos itabaianenses, como salário em dia, saúde, educação, moradia, saneamento básico e outros”.

Dois Caminhos II

Continua Josefa: “Temos dois caminhos a seguir: o caminho do falso progresso e da falsa liberdade, onde só uma minoria progrediu, enriquecendo a custa do dinheiro do povo; que quer impedir que o povo saia da lama e da poeira; que não quer ver o município progredir de verdade; que não tem compromisso com o social e sim, com os apadrinhados. Ou o caminho do verdadeiro progresso e da verdadeira liberdade que é para todos, onde o administrador é livre para fazer o que deve em melhoria de todo o povo com transparência, honestidade, responsabilidade, respeito e competência, porque o Progresso é feito com trabalho em prol de todos e a Liberdade é adquirida com justiça social. Só resta a você eleitor, saber avaliar e escolher pessoas dignas e honestas para ter o poder nas mãos e utilizá-lo em benefícios de todos, mas que não tem sede dele. Quem ama e quer bem de verdade ao seu povo não usa o poder para proibir obras e festas, não atrasa salários dos funcionários, não persegue universitário, não arrocha os itabaianenses. Exerça a sua cidadania. Como a justiça demora em julgar os políticos com ficha suja, o povo é quem tem que fazer justiça na hora de votar, julgando-os e banindo-os do meio político”.

 

Pesquisas: Hipocrisia eleitoral

E-mail recebido: “Pesquisa eleitoral se tornou instrumento de indução de eleitores. Em todas as eleições os candidatos que não foram bem votados colocam sob desconfiança o instituto que realizou a pesquisa. Mas, como eleição no Brasil é uma farra, pois temos eleições a cada dois anos, e no processo eleitoral o ingrediente da pesquisa não pode faltar, o mesmo político que antes se sentia vítima dos institutos, passa a defendê-los com unhas e dentes quando resultado lhe é favorável. “O resultado da pesquisa revela a vontade o povo”. Na verdade, esse instrumento serve apenas para propiciar lucros políticos a determinados candidatos. Há um claro efeito psicológico positivo nos cabos eleitorais e principalmente na sociedade. Toda pesquisa eleitoral deveria ser autorizada apenas para consumo interno, isto é, para uso do partido ou da coligação para subsidiar as ações que serão desenvolvidas no pleito eleitoral, bem como as suas propostas A divulgação de pesquisas não traz a mínima contribuição para o pleito eleitoral e, por isso, penso que qualquer parlamentar de bom senso poderia propor a proibição da divulgação de resultados de pesquisas eleitorais. A influência no pleito sempre haverá, seja o instituto honesto ou desprovido de tal virtude”.

 Sobre os programas de rádio e televisão

Do leitor Hugo: “Mas, o que quero comentar são os programas no horário eleitoral dos candidatos, tanto no rádio, como na televisão. O Prefeito Edvaldo Nogueira se mostrou indignado com a arrecadação dos parquímetros quando questionado que somente 6%, vejam bem, 6% (seis por cento) do total arrecadado vai para os cofres da prefeitura. Juro que jamais imaginava que era assim. Achava que poderia ser ao contrário e estava de bom tamanho. Privatizaram as ruas e só arrecadam esta merreca. Como é que pode. Aí tem coisa. Agora, com todo respeito, Senhor Prefeito, o Senhor, após longos oito anos, sendo seis como vice e dois como prefeito, só às vésperas das eleições é que vem se indignar com o fato. Tenha paciência, a quem o senhor está querendo enganar? Será que todo eleitor é tão burro assim. Por outro lado, gostei da promessa, (mais que não será cumprida) do Mendonça Prado quando ele diz que vai extinguir os pardais transformando-os em lombadas eletrônicas. Sempre defendi que a intenção é salvar vidas, diminuir o número de acidentes, nunca, arrecadar. Por falar nisto, qual o percentual que sobra para a prefeitura na arrecadação das multas? Alguém sabe? E, quanto ao programa do Almeida Lima é, digamos, sem comentários. Promessa demais. Mas de tudo que ouvi o melhor foi um candidato a vereador afirmando que era do samba e, levaria o samba para a câmara. Aí, completa o quadro”.

 

Frase do Dia

“Muitas vezes as pessoas tentam viver a vida às avessas: elas procuram ter mais coisas ou mais dinheiro, para poderem fazer o que querem de modo que possam ser felizes. A coisa deve funcionar ao contrário: você primeiramente precisa ser quem você realmente é, para então fazer o que precisa ser feito, a fim de ter o que você deseja”. Shakti Gawain, escritora hindu.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários