Subserviência em Sergipe: vão se ferrar,pois os recursos são federais

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Em todo país, os órgãos fiscalizadores estão atuando, fiscalizando, investigando e punindo o uso incorreto dos recursos destinados ao enfrentamento do coronavírus.

Em Sergipe, as ações são tímidas. E alguns gestores chegam a contar piadas nas conversas de bastidores dizendo que, em Sergipe Del Rey, nada acontece e tem órgão que virou um “puxadinho” do chefe maior.

Exagero ou não, o certo é que em Sergipe Del Rey parece que há uma sintonia perfeita entre alguns gestores de várias áreas. Parece até a 9ª sinfonia de Beethoven. É de causar inveja a qualquer ser humano inteligente.

Porém, como são recursos federais, o MPF e a PF já estão atuando em vários estados no uso indevido dos recursos do coronavírus e em Sergipe não será diferente. Ontem, 23, já circulou em vários sites de que a PF e o MPF iniciaram a operação “Coronajato”, um espécie de Lava Jato da saúde, e que ficará muito famosa. Ou seja, a PF e o MPF podem desmoralizar em Sergipe quem deveria sair na frente na investigação e punição.

É torcer que ninguém atrapalhe as investigações, pois pelo visto o judiciário federal tem demonstrado ser parceiro no combate à corrupção em outros estados. E, com certeza, em Sergipe Del Rey não será diferente.

A subserviência parece estar com os dias contados. Entrarão em cena dois órgãos que causam arrepios aos contraventores: a PF e o MPF.

E aqueles que “cantam de galo” nos bastidores contando piadas do “puxadinho” do chefe maior, terão suas máscaras desnudadas de todas as formas e jeitos. Não adianta querer tapar o sol com a peneira.

A cobra vai fumar! É o que todos os cidadãos de bem esperam.

Twitter da Polícia Federal Publicado, ontem, 23, no Twitter da PF: “A PF deflagrou nesta quinta-feira (23/4) a #OpAlquimia, com objetivo de combater o desvio de recursos públicos, especialmente mediante crimes licitatórios envolvendo a Prefeitura de Aroeiras/PB. A operação, deflagrada em conjunto pela PF, @CGUonline , @MPF_PGR , GAECO, e com auxílio do TC/PB, sendo realizado o cumprimento de 3 mandados judiciais na residência do investigado, em uma empresa, e na Prefeitura de Aroeiras.” Os sergipanos esperam ansiosos uma operação conjunta destas em Sergipe, com o GAECO, o MPE e o TCE.

Aracaju: Prazo das Certidões Negativas foi prorrogado A Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) informa que, ao contrário do que foi publicado por este blog na edição da última quinta-feira, 23, a Prefeitura de Aracaju prorrogou, sim, a validade das Certidões Negativas emitidas pelo município. A medida foi publicada no decreto Nº 6.112, de 6 de abril de 2020, definindo a prorrogação do documento pelo prazo de 90 dias. A Secretaria informa, ainda, que outras iniciativas foram tomadas para auxiliar a atividade empresarial durante o período de enfrentamento ao novo coronavírus. Entre as medidas, a prorrogação, também por 90 dias, da validade dos alvarás de funcionamento, sejam provisórios ou definitivos; a suspensão dos ajuizamentos de execuções fiscais, bem como do envio de protesto das Certidões de Dívida Ativa, pelo mesmo prazo; a ampliação para 180 dias do prazo para impugnação do lançamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU); e a simplificados de alguns procedimentos relacionados ao Imposto de Transferência de Bens Imóveis (ITBI). São ações que fazem parte de uma pauta de discussões entre o empresariado local e a administração municipal, visando atenuar os impactos socioeconômicos sofridos pela capital.

Lagarto: Presidente do MDB Sergipe, Sérgio Reis, mobiliza reação contra o coronavírus Através de um vídeo divulgado em suas redes sociais, o presidente do MDB de Sergipe, Sérgio Reis, está mobilizando a população e instituições para uma reação contra a pandemia em seu município, Lagarto, fazendo contraponto ao descaso da gestão municipal quanto ao combate.

Distanciamento No vídeo, Sérgio intensifica o pedido para as pessoas respeitarem o distanciamento social e mostra como está sendo sua rotina, principalmente no que se refere a acompanhar de perto as ações para proteger a população de Lagarto, que já conta com dois casos confirmados da COVID-19.

Motivação Reis lançou a hashtag #ReageLagarto por enxergar com preocupação a situação administrativa no município. O #ReageLagarto será usado como forma de motivar os profissionais de saúde que enfrentam o risco do trabalho nesse período de pandemia, além de cobrar da administração municipal a disponibilização, em quantidade suficiente, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e priorizar o pagamento dos salários dos servidores da pasta, que estão recebendo seus proventos fora do mês trabalhado.

Misericórdia Passado mais de 2 anos, eis que chega a este blog uma gravação de um telefonema de uma famosa voz dirigida a um jovem de Ribeirópolis. É de causar arrepios. Misericórdia!

Deso Alguém precisa barrar os erros constantes da Deso que prejudica consumidores. Este mês muitos receberam as contas dobradas porque no mês anterior não foi realizada a devida medição de todos os dias. A quem recorrer?

Reeleição na ABIH-SE E o empresário Antônio Carlos Franco Sobrinho foi reconduzido à presidência da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Sergipe (ABIH-SE), além  dos demais componentes da atual gestão mudando apenas os cargos de suplentes para Conselho Fiscal. A eleição foi realizada ontem, 23, por meio de um aplicativo. Com unanimidade de votos dos presentes, Antônio Carlos agradeceu pela confiança e apoio ao trabalho que tem desenvolvido.

CoronaCrise: Sintrase entra na justiça mais uma vez a favor dos trabalhadores O Sintrase ajuizou ontem,,23, uma Ação Civil Pública em face do Estado de Sergipe. O objetivo é que o Governo realize o pagamento do terço constitucional de férias a todos os servidores públicos estaduais que recebam até o limite de R$ 3.000,00 (três mil reais), uma vez que estes possuem o terço constitucional de férias como complementação de sua renda e subsistência.A ação tem como base a concessão de medida liminar da tutela específica, nos termos dos artigos 12 da Lei 7.347/1985, mediante tutela de urgência de cunho satisfativo (art. 300 do CPC).

Empresas Públicas Para que os empregados públicos das empresas Emsetur, Codise, Pronese e Cehop sejam assegurados, o Sintrase ajuizou também uma ação em face das requeridas empresas. Para aqueles que recebem até o limite do teto dos benefícios pagos pela Previdência Social, receba o pagamento do terço constitucional de férias, em atenção ao princípio da isonomia e da razoabilidade.

Prorrogação O Sintrase aproveita pra informar aos trabalhadores das empresas públicas que a decisão da Justiça do Trabalho que assegura que os mesmos fiquem em casa durante a pandemia terminou nesta quarta-feira (22/04). Antes mesmo do término, o Sintrase solicitou a prorrogação da decisão e está aguardando o resultado.

Sergipe celebra o primeiro casamento por videoconferência Em tempos de pandemia e distanciamento social, o uso da tecnologia de videoconferência vai se expandindo em todas as áreas e envolvendo até instituições tradicionais, como o casamento. Com a Justiça de todo o país trabalhando em sistema de home office, inclusive os magistrados, a titular do cartório do 2º Ofício do município de Itabaianinha, Isis Pinheiro Campos, resolveu pedir a colaboração do Tribunal de Justiça de Sergipe para a realização de um casamento cujo Certificado de Habilitação, documento que autoriza a cerimônia, estava para vencer. Com a concordância dos noivos, o aceite da corregedoria do TJSE e do juiz da comarca, foi só marcar a cerimônia.

Segurança jurídica O casamento realizou-se ontem, 23, nas dependências do cartório, sendo conduzido pelo juiz Eliezer Siqueira de Sousa Junior de sua própria residência, por meio de videoconferência. O juiz ressaltou a segurança jurídica do ato, ao afirmar que, neste sentido, o casamento que estava sendo realizado era como todos os outros feitos com a presença física do magistrado. Ele destacou ainda a necessidade das pessoas se preservarem ficando em casa no período de transmissão do COVID 19 e a importância do uso de outros meios de comunicação durante este processo.

Procedimento normatizado Após a solicitação do cartório de Itabaianinha para a realização do ato, a Corregedoria-Geral de Justiça de Sergipe expediu um ofício para uniformizar os procedimentos relativos ao casamento civil por videochamada. Segundo a ANOREG Sergipe (Associação dos Notários e Registradores do Estado de Sergipe), outras cerimônias nos cartórios utilizando o mesmo sistema serão realizadas em breve.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Sobre o Hospital de Cirurgia O blog recebeu informações de alguns funcionários que não procede a nota de ontem sobre a falta de álcool em gel no hospital. O que aconteceu foi a falta de álcool espuma, mas imediatamente foi colocado aviso nos dispensadores e colocados dispensadores de álcool em gel e álcool líquido. Há uma classificação de risco e a dispensação de EPIs conforme o risco.

Valorosos funcionários E estes mesmos funcionários explicaram que, lamentavelmente num momento delicado como esse, são apresentados diariamente cinco atestados, no mínimo, com as mais estapafúrdias justificativas. Lamentavelmente ainda tem gente que prefere se omitir num momento o qual muita gente precisa do trabalho dos valorosos funcionários que, felizmente é a maioria.

Animais de origem sergipana destaque em revista Tailandesa E o gado Indubrasil de origem sergipana foi destaque na revista da Tailândia, país do sudoeste asiático. Na matéria foram destacados animais nascidos na Fazenda São José, no município de Riachão do Dantas, da criação de Roberto Góes.




PELO E-MAIL E FACEBOOK


NOTA PÚBLICA

Campo do Brito: ao invés de contribuir para o combate à pandemia, tem gente irresponsável provocando a praga da mentira. Por Zominho

Amigos e amigas, querido povo de Campo do Brito. As minhas ações, o meu comportamento, sempre pautado pelo respeito e pela humildade, tem provocado inveja e despeito naqueles que só alimentam o próprio interesse no poder político, naqueles que são movidos pela ambição e pela arrogância.

Através de uma matéria mentirosa, cheia de ressentimento e ódio, além de ser um ato de covardia, pois, nem está assinada, um sujeito qualquer, com inclinações terroristas, acusa a mim, Zominho, de ter deixado de atender à população.

Ora, todos nós sabemos que há uma determinação oficial, baseada nas orientações da Organização Mundial da Saúde, para que as pessoas, por mais bem-intencionadas que sejam, evitem as aglomerações, os contatos físicos frequentes.

E isso é para PROTEGER A TODOS E A TODAS, inclusive a esta criatura irresponsável que nem tem a coragem, a dignidade de aparecer e assumir seus atos.

CHEGA DE FAZER POLITICAGEM com o desespero das pessoas, principalmente das mais necessitadas.

Campo do Brito precisa é de união contra um grande mal que atinge o Mundo. O povo de Campo do Brito espera por ações que visem a prevenção e o combate ao coronavirus.

NÃO É HORA PARA SE PREOCUPAR COM ELEIÇÃO!

Eu vou continuar a fazer minha parte. Vou ajudar como puder, sem interesse eleitoreiro, mas, sim, como cidadão simples, por que não estou acima de ninguém.

E é claro que todos nós, do município de Campo do Brito, esperamos que a prefeitura faça também sua parte, realizando ações voltadas para a prevenção e para o combate a está terrível pandemia. O poder municipal deve honrar este compromisso.

Campo do Brito me conhece. Sabe que vivo e trabalho pela VERDADE. E que sou contra a MANIPULAÇÃO do povo. Sempre afirmei e continuo afirmando que os campo-britenses merecem respeito e tratamento digno.

Mentira, calúnia, covardia não vão conseguir fazer com que eu me afaste do meu povo. Pois eu vim e sou deste povo.

Por isso, tranquilizo a todos e a todas: vou continuar a demonstrar apoio e solidariedade por nossa gente.

Zominho.


ARTIGO

Por Coronel Pontual

Para quem tem a minha idade (53 anos) e gosta de futebol, tem viva na memória as lembranças de como era o futebol brasileiro em décadas passadas. Essa frase é necessária porque esse texto pode ser lido por muitos jovens que sonham em jogar futebol profissional em um grande clube do Brasil ou de outros países. Não faz muito tempo, o futebol brasileiro era romântico e funcionava de forma completamente oposta do que está acontecendo no momento. Era uma época em que jogar em um clube profissional – independente da localidade – era feita por méritos.

Depois da profissionalização mediante pagamento, divulgada amplamente na imprensa falada, escrita e televisada, o futebol tornou-se uma indústria em que muitos dirigentes, técnicos e falsos empresários estão ganhando dinheiro de forma desonesta e acabando com o sonho de muitos jovens. No combate a essa indústria, temos encontrado profissionais de diversos segmentos do mundo da bola que estão através de vídeos ou publicações orientando os jovens e seus familiares para não caírem nas armadilhas dessas pessoas de má índole.

A formação e, consequentemente, a projeção de jogadores de futebol era feita da seguinte maneira:

Os jovens jogavam futebol em ‘peladas’ realizadas em campos de terra batida, nas quadras de futebol de salão e nos campos que se formavam na beira dos rios e das praias. Quando tinha um jovem que se destacava por boa uma boa qualidade técnica ou por um bom condicionamento físico, aparecia a figura do ‘olheiro’ (pessoas que trabalhavam para algum clube e o levava para ser avaliado, ou algum torcedor que vendo seu talento o convidava para jogar no clube de coração). Esses observadores, mesmo detectando a deficiência física, técnica e tática dos jovens participantes dessas peladas de várzea, conseguiam de forma imparcial peneirar 01 (um) a 02 (dois) jovens talentos e o conduzia para passar por um período de teste no clube, e ao final muitos se adaptavam e prosseguiam na carreira, outros não.

O tempo passou e muitas coisas mudaram na formação de jovens jogadores de futebol. Algumas situações foram positivas e outras foram negativas.

Podemos iniciar pela redução absurda de espaços para os jovens jogar futebol de forma gratuita. Ao longo dos anos, os campos de pelada perderam espaço para o mercado imobiliário e não houve uma contrapartida por parte dos governantes e dos empresários. Na atualidade, para jogar futebol, os jovens têm que ser sócios de clubes que possuam quadras ou campos, ou então, se cotizarem para alugar um espaço denominado de Socyet ou um campo privado. Essa falta de espaço para a prática esportiva por parte dos jovens, os deixaram ociosos e com isso, o crime organizado tem aliciado e conquistado muitos adeptos.

Sem os tradicionais campos de ‘pelada’ e de campos em que realizavam partidas amadoras, o futebol amador começou a perder espaço e, como todos nós estamos carecas de saber, a esmagadora maioria dos jogadores de futebol surgiram nas ‘peladas’ ou no futebol amador. Independente da cidade que você resida, é fácil detectar a redução da quantidade de clubes amadores que existiam no passado e que existem atualmente. Muitos clubes deixaram de existir e a esmagadora maioria só estão ativos porque têm dirigentes e torcedores que tiram do próprio bolso para mantê-los vivos.

Nenhuma dessas duas situações é tão devastadora e nociva do que a presença dos falsos empresários do mundo da bola. Pessoas de péssimo caráter que devido a conivência de alguns dirigentes de clubes e pela falta de punição por parte das federações, dos Tribunais de Justiça Desportiva e da Polícia Civil, estão atuando livremente no mundo da bola e roubando dinheiro e o sonho de muitos jovens. Não tenho a menor dúvida que o maior adversário do futebol brasileiro é a presença dessas pessoas desonestas e de mau-caráter.

Em breve, mais um capítulo dessa triste realidade que está assolando o futebol brasileiro.


PELO TWITTER

www.twitter.com/andrizek O que acontece no Brasil não tem paralelo no mundo civilizado – talvez estejamos saindo dele. Em vez de cobrar ações do poder público para evitar colapso da população mais carente, fanáticos atacam quem, seguindo a ciência, orienta as pessoas a salvar vidas. Salvar vidas, burros!

www.twitter.com/LuisCValois Se eu morrer pelo menos meus filhos saberão que eu sempre defendi a vida, o direito, a dignidade das pessoas e nunca me calei diante das injustiças e desigualdades sociais! Manaus está dando medo…

www.twitter.com/CFcomunicologo “Não canso de repiti-lo: – a ciência do -eu- implica contradição. Abstraindo da pessoa, e do caráter que a constituie. O -eu- é coisa nenhuma; nada significa. Mas onde estão as induções científicas, feitas de modo que possam garantir nossos juízos,(…)

www.twitter.com/anterogreco Ultimamente têm sido raras minhas aparições aqui. Mas não dava pra deixar esta em branco. A declaração mais insana que li até agora é do vice-governador do Texas, um sujeito chamado Dan Patrick, que quer retomada da economia: “Há coisas mais importantes do que viver.” Imbatível.

www.twitter.com/sabrirocha O médico Pedro Carvalho entubou a paciente, cuidou dela e, depois da recuperação, eles dançaram Asa Branca. O vídeo viralizou. Entrevistei o médico hoje. Ele falou sobre a luta solitária de quem tem covid-19. Para Pedro Carvalho é necessário humanização. É ciência e coração. Chorei

www.twitter.com/RosaBrasilia Pra combater a pandemia sai a ciência e entra o exército . Vão abater o vírus a tiros.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Moldar a sua vida em torno da opinião dos outros não é nada mais do que a escravidão.” Lawana Blackwell.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários