“Tiramos,praticamente,o turismo do buraco.”E jogou num poço sem fundo

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Sergipe Del Rey não é um Estado sério!

É um caso de uma doença rara sem diagnóstico, sem vacina e sem remédio. Sergipe Del Rey é pior que o coronavírus, porque alguns pegam e nem sentem. Já a doença de Sergipe Del Rey se arrasta pelos últimos dez anos nos governos Jackson & Belivaldo, onde a maioria dos pacientes, ou seja, os eleitores, assistem passivamente a doença se espalhar por todas as áreas do Estado de maneira abrupta.

“Tiramos, praticamente, o turismo do buraco.” Foi dito, pode acreditar caro leitor, pelo próprio governador Belivaldo Chagas, na terça-feira, quando anunciou as medidas de contenção. Como ele já vivia enclausurado no gabinete antes mesmo do isolamento social do coronavírus, Belivaldo não tem consciência do que está passando o setor turístico do Estado nos últimos dez anos. O áudio:

São cinco anos sem centro de convenções e sem políticas realmente voltadas para o fortalecimento do setor turístico. Tudo se resume em feiras e eventos onde os apaniguados do chefe de plantão são agraciados com viagens e diárias. A divulgação de Sergipe não se iguala a capitais como Maceió, mas como cidades de médio porte do interior da Bahia, de Pernambuco e do Ceará.

Porém, Belivaldo Chagas não mentiu quando disse que tirou o turismo do buraco. Realmente tirou e jogou num poço sem fundo….

 

Que tempos sombrios o Brasil e Sergipe estão vivendo! Esta quinta-feira, 16, pode ser o divisor de águas no enfrentamento do coronavírus.

Continua investigando Este blog continua investigando quem retarda o andamento do resultado da operação Marcha à Ré, ocorrida em Sergipe, que investiga desvios de recursos públicos do transporte de estudantes no âmbito do governo do Estado. Notícias recebidas do Recife e de Brasília apontam para alguém. Caso se confirme e venha à tona, será um banho de água fria nas pretensões ambiciosas de uma figura pública. Aguardem!

Grupo “É de Sergipe” envia sugestão a governador para prestigiar empresas natas do Estado O grupo “É de Sergipe”, criado com o propósito de fomentar e renda em Sergipe, enviou ofício ao governador Belivaldo Chagas sugerindo que crie uma portaria de acordo com o decreto de emergência para que possa prestigiar as empresas natas do Estado no momento da contratação de produtos e serviços pelo Governo de Sergipe durante o Estado de Calamidade Pública que está em vigor. O grupo reforça que as empresas devem atender aos critérios técnicos exigíveis como também dentro do princípio da economicidade, coluna dos contratos administrativos. O momento é de uma crise sem precedentes e toda ação em benefício da nossa economia, seja de qual tamanho for, tem imenso valor.Uma ótima sugestão para o momento atual.

Banese vai prorrogar empréstimos consignados de servidores aposentados Demorou, mas chegou. O Banese anunciou ontem,15, a decisão de prorrogar operações de crédito consignado feitas por aposentados. A medida, cujos detalhes serão informados nos próximos dias, valerá para três parcelas de empréstimos consignados. Antes tarde do que nunca. Parece que lá as coisas só funcionam sob pressão.

Cortes e demissões na TV Atalaia repecurte nacionalmente Deu no site Istoé: A TV Atalaia, afiliada da Record em Sergipe, desligou boa parte de seu departamento de jornalismo e suspendeu dois telejornais locais por falta de anunciantes em meio à pandemia do novo coronavírus, de acordo com informações do colunista Leo Dias, do UOL. Segundo a reportagem, o Balanço Geral Manhã, que já havia perdido uma hora no ar, deixará a programação a partir de amanhã (16) e será substituído pela versão paulistana do noticiário. A versão regional do Cidade Alerta, que era veiculada entre 18h e 19h15, já havia sido substituída na semana passada pelo bloco nacional do programa policial. Ainda de acordo com Leo Dias, boa parte dos profissionais que faziam parte da equipe dos telejornais suspensos foram demitidos da TV Atalaia, sob a promessa de serem recontratados quando (e se) os programas forem retomados.

Assembleia gastar quase R$ 600 mil com computadores neste momento de pandemia e sessões virtuais? Menos Luciano Bispo.E foi publicada no Diário Oficial de ontem, 15, a adesão da Assembleia Legislativa a ata de registro de preços oriunda do pregão eletrônico da Seplog/AJU, para comprar de computadores. A Alese quer 139 computadores e vai pagar R$ 585 mil. Nada irregular no pregão, mas é preciso bom senso e responsabilidade neste momento. A Alese está realizando sessões virtuais. Menos Luciano Bispo, menos para um parlamentar cujo mandato é sustentado por uma liminar que aguarda, até hoje, o julgamento do mérito.

Presidência da Alese está prevendo que muitas autoridades morrerão por conta do coronavírus? Em outro extrato publicado de recebimento de propostas da licitação – sem valor publicado – a Alese contratou uma empresa especializada em fornecimento de coroas de flores naturais, médias e grandes, para homenagens póstumas na capital ou cidades do interior, arranjos de flores naturais ou artificiais, plantas ornamentais naturais ou artificiais, buquês de flores naturais para decoração de eventos e homenagens realizadas no legislativo. É pelo jeito enquanto o governo e o TJ cortam gastos a Alese esbanja recursos.

E no salário dos deputados?  E a diretoria do sindicato dos servidores do legislativo de Sergipe – Sindalese, informou ontem que “conforme Decisão do Poder Legislativo de Sergipe, informamos que a partir do mês de MAIO/2020, teremos uma redução no valor do Auxílio Alimentação de 50%, em decorrência da crise econômica gerada pelo Coronavírus. Passado o período da pandemia, segundo o Diretor Geral, tudo voltará a normalidade.”

A quem reclamar? “Vá se queixar ao bispo”, é a famosa resposta quando alguém tem uma queixa e não sabe mais a quem apelar. E quando o bispo se cala e faz o jogo dos governantes, a quem recorrer? Que silêncio e omissão tão estranhos! Por quê? Pelo visto o jeito será apelar ao Papa Francisco.

Advocacia Christian Cruz obtém mais duas vitórias na Justiça para militares inativos Mais duas decisões através da Advocacia Christian Cruz datadas de 14.04.2020 onde 02 ( dois ) militares inativos da PMSE obtiveram a isenção do Imposto de Renda pela via judicial anteriormente negada pelo Estado de Sergipe. E detalhes: um dos militares é CEGO e o outro CARDIOPATA GRAVÍSSIMO, ou seja, esse Governo é um absurdo e não se preocupa em nada com a SAÚDE porque negar um direito de isenção previsto na legislação tributária para pessoas extremamente doentes revela um grande ato de desumanidade.

Fames faz alerta sobre Fake News que divulga falsos valores recebidos pelo Ministério da Saúde para enfrentamento ao coronavírus A Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames) faz um alerta as gestões públicas sobre fake news que estão circulando na internet em que informa falsos valores recebidos pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento ao coronavírus.

O Fake news A circulação da notícia acontece através de um vídeo em que o ministro da saúde, Luiz Mandetta, anuncia a liberação do recurso. Em seguida, print de tela da internet com supostos valores recebidos por municípios sergipanos são propagados, e alguns valores chegam a R$ 20 milhões de reais. A Fames alerta que essas informações não são verdadeiras, e que se tratam de convênios firmados pelos municípios no ano de 2019, e não de repasses efetuados pelo Ministério da Saúde. Confira ao lado a tabela com os valores que efetivamente cada município recebeu.

Crime gravíssimo: Hilda Ribeiro distribui álcool em gel vencido para agentes de saúde Deu no Xexo Sergipano: As contratações de empresa de familiares feita pela Prefeita Hilda Ribeiro só está trazendo problemas para a população e para os servidores da Prefeitura de Lagarto. Depois de entregar produto sem procedência para o povo, agora ela entrega álcool em gel vencido para os agentes de saúde do município. Nem mesmo o registro da ANVISA o álcool possuía. Um crime cometido pela prefeita.

Embalagem Uma agente de saúde recebeu o produto e já achou estranho ele ter vindo numa vasilha de ketchup. Uma vergonha. Quando ela foi verificar a validade em um rótulo que não foi feito em fábrica tomou um susto: o produto estava vencido. Produtos vencidos põem em risco a vida das pessoas. Hilda Ribeiro sabe disso, mas parece não se importar com a vida dos seus servidores menos privilegiados.

Será que o MPE vai tomar as devidas providências? É aguardar. A pior gestão que já passou pela Prefeitura de Lagarto consegue a cada dia superar os absurdos e os crimes que vêm cometendo. Esse foi mais um, de acordo com o Art. 7°. “IX – vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo; Pena – detenção, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, ou multa.”

Defensoria Pública recomenda redução de mensalidades escolares até cessar pandemia do coronavírus Devido aos impactos financeiros nas famílias por conta do Coronavírus (Covid-19), a Defensoria Pública do Estado, através do Núcleo do Consumidor, expediu recomendação às instituições de ensino particular de Sergipe, através da Federação dos Estabelecimentos de Ensino, para que estabeleçam redução nas mensalidades escolares dos alunos, proporcional à redução de gastos, e concessão de descontos maiores aos pais que tiverem suas rendas bruscamente diminuídas, bem como bolsa integral para os que perderem seus empregos em virtude da pandemia, levando em conta a situação de cada aluno e sua família.

Canal de comunicação No documento, a Defensoria Pública pleiteia ainda alterar/postergar a data de vencimento ou parcelar o valor da mensalidade, além de não cobrar multa e juros moratórios; encargos contratuais por trancamento, cancelamento ou desistência; não cobrar por horário integral, estendido e semi-integral, sendo considerada apenas a mensalidade do turno regular, de forma reduzida; a abstenção ainda da cobrança pela prática esportiva e outras atividades, além de estabelecer um canal de comunicação com alunos, pais, responsáveis sobre o assunto.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Sobre o auxílio emergencial  e a falta de documento de identidade “Sou empregada da CAIXA e atendo o público alvo do auxilio emergencial . Gostaria de relatar aqui uma situação que assim como a questão do CPF não depende da Caixa a solução para pagamento aos beneficiários. É a situação da ausência de documento de Identidade para uma grande parcela das pessoas. Muitos perderam, e não se preocuparam ou o prazo para fazer dado pela SSP não chegou há tempo. E não sei se a SSP está atendendo no percentual de 30% assim como estão os bancos . Mas o que temos no dia a dia é impossibilidade de atendimento pela ausência do documento de identificação. A Carteira Profissional atual por Decreto do Presidente não é  mais documento hábil de identificação, o que esta gerando uma demanda represada. E consequentemente o não pagamento do beneficio . Não há ninguém que tenha levantado essa lebre. O prazo de 60 dias para fazer uma segunda via vai de encontro ao momento de calamidade. Ate já soube da recusa, parece que não estão atendendo. Se puder esclarecer isso agradeço, até para facilitar meu trabalho que já é desgastante e com certas situações me deixa deprimida por ver o povo necessitado desamparado pela falta de documentação.”

Pandemia e Transparência na PMA Do leitor Antônio: “Sabemos que em tempos de pandemia os serviços públicos, que já não são tão bons e transparentes, tornam-se piores pelo momento vivido. Mas transparência, mesmo em tempos de Corona Vírus é essencial, principalmente agora com a publicação de diversos decretos de calamidade. Minha pergunta é a seguinte: Porque a Prefeitura de Aracaju, em seu Portal “Aracaju Transparência” não publicou até o momento a Folha de Pagamento dos servidores da Prefeitura de Aracaju? Em 2020 só foi publicado as listas de janeiro e fevereiro! Estamos em meados de abril e parece que o órgão de controle do município está contaminado pelo Covid-19, pois a transparência está inerte, na UTI. Não seria a hora do TCE, MP, procurar saber o que está acontecendo?. Em tempos de home-office o serviço pode ser feito de casa sem gerar perigo nenhum aos servidores responsáveis. Com a palavra os impolutos da CGM que cuidam da “Transparência Municipal”.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

NOTA DE REPÚDIO – Prefeitura de Itabaiana

A Prefeitura de Itabaiana e sua Secretaria de Educação vêm a público repudiar veementemente vídeos, fotos e áudios que circularam nas redes sociais nesta quarta-feira, 15 de abril de 2020, nos quais kits de alimentação escolar, que estão sendo distribuídos aos mais de 10 mil alunos da rede municipal, são maldosamente chamados de “cestas básicas”. Os kits de alimentação, feitos a partir dos produtos da merenda escolar, são montados com base nutricional, além de sua distribuição ter orientação do Ministério Público Estadual para que não haja nenhum tipo de utilização política da ação nesse momento de pandemia do novo coronavírus. Tentar macular a ação e mentir sobre a real composição e nomenclatura do kit é uma ação politiqueira que precisa ser reprovada por toda a sociedade itabaianense e sergipana.

Prefeitura de Itabaiana

Secretaria de Comunicação

Secretaria de Educação

NOTA DE REPÚDIO – SINDIJOR repudia extinção da Secretaria Estadual da Comunicação

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR/SE), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, vem a público repudiar, veementemente, a extinção da Secretaria de Estado da Comunicação Social (SECOM), anunciada nesta terça-feira, 14 de abril de 2020, pelo governador Belivaldo Chagas.

Dentro do planejamento estratégico, o qual supostamente prevê a aplicação de reduções financeiras nas contas públicas estaduais, uma Superintendência técnica de atuação jornalística e publicitária será implantada. Essas mudanças fazem parte do pacote de ações a ser encaminhado ainda nesta semana à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), onde consequentemente será apreciado pelos deputados estaduais.

Procurados pela Diretoria Executiva do SINDIJOR, José Sales Neto – ainda secretário da SECOM, bem como Givaldo Ricardo, indicado ao cargo de Superintendente da Comunicação, garantiram que em curto prazo não há perspectivas de redução do quadro funcional ocupado por profissionais do Jornalismo.

Em tempo, mesmo diante das garantias de manutenção do número de profissionais em atuação, os gestores não descartaram a possibilidade de mudanças na lista de jornalistas. Avaliando a medida como comum em qualquer mudança administrativa, informaram que os trabalhadores exonerados serão imediatamente substituídos por outros trabalhadores diplomados.

O SINDIJOR enaltece a importância da comunicação social e dos seus produtores, como ferramenta de fortalecimento da democracia nacional, da formação de opinião, transparência pública e no estreitamento do elo, neste caso, envolvendo mais de dois milhões de cidadãos sergipanos, contribuintes, e o Poder Executivo estadual.

Diante da perspectiva em minimizar os impactos econômicos provocados pela pandemia mundial do novo coronavírus, compreendemos a necessidade da aplicação de medidas administrativas, desde que a ocupação trabalhista dos jornalistas não seja afetada e extinta.

NOTA DE REPUDIO – SINDICATO DOS RADIALISTAS À EXTINÇÃO DA SECOM PELO GOVERNADOR BELIVALDO CHAGAS. 

O Sindicato dos Radialistas de Sergipe, recebeu com imensa indignação, a notícia que o governo de Sergipe, irá acabar com a Secretaria de Comunicação Social do Estado, justificando contenção de despesas, com a consequente extinção de cargos, ou simplesmente, demissão de trabalhadores! 

A contenção de gastos se faz necessária, principalmente nesse período de gravíssima crise, mas um líder tem o dever de ponderar onde será feita essa contenção, de maneira justa e inteligente. 

Sergipe passará por um retrocesso! A Secretaria de Comunicação é um vínculo essencial entre o governo, a imprensa e a população. É primordial sua manutenção, visto que é através dela que as decisões e ações do governo são transmitidas de forma transparente a população. 

Dessa forma, o governo agride uma classe que já vem sofrendo muito, os radialistas e jornalistas, que são aliados do povo, mais uma vez amarga essa injusta extinção. 

Exigimos que o Governador, Belivaldo Chagas, reveja essa decisão. Esperamos que esse retrocesso, seja também repudiado pelo legislativo de Sergipe! 

Aracaju, 15 de Abril de 2020 

A Diretoria Executiva

PELO TWITTER

www.twitter.com/ThalesBrandao Os restaurantes com experiências sensoriais físicas – de ambientação, chefs, cardápios exclusivos, seguranças – utilizando delivery e entregando em um laminado de quentinha. Estão destruindo a marca – para manutenção financeira – exclusiva do dono. A falência pode ser dupla.

www.twitter.com/olivaluiz Na mesma semana Moraes Moreira e Rubem Fonseca….perdemos dois grandes mestres:o país onde a mediocridade tem triunfado, ficou menos musical e menos literário.

 

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Quando a gente acha que chegou no fundo do poço, sempre descobre que pode ir ainda mais fundo. Que escrotidão.” Charles Bukowski.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários