Tonho “sartou” fora

0

Albano Franco (PSDB) é agora, de fato e de direito, candidato solteiro ao Senado Federal. Seu parceiro de chapa, o agitador cultural Antônio Leite (PV), desistiu da empreitada para apoiar o candidato a senador Eduardo Amorim (PSC). “Atendi a um apelo do meu amigo Laurinho Menezes (PSC), suplente de Amorim”, explica Tonho Leite, sem esconder a contrariedade com o tratamento dispensando por Albano ao PV. “Desde que nos coligamos com o PSDB que fomos esquecidos”, se queixa o ex-candidato. A decisão de Leite deixou o tucano livre, leve e solto para pedir votos só pra ele sem qualquer remorso, já que não tem parceiro de chapa para vigiá-lo se está respeitando a aliança política, como ocorre com os coligados Valadares e Amorim, Machadão e Manoel Cacho.

 

“Vavá” se queixa

 

A disputa pelas duas vagas para o Senado vai ser duríssima. Político experiente, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) já percebeu isso ao revelar no twitter que a “campanha está cheia de espinhos, armadilhas e pressões nunca vistas sobre líderes políticos e vereadores. Confio no discernimento do eleitor” O parlamentar também postou que “o que vale é o serviço prestado. Não adianta gastar nem rebolar”. Será?

 

Silêncio suspeito

 

Estranho como o Sindisan silencia ao ouvir o ex-governador João Alves Filho (DEM) dizer que durante sua administração não houve rodízio de água em Aracaju. Ninguém mais do que os diretores do sindicato sabem dos desmandos praticados na Deso no governo passado, a ponto de a capital ter vivido rodízio de água por mais de um mês. Pior é que, em vez de restabelecer a verdade, o Sindisan prefere inventar factóides contra a atual diretoria da Deso, como a tal ameaça de privatização da empresa. Como perguntar não ofende, estariam os diretores do Sindicato com saudade da administração do DEM?

 

Dois pesos


Moradores do Condomínio Riviera Del Mar, localizado na Avenida Sarney, estão desesperados com um grande volume de água estagnada no local. Eles não entendem a falta de interesse da Prefeitura de Aracaju para resolver o problema. A queixa maior dos moradores é que, quando as águas inundaram o condomínio Praia do Sul – vizinho do Riviera –, abriu-se um “caminho” para a água chegar ao mar, solução que a Prefeitura não quer aplicar para resolver idêntico problema do Condomínio Riviera Del Mar. Por que será?

 

Volta das férias

 

Os parlamentares retornar ao trabalho nesta segunda-feira depois de um mês de ‘merecidas’ férias. O fim do recesso, contudo, não significa que teremos sessões movimentadas nos parlamentos brasileiros. O Congresso já definiu que sessões só nos dias de votação, que são poucos. Na Assembléia, a falta de quórum também será uma tônica, pois quase todos os deputados estão empenhados com suas campanhas eleitorais. Embora com um número menor de candidatos, a Câmara de Vereadores de Aracaju também deverá funcionar em ritmo lento.

 

Viva São Cricri

 

São Cristóvão está em festa. É que a Unesco reconheceu ontem a Praça São Francisco como Patrimônio Histórico da Humanidade. A notícia foi dada ao governador Marcelo Déda (PT) pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira, logo após a decisão ter sido anunciada na 34º Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, em Brasília. O petista estava em São Cristóvão quando também recebeu um telefonema do presidente Lula (PT). Localizada na quarta cidade mais antiga do Brasil, a Praça era a única candidata brasileira ao título de Patrimônio da Humanidade.

 

Não se iluda

 

Os eleitores não devem se iludir por promessas vazias ou publicidade enganosa. Também precisam analisar a vida dos candidatos, verificando se eles já fizeram algo de bom em benefício da sociedade. O conselho é do que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski. A orientação ocorreu na abertura da campanha de esclarecimento “Você pode escolher o seu destino”, que está sendo veiculada diariamente na programação das emissoras de rádio e televisão. Portanto, não venda seu voto e denuncie quem tentar comprá-lo.

 

Fim do papel

 

Essa interessa principalmente aos advogados: desde ontem, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) só recebe peças e petições por meio eletrônico. A medida visa agilizar a tramitação de documentos e reduzir gastos com papel, tinta e envio de comunicações de andamento processual pelo correio. A exigência do peticionamento eletrônico vale para tribunais, magistrados, advogados, órgãos, pessoas jurídicas e físicas cadastrados no Sistema de Processo Eletrônico do Conselho Nacional de Justiça (e-CNJ). Para se cadastrar, basta procurar a seção de protocolo do CNJ ou qualquer um dos tribunais conveniados.

 

Posse concorrida

 

Ivan Macedo e José Nilson, eleitos no último dia 18 prefeito e vice de Riachão do Dantas, foram empossados ontem em ato muito concorrido. Entre os políticos que foram levar apoio aos empossados, estavam os candidatos ao Senado, José Carlos Machado (DEM), à Câmara Federal, Rogério Carvalho (PT), a deputado estadual, Zeca da Silva (PSC), e outros menos votados. O ex-prefeito Laelson Menezes (PT do B), cassado por mau uso do dinheiro público, também compareceu à festa e se disse satisfeito porque dois aliados seus vão continuar a sua administração.


Travestis reagem

 

Os travestis e transexuais aproveitaram a decisão da Receita Federal de incluir o companheiro ou companheira como dependente na declaração do Imposto de Renda para reivindicar a inclusão do nome social nos documentos de identificação. Eles acham que a medida da Receita não alcança a categoria da mesma forma que beneficia gays e lésbicas. “Nossa luta ainda está atrás da de gays e lésbicas, que já pensam no casamento. Eu não quero me casar, por exemplo, com meu nome de homem”, afirma o travesti Marjorie Marchi. Ele está certo!

 

Boa grana

 

Está sobrando mês no final do seu salário? Pois faça uma fezinha na Mega-Sena, que deve pagar R$ 5 milhões a quem acertar as seis dezenas sorteadas na próxima quarta-feira. Lembre-se que as apostas devem ser feitas até as 19h do dia do sorteio. O maior prêmio já pago pela Mega-Sena foi o de R$ 144,9 milhões, sorteado na Mega da Virada em 31 de dezembro do ano passado.

 

Do baú político

 

Logo depois do golpe militar de 64, eram muito fortes as pressões políticas e econômicas visando atrair lideranças dos extintos PTB e PSD para o novo partido governista: a Arena. Em seu blog “Educação e História”, o professor Jorge Carvalho do Nascimento conta um episódio que mostra bem como a coisa funcionava. “No dia 13 de fevereiro de 1966, o jornal Diário de Aracaju publicou uma foto do empresário Oviedo Teixeira, ao lado do ex-governador Leandro Maciel, anunciando que ambos haviam fechado entendimento em torno do novo partido, e que o empresário estivera no Palácio Olympio Campos participando da reunião na qual foram feitos os acordos para fundar a Arena. Oviedo reagiu e três dias depois, na edição de 16 de fevereiro, o periódico publicou a sua retratação, esclarecendo estar enganando e informando que, na verdade, a foto fora obtida durante a solenidade de inauguração da nova agência do Banco Mineiro da Produção, que ocorrera em Aracaju no dia 11 de fevereiro de 1966”. Posteriormente, seu Oviedo ingressou no MDB.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários