Utilize os valores humanos para conviver melhor.

0

Foto do site: Sociologia no mundo

O bom comportamento e a boa convivência são atitudes difíceis de conciliar em nossa vida, mas quando compreendemos que o inter-relacionamento humano pode nos trazer muitas alegrias e prazeres, podemos concluir que, o uso da etiqueta nos relacionamentos irá melhorar nossa qualidade de vida.

Não deixar que o mau humor, a angústia e o medo expressem rebeldia, gerando grosseria e violência para com aqueles que nos rodeiam. O nosso desenvolvimento emocional  está no autoconhecimento. Para uma mudança de comportamento social é necessária a renovação da compreensão do homem, atingindo o âmago do ser, a fim de buscar um caminho galgado na sabedoria, encarando os erros, os acertos e principalmente dando importância aos valores humanos da PAZ, do AMOR, da VERDADE, da NÂO-VIOLÊNCIA e da AÇÂO-CORRETA. A autodescoberta das virtudes irá proporcionar a formação do caráter e da personalidade necessários para o bom convívio humano.

Devemos exercitar os valores relativos do respeito, otimismo, tolerância, calma, coragem, amabilidade, responsabilidade, ética, respeito à natureza, cooperação, solidariedade, justiça, entre outros que, alimentam o nosso caráter e guiam a nossa conduta.

A discriminação, a falsidade, o mexerico e a inveja devem ser condenados no comportamento e serem substituídos pelas virtudes.
A compreensão de opiniões que tanto almejamos na vida familiar tem de ser mostrada de modo pacífico sem rebeldias e assim conquistar passo a passo a grande ajuda oferecida pelos nossos pais.

As conquistas de independência e liberdade têm de ser voltadas para a informação e conseqüência dos atos.
Se a pessoa não acredita em sua capacidade de se modificar, não conseguirá se ver superando os próprios medos para alcançar os seus objetivos. Adote uma atitude mental positiva, alimentando-se dos valores humanos direcionados para a paz e o amor, pois nossos pensamentos exercem influência direta sobre o nosso corpo e mente.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais