Viciados e consumidores

0

Humanos parecem se sentir atraídos por estados alterados da mente. Nem todos, é verdade, mas a transformação de recursos da natureza em poções que descerram as cortinas de paraísos -e infernos- artificiais é uma atividade milenar, observável nas mais diversas sociedades.

Ao longo dos séculos, algumas drogas se tornaram mais populares ou mais aristocráticas, outras foram eleitas por artistas e intelectuais, outras por místicos e pacifistas.

O proibicionismo começou em finais do século 19, sob influência norte-americana. Chegou-se, nos EUA, a banir bebidas alcoólicas, mas a Lei Seca, como sabemos, não deu certo.

Consolidou-se, então, no chamado mundo moderno, uma situação em que o álcool é a droga oficial, com direito a anúncio, colunas especializadas nos meios de comunicação e ampla comercialização. A mensagem subliminar é: vai fundo porque se fizesse mal seria proibido.

É o caso da maconha, antes vista como droga de negro, que continuou vetada e é tratada enganosamente como substância muito mais nociva do que o álcool, o que justificaria a irracional mobilização de recursos vultosos e de forte aparato policial-militar para combatê-la.

Pesquisa divulgada anteontem diz que o Brasil teria 1,3 milhão de "viciados" em cannabis -número que parece subestimado. Os que usam álcool não são em geral tratados como viciados, mas "consumidores".

Levantamentos indicam que cerca de 80% de jovens entre 18 e 24 anos já consumiram álcool e que cerca de 20% são dependentes. Muitos adolescentes também.

A hipocrisia que cerca o tema só atrapalha. Droga é um negócio perigoso. Pode ser consumida dentro de limites razoáveis ou levar à ruína material e moral. Seria ingênuo crer que a humanidade caminha para um mundo sem drogas. A melhor política é a liberação progressiva, mas controlada, com forte investimento em educação e esclarecimento. (Marcos Augusto Gonçalves, na FSP, desta sexta-feira,03).

Blog será atualizado na segunda-feira, 06
O titular deste espaço  está viajando (desde 21/07) num compromisso familiar agendado há alguns meses. A atualização do blog não foi interrompida, mas qualquer informação poderá ser enviada por e-mail. O blog agradece a atenção dos leitores e pede desculpas antecipadas se demorar a responder os e-mails e ficar sem contato direto por telefone. O blog só retorna a ser atualizado na próxima segunda-feira, 6.

João Alves: candidatos à Câmara  têm site exclusivo
Os candidatos à Câmara Municipal de Aracaju que integram a coligação do candidato do Democratas à prefeitura João Alves Filho ganharam um site exclusivo na Internet para divulgar ações e propostas. Trata-se de uma inovação em termos de pleitos eleitorais de candidatos proporcionais em Sergipe – e fato inédito no Brasil, já que apenas de modo individual eram mantidas páginas de campanha de candidatos a vereador.

Integração
O espaço, chamado de “Vereadores do Negão”, está integrado às redes sociais (Facebook e Twitter) e tem um canal YouTube, também exclusivo, onde são publicados os vídeos de campanha com falas exibidas no programa de TV de cada vereador – ao todo, as coligações do candidato João Alves Filho possuem 228 candidatos proporcionais, divididos entre 13 partidos (DEM, PTN, PTB, PSL, PR, PTC, PPL, PP, PMN, PSDB, PSC, PRP, PRTB).O site pode ser acessado através do endereço: http://www.vereadoresdonegao.com.br.

Rogério reúne militância para ouvir sugestões
O Presidente Estadual do PT, deputado federal Rogério Carvalho reuniu a militância ligada área da Saúde e alguns membros da juventude que militam junto ao mandato,  nesta quinta feira, 02, para discutir ações de apoio e sugestões de mobilização para a candidatura de Valadares Fiho( PSB) e Conceição Vieira( PT) a prefeito e vice prefeita de Aracaju.

Grande contribuição
"Este grupo, que fazemos parte, tem uma grande contribuição a dar. Militamos juntos desde 2000 na saúde municipal e do Estado e por isso, hoje, estamos aqui, discutindo algumas estratégias para contribuir ainda mais para a campanha de nosso prefeito Valadares Filho e de nossa vice Conceição Vieira. Vamos fazer um grande ato, panfletagens, adesivação e tudo o mais que for possível", explicou o deputado que acrescentou ainda, que nesta semana, deve se reunir com os candidatos para apresentar as idéias que surgiram nesta reunião.

Corpo a corpo
O senador Eduardo Amorim (PSC) faz campanha nesta sexta-feira em Estância. Vai participar de corpo a corpo ao lado do candidato a prefeito daquele município, deputado estadual Gilson Andrade (PTC). Segundo o prefeiturável, a presença do senador é muito importante nestes primeiros dias da caminhada eleitoral. “Estamos muito satisfeitos com as constantes demonstrações de carinho do povo estanciano”, diz Gilson. Ele garante que o apoio do prefeito Ivan Leite (PSD) tem sido fundamental para o visível crescimento dacampanha.

Déda participa de homenagem a Lula
O governador Marcelo Déda participou de homenagem ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva na manhã da última quinta-feira, 2, em São Paulo. O evento foi organizado pela União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) e pela Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio), que comemoram cinco anos de atuação. Déda aproveitou também para solicitar a ampliação da produção de biodiesel em Sergipe.

Ampliação de produção de biodiesel em Sergipe
Durante a estadia em São Paulo, Marcelo Déda reuniu-se com o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, e discutiu a possibilidade de ampliação da produção de biodiesel em Sergipe, a partir do aumento do cultivo de girassol e de outras oleaginosas. “Também apresentei reivindicação para ampliar o programa em Sergipe”, complementou o governador. No encontro, também foi tratada a possibilidade de instalação de uma unidade de processamento de matéria-prima para a produção de biodiesel no estado. Nesta segunda-feira, 6, Marcelo Déda segue para o Rio de Janeiro, onde encontrará a presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, para tratar pessoalmente desses temas.

Lucimara lança campanha #AracajuBemCuidada
Centenas de aracajuanos lotaram o Bar Alquimia, ontem à noite, no Lançamento da Campanha #AracajuBemCuidada em prol de um objetivo comum: lançar oficialmente a candidatura de Lucimara Passos para vereadora de Aracaju.

Presenças
O evento foi prestigiado pelo candidado a prefeito Valadares Filho e sua vice Conceição Vieira, pelo atual prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira, pela presidente estadual do PCdoB Tânia Soares e por pessoas de diversos bairros da cidade que promoveram uma grande manifestação de apoio à Lucimara.

Energia
Em suas palavras, Lucimara trouxe à tona o desejo de representar as comunidades no legislativo municipal. “Quando converso com cada um de vocês nas ruas, vejo a vontade que estão de me colocar na Câmara. Isso me renova as energias. Mas vocês vão me ajudar também quando eu estiver lá, porque eu vou precisar de vocês para saber o que o povo quer”, assegurou ela.

Nota de Esclarecimento Capitão Samuel I
Através de sua assessoria de comunicação o deputado estadual capitão Samuel vem a público esclarecer que os boatos de que o seu candidato a vereador em Aracaju seria Junior Leite não é verídico e que continua apoiando o militar Sargento Vieira.Vale ressaltar que a função pública exercida pelo parlamentar não dá o direito de excluir ou diferenciar candidato A ou B, porém, o Capitão Samuel faz questão de divulgar que em Aracaju tem apenas um candidato que apoia, e que associa a sua imagem a campanha eleitoral do mesmo, fato comprovando na gravação realizada na última terça-feira, 31 de agosto, onde o deputado estadual concretizou a sua fidelidade com o companheiro militar sargento Jorge Vieira da Cruz participando da gravação no estúdio do partido no qual o candidato é coligado.

Nota de Esclarecimento Capitão Samuel II
Portanto, fica claro que o parlamentar vem atendendo a solicitação de alguns candidatos o que é normal para um deputado enquanto pessoa pública, mas, que declara abertamente a sua vontade e o seu desempenho no que for preciso para que mais uma vez essa luta tenha um final vitorioso para a família militar sergipana.

Visita Presidente da ASSESPRO Nacional
Estará nesta sexta-feira, 03, em Aracaju o presidente da ASSESPRO Nacional (www.assespro.org.br), Sr. Luís Mário Luchetta, que está vindo a Aracaju para visitar a ASSESPRO-SE e conhecer os projetos em andamento para o setor de TI. No início da manhã será recepcionado pelo Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Saumíneo Nascimento, juntamente com todos os ex-presidentes da ASSESPRO-SE para discutir ns ações previstas no Plano de Desenvolvimento do Arranjo Produtivo de Tecnologia da Informação da Grande Aracaju.

Relacionamento
Logo após estará no SEBRAE-SE onde terá uma reunião com o diretor técnico, Emanuel Sobral, para estreitar a parceria com a ASSESPRO-SE no projeto do Arranjo Produtivo Local de TI (APL-TI) onde várias ações conjuntas para o fortalecimento das empresas locais estão sendo executadas, tais como: capacitações, workshops, participação em feiras, missões empresariais, etc. O intuito é estreitar ainda mais este relacionamento entre as instituições a fim de podermos avançar ainda mais com novos projetos para o desenvolvimento sustentável das empresas locais com geração de emprego e renda.

Ação Penal 470. Mensalão I
Realizou-se ontem a primeira sessão de julgamento da ação penal 470, mais conhecida como o processo do mensalão. Sob a presidência do ministro Carlos Ayres de Britto, a instalação dos trabalhos ocorreu às 14 horas e 30 minutos. Logo em seguida à abertura, o advogado Márcio Thomaz Bastos argüiu uma questão de ordem, atendida pelo presidente do STF, na qual defendeu o desmembramento do processo, transferindo a maior parte dos réus para julgamento em primeira instância, ficando no Supremo apenas os relativos a três réus, que possuem foro especial, face a prerrogativa garantida pela Constituição Federal.

Ação Penal 470. Mensalão II
Antes de mais nada, portanto, passou-se à discussão e votação da questão de ordem levantada. Após intensos debates sobre a matéria, procedeu-se à votação, cujo resultado apontou a rejeição da questão de ordem apresentada, pelo placar de 9 X 2. Votaram a favor da questão de ordem o ministro Ricardo Levandovski, revisor da ação penal e o ministro Marco Aurélio de Mello. Contra o acolhimento da questão de ordem votaram: O relator Joaquim Barbosa, os ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Antonio Dias Toffoly, Celso de Melo, o decano da Corte, César Peluso, Gilmar Mendes, Carmen Lúcia e o presidente do Supremo Tribunal Federal, o sergipano Carlos Ayres de Britto.

Ação Penal 470. Mensalão III
Em seguida, o ministro Joaquim Barbosa, relator, leu um resumo de seu relatório. Após a leitura do relatório, o presidente Carlos Britto convocou uma sessão extraordinária para hoje, sexta-feira, às 14 horas. Na oportunidade, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel Santos apresentará a peça acusatória, tendo, para tanto, cinco horas para fazê-lo.

Magna Carta
O primeiro documento escrito da história mundial foi assinado pelo rei inglês João I, conhecido também como João Sem-Terra, por ter perdido seus domínios na Normandia, em 1215. O documento impede o soberano inglês de aumentar impostos, assim como de mudar leis sem a aprovação do Grande Conselho – a assembléia de nobres saxões – e assegura aos cidadãos proteção contra arbitrariedades do poder político.

Limita poderes
Em vigor até os dias de hoje, é o primeiro documento escrito da história que limita os poderes da monarquia e fixa os direitos dos vassalos. Nos países em que funciona a democracia, as respectivas constituições são chamadas de Carta Magna, numa referência ao histórico documento assinado em 1215. O chamado Grande Conselho foi o primeiro parlamento de que se tem notícia.

No Brasil
Logo após a Independência, dom Pedro I convoca, em 1823, uma Assembleia Constituinte, mas as divergências com os deputados levam-no a dissolvê-la. Em consequência, um ano depois, portanto em 1824, ele outorga a primeira Constituição do Brasil, que instituiu o Poder Moderador, que era exercido pelo imperador acima dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Legitimidade
Ainda em 1824 as elites de Pernambuco contestam a legitimidade da Constituição imposta pelo imperador, e, com a adesão da Paraíba, do Rio Grande do Norte e do Ceará, formam uma república, a Confederação do Equador. As tropas imperiais atacam e os rebeldes são derrotados.

Dirigentes de Imprensas Oficiais se reúnem na Segrase
A diretoria da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais (Abio) esteve reunida na manhã de ontem, 02, na Empresa Pública de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase) onde foi aprovada a 51ª reunião da Abio, que será realizada em Aracaju, nos dias 12,13 e 14 de setembro deste ano. Na ocasião, eles também discutiram sobre a definição de pauta da Abio para reunião da Rede de Diários e Boletins Oficiais da América (Redboa), além de traçarem metas da entidade para o segundo semestre deste ano.

Presenças
Participaram da reunião o Diretor-presidente da Segrase, Jorge Carvalho do Nascimento, o Diretor industrial Mílton Alves, e os dirigentes das Imprensas Oficiais do Pará, Cláudio Rocha; Rio de Janeiro, Haroldo Zager; Mato Grosso, Luis Vitório; Rio Grande do Sul, Vera Lúcia de Oliveira; Bahia, Luiz Gonzaga; Brasília, Fernando Tolentino, que também é dirigente da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais(Abio),  e Samir Maalouf , secretário geral da Abio.A Abio é uma entidade formada por dirigentes das Imprensas Oficiais de vários estados brasileiros.

Sarau Musical/Entre Amigos-Entretenimento
O Dr. Paulo Vanzolini (autor de Honda) mestre em Zoologia pela Universidade de Harvard compôs em 1962 o samba "Volta por Cima" – Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima – Esse verso ajudou a popularizar a expressão "dar a volta por cima" citada no dicionário Aurélio como ato de superar, resolver uma situação difícil. Foi gravada pelo mineiro Noite Ilustrada sendo um de seus principais sucessos.

Como surgiu Noite Ilustrada
A propósito, este apelido pitoresco foi dado ao cantor (que se chama Mário de Souza Marques), quando ele participava de um show comandado por Zé Trindade, no momento da apresentação o comediante esqueceu seu nome e, vendo-lhe num bolso um exemplar da revista Noite Ilustrada, não se apertou: "E agora com vocês a grande revelação… Noite Ilustrada". Daí em diante o apelido pegou de tal forma que até Denise, mulher do cantor, o chama de "o Noite". Noite Ilustrada (1928 – 2003). Por Ludwig Oliveira. Oferecimento: Postos Presidente. Clique no link:http://www.youtube.com/watch?v=BI8dBBDL0CU

Futebol
Boa notícia para os árbitros, representantes, gandulas e outros funcionários da FSF que prestaram serviço durante o campeonato de 2012. O BANESE já fez o devido repasse à Federação e assim todo mundo vai receber o que estava “pendurado”. A informação foi prestada pelo vice-presidente Milton Dantas. /// Copa Governo de Sergipe apresenta dois jogos amanhã. Às 15,15, no Wellington Elias, em N.Sra, do Socorro – Socorrense X Sergipe e às 16 horas, no Batistão, Confiança X River Plate. /// Milton Dantas, o Miltinho, nega que tenciona concorrer à presidência da Liga do Nordeste. Quanto à FSF, embora não descarte a idéia de concorrer, acha que ainda está muito longe. /// A eleição da FSF será em 2015, daqui a dois anos e meio. Quando isso ocorrer, o atual presidente, Carivaldo de Souza, terá completado 26 anos de mandato. /// O Itabaiana tem uma cartada decisiva, no domingo, no Presidente Médici: vai enfrentar o líder de seu grupo na série D, o CSA, de Maceió. /// Flamengo está interessado em Lyedson. /// LONDRES 2012 – A seleção brasileira masculina de futebol vai enfrentar, amanhã, sábado, a equipe de Honduras, pelas quartas-de-final do torneio olímpico. O jogo será às 13 horas, de Brasília, na cidade de Newcastle, onde o quadro nacional derrotou, na quarta-feira, a Nova Zelândia, por 3 X 0. Público ausente. Análise: A repetição de públicos insignificantes tem sido uma tônica na atual Copa Governo de Sergipe. Lamentavelmente, nem a FSF e nem os clubes promovem alguma coisa para motivar o torcedor. Na última rodada, o público dos dois jogos, somados, não chegou a 600 torcedores. Parece que os clubes estão se contentando em receber apenas a quota do governo do Estado. A inação é total. Desse jeito, não vamos sair nunca desse tremendo buraco, já que o “ranking” da CBF é organizado com base nas arrecadações dos jogos.

Curtas
TF tem sessão extra hoje para dar seguimento aos trabalhos de julgamento da ação penal 470. /// Roberto Gurgel terá cinco horas para apresentar a peça de acusação. /// Procurador-geral da República declarou que não pediu impedimento de Toffoli para não atrasar o processo. /// Tese de Thomaz Bastos levou de goleada no Supremo. /// Atrito entre Joaquim Barbosa e Levandovski esquentou o clima na abertura dos trabalhos. /// Joaquim Barbosa não incluiu Lula como indiciado no caso mensalão. /// Brasil continua decepcionando nas Olimpíadas de Londres. /// Indústria sai do zero mas cresce apenas 0,2 por cento. /// Candidatos em São Paulo participam de primeiro debate na televisão. /// Exame confirma câncer de Roberto Jefferson, que já iniciou sessões de quimioterapia. /// Governador de São Paulo afirma que vai limitar vencimentos de seus secretários. /// Suplente de Demóstenes faz visita a Renan e Sarney.

ARTIGO

Fiasco – Narcizo Machado Filho

Brasil, país da copa do mundo, um fiasco nas olimpíadas. Como um país que, se quer investe nos seus atletas, tem um Ministro do Esporte, que se quer praticou esporte, pode obter vitórias. O fiasco de hoje, será o fiasco de 2014.

País, onde os atletas só pensam em abocanhar salários vultosos, em campo nada apresentam, apenas quando se quer apresentar um bom futebol, o resto é só balada, festa.

Brasil, país onde nas ruas transitam vários pedintes, atrás de algo para comer, país da bolsa família moeda de troca eleitoral, há de se perguntar: O futebol brasileiro suporta pagar salários avantajados, tipo 1,2 (hum milhão e duzentos mil reais) e depois receber 300 mil reais.

Este é o país do futebol, onde os assalariados pagam caro para assistir seu time jogar, vê que os afortunados caminham em campo, fingindo que estão jogando. A de se perguntar mais uma vez: Há craque no Brasil? Craque não perde gols infantis.

O país do futebol, onde o culpado por derrotas é sempre o treinador, precisa refletir e se aperfeiçoar para a prática de um futebol moderno, se não, 2014 será um fiasco.

ARTIGO

Programação mental a respeito do dinheiro –  Robson C. de Menezes

Sua mente programa seus sonhos + ações = resultados.

Hoje iniciarei esse tópico, lhes perguntando quais frases mais comuns você ouvia quando criança ou ainda ouvi frequentemente, mesmo depois de adulto a respeito de dinheiro.

O mais comum que me digam é: Você acha que dinheiro é tudo!

O dinheiro é a fonte de todo o mal, os ricos são gananciosos, a maioria dos ricos são ladrões, rico é corrupto, não se pode ser rico e espiritualizado ao mesmo tempo, os ricos cada vez mais ricos, e os pobres cada vez mais pobres, nem todo mundo pode ser rico…
E por ai vai.

Ai estar o problema. Sua programação verbal, a respeito de frases sobre o dinheiro, riqueza e pessoas muito bem sucedidas não foram favoráveis ao seu condicionamento para buscar o sucesso.

Se você imaginar que tudo pra você é ruim, ou nunca vai poder fazer algo do tipo, você estar se alto programando para ser um fracasso em tudo que você fizer.

O condicionamento é poderoso, pois lhe enviará para seu subconsciente, a mensagem da qual você precisa acima de tudo acreditar. Ou seja, serei o não aquilo que eu quero.

Se você acredita que os ricos são gananciosos ou tudo aquilo que eu citei acima, não preciso ser um Einstein para perceber que suas chances de ficar rico, são quase zero.

Porque não há como você se adaptar a um mundo em que você nem acredita. Porém se você me diz: Não é bem assim, os ricos não são tão gananciosos como dizem, há aqueles corruptos, sim, isso é fato. Mas a maioria das pessoas fala mal dos ricos, porque não tem, ou melhor, não se dão a chance de ser um.

Vamos entender melhor: se você acredita que “os ricos lucram do suor dos pobres”, “são ruins”… Seu subconsciente não lhe deixa ser mau, lucrar pelo suor dos outros, ser ruim, ganancioso, e outros fatores que você acredita. Com isso seu subconsciente não lhe deixa ser rico.
Diga-me agora: entre ser rico e ter a aprovação da mãe sobre tal assunto. Estudos comprovam que a mente humana haja mais pelas emoções e não pela lógica.

É claro que dinheiro parece ser a escolha lógica. Mas quando o subconsciente tem que optar entre a lógica e as emoções profundamente enraizadas, as emoções quase sempre vence.

Somos trabalhados para isso desde crianças, a não desobedecer nossos pais, fazer o que eles querem, ouvir o que eles dizem, seguir a carreira deles, imita-los em tudo o que fazem, e outros mais.

Vou lhes trazer um exemplo fácil de ser entendido e prático:
Certa criança foi condicionada e programada desde criança a ver os ricos como algo ruim. Ela terá uma dificuldade se ser rica, caso não mude seus conceitos sobre dinheiro e as pessoas ricas. Essa criança cresceu e ficou rica, mudou seus hábitos sobre dinheiro, depois de muitos esforços almejou o sucesso. Para não frustra sua mãe, ela investiu em uma casa na praia, aonde sua mãe vai todos os anos no verão. Será que ela achou ruim! Ela não economiza elogios ao filho pela sua generosidade.

O correto é mudar nossa conscientização, se ignoramos essa existência, pra que deixarmos esses pensamentos na mente.

Outro fator importante é o entendimento do seu modelo de pensar, suas crenças, no que você realmente acredita.

Meus amigos vejam o quem você é hoje, e onde quer estar amanhã, com isso reformule seus pensamentos e programe-se mentalmente a respeito de dinheiro e pessoas ricas.

Sucesso a todos.

Twitter: gestor_robson
Facebook: http://robsonmenezes_gestor@hotmail.com

Blog no twitter:http://www.twitter.com/BlogClaudioNun 

Frases do Dia
“Como bufão disposto a divertir as massas populares quando elas deveriam ficar mais atentas”. Genolino Amado, escritor, professor e jornalista, imortal da ABL, nasceu em 3 de agosto de 1902 em Itaporanga, irmão de Gilberto Amado e primo de Jorge Amado.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários