ADEMA e MP discutem alternativas para poluição

0

O diretor-presidente do ADEMA, Edinaldo Batista, estará reunido nesta terça-feira, 15, às 9h, com o promotor de justiça do Meio Ambiente, Sandro Luiz da Costa para discutir as alternativas energéticas para as panificações de Sergipe.

O filtro utilizado pelas 350 padarias de Aracaju vem comprometendo a qualidade do ar e simultaneamente à saúde da população. Já foram feitas denúncias formalizadas no órgão ambiental em processo de apuração,além de queixas de  moradores que convivem diariamente com a  fuligem deixada no ar pela queima da lenha e dos restos de matérias de construção civil das panificadoras.

Outros Estados, a exemplo de Pernambuco, já trabalham com  filtro à gás natural  em padarias. Em Aracaju, diversas empresas como Senai, Sebrae, Sergás,trouxeram ao auditório do ADEMA na manhã do dia 02 de agosto, projetos de instalação do filtro a gás natural e serão apresentados nesta audiência.

Segundo o diretor de fiscalização do ADEMA, Carlos Leão, uma das competências da Adema é o licenciamento das atividades poluidoras, como também, aplicar as penalidades cabíveis ao combate à degradação ambiental.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais