Após manifestação, estudantes se reúnem com Seed

0

Estudantes fazem manifestação na Seed
Estudantes do ensino médio da rede estadual estão em reunião com o secretário de Estado da Educação, José Fernandes de Lima. Eles realizaram uma manifestação na Seed na manhã desta quinta-feira, 21, para pedir melhorias nos prédios das escolas e maior participação dos estudantes na gestão escolar.

 

O secretário estava se dirigindo à Escola Estadual Nilson Socorro, no município de Nossa Senhora do Socorro, quando soube da manifestação e retornou para conversar com os membros da União Sergipana dos Estudantes Secudaristas (Uses). Além de reformas nos colégios, os alunos pedem o afastamento em todos os envolvidos no suposto superfaturamento da merenda escolar, direito à participação no Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e implantação

Fotos mostram situação do IERB
plena da Gestão Democrática.

 

De acordo com Fernandes Lima, existem 96 reformas que estão em processo de licitação. Ele argumenta que a equipe de manutenção da Seed só pode executar reformas de até R$ 15 mil e os processos de licitação para reformas maiores são demorados. “É normal que os alunos estejam impacientes, eu também já estou impaciente”, disse.

 

Relatório

 

Os estudantes aproveitaram a oportunidade para entregar um relatório feito por eles ao secretário. No documento, um pequeno relato, reivindicações e fotos de escolas da Grande Aracaju, consideradas por eles em pior estado. O vice-presidente da Uses, Aby Gustão, conta que a precariedade dos prédios não oferece possibilidade de volta às aulas. “O ano letivo não pode começar com as escolas desse jeito”, acredita.

José Fernandes Lima
 

O próprio secretário aponta que seria necessário que se fizessem reformas de 80 escolas por ano, para manter a integridade dos 400 prédios. Quanto às outras reivindicações, Fernandes Lima afirma que o projeto de Gestão Democrática já está preparado e que acha realmente importante que a Uses tenha uma cadeira no CAE.

 

Por Gabriela Amorim

Comentários