Após matar esposa vereador é linchado

0

Um crime bárbaro de violência tirou a vida de Ivanilde de Souza. A pedagoga foi assassinada com dois golpes de faca, na cidade de Santa Rosa de Lima, distante 49 km de Aracaju. O principal acusado de ter matado Ivanilde é o esposo da vítima, identificado como Roberto Bispo dos Santos, conhecido como Roberto Galo.

De acordo com a polícia, o ex-vereador foi preso em flagrante na madrugada do último domingo, 9, durante uma micareta. De acordo com o delegado Leogenes Correia, o crime foi passional e teve como motivação um suposto romance extraconjugal da esposa. “Ele premeditou o crime porque nesse dia Roberto andou com um canivete o tempo todo”, explicou o delegado.

Um professor que tentou impedir o crime também foi cortado pelo acusado, mas passa bem. A vítima recebeu dois golpes, sendo um no pescoço e outro na barriga. A vítima trabalhava na Secretaria da Educação de Santa Rosa de Lima.

Linchado

Ao presenciar o crime a população ficou revoltada e de acordo com o delegado por pouco ele não foi assassinado. “Ele só não morreu porque foi conduzido por policiais para a delegacia”, disse o delegado.

Inquérito

O acusado permanece preso na delegacia de Santa Rosa de Lima. De acordo com o delegado da Delegacia de Riachuelo, Fábio Kano, que será responsável pelo inquérito, o ex-vereador será transferido para outra delegacia.

Tentativa de homicídio

Em 2007 o então vereador Roberto Galo foi acusado de tentar matar no dia 30 de outubro um jovem que havia discutido com seu enteado de 17 anos.

Violência crescente

Infelizmente essa não foi a única ocorrência de violência contra a mulher. No último sábado,8, no povoado Cacheira, cidade de Estância, uma mulher foi assassinada a golpes de facão.  A violência contra a mulher já foi abordada em reportagem do Portal Infonet. A matéria publicada no dia 12 do mês passado mostra a violência de companheiros e incentiva a denúncia.   

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais