BNB reúne gestores para discutir políticas de desenvolvimento territorial

0

Saumíneo Nascimento e Pedro Lapa
O diretor de Gestão de Desenvolvimento do Banco do Nordeste (BNB), Pedro Lapa, o superintendente do BNB em Sergipe, Saumíneo Nascimento, coordenadores, gerentes, agentes e membros da equipe técnica reuniram-se ontem, 10, com o intuito de discutir a política de Desenvolvimento Territorial (DT) do BNB em Sergipe. A reunião aconteceu durante todo o dia na sede do BNB.

 

O encontro, que é realizado em todos os Estados nordestinos, teve como objetivo discutir e orientar agentes sobre as prioridades do trabalho de DT desenvolvidos pelo BNB. Esses trabalhos, segundo conta a gerente de DT, Leonídia França, consistem em identificar grupos produtivos nos Estados e estruturar atividades econômicas relevantes, gerando emprego e renda.

 

Em Sergipe, destacam-se atividades realizadas em São Domingos, Nossa Senhora das Dores, Aquidabã, bem como em Boquim, Itabaianinha, Estância, Capela, Propriá, Itabaiana, Simão Dias, Aracaju, Lagarto e Canindé, nas áreas de produção de mandioca, abacaxi e milho, citricultura, rizicultura, olericultura, ovinocaprinocultura, bovinocultura de corte e de leite, cerâmica vermelha e turismo.


Recentemente Sergipe destacou-se por ter apresentado o segundo melhor desempenho nordestino no Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf), desenvolvido pelo BNB. Até o final de julho foram financiados R$ 64 milhões em mais de 29 mil operações. “A ação do banco não se restringe em oferecer crédito somente, mas condições que venham promover transformações”, explicou Lapa, sobre a política de financiamento da instituição.

 

O Estado também se destaca, nos programas executados pelo BNB, por possuir um dos menores índices de inadimplência em toda a Região Nordeste.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais