Boatos já falam no vice de João Alves

0

Sabe-se que a política tem um componente de futricas muito grande, principalmente nas proximidades de uma eleição. Antigamente, usava-se "pombo-correio" – pessoas que se dispunham a espalhar um boato pela cidade – para saber a reação da opinião pública aos acordos que estavam em desenvolvimento nos ambientes fechados. A prática pode ser antiga, mas ainda está em uso. Ontem, por exemplo, as vivandeiras anunciavam que o pré-candidato do PFL, João Alves Filho, já teria acertado com o PMDB dissidente o nome do candidato a vice-governador na sua chapa. Este seria o atual vice-governador, Benedito Figueiredo. Não chega a ser uma novidade cem por cento: há algumas semanas foi anunciado, nesse mesmo noticiário, esta possibilidade, diante do fato de que alguns peemedebistas históricos não estariam dispostos a fechar uma chapa com o PSDB. Agora o boato volta à cena como se fosse uma verdade. É esperar para ver o que acontece…

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais