Cabo preso pode ser expulso da PM

0

O cabo da PM, William Alves dos Santos, que foi preso no último final de semana acusado de suposta participação em estelionato, quando fazia compras em uma loja de departamento em um shopping localizado na zona sul, pode ser expulso da corporação. O PM que estava na companhia da esposa, foi preso portando vários cartões de crédito, contracheques falsificados e carteira da PM.

De acordo com o assessor da Polícia Militar, capitão Marcos Carvalho, o cabo será submetido ao conselho de disciplina, onde se condenado pode ser expulso da corporação. “Hoje ou amanhã o conselho estará reunido para verificar se o militar permanece ou não na corporação. Ele já responde a um processo semelhante o que o torna reincidente”, esclarece.

Falsificação

A mulher do cabo, Shirley Oliveira, que também foi presa estava portando uma carteira falsa da PM, o que levantou dúvidas sobre a facilidade de clonagem da identificação da polícia. “Essa já é uma situação observada há muito tempo, mas o que para a sociedade pode parecer de fácil falsificação não é. O PM sabe identificar de imediato se a carteira é falsa ou não, pois a identificação possui elementos que identificam. Mas estamos estudando uma mudança para verificar qual o melhor material para a confecção”, diz o capitão Marcos.

Shirley Oliveira permanece presa na 4ª Delegacia Metropolitana, localizada no conjunto Augusto Franco. O caso será investigado pela Delegacia de Defraudações e Combate à Pirataria.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais