Ciclistas fazem ato para cobrar segurança e respeito no trânsito

0

Ciclistas de Aracaju realizaram final da tarde desta terça-feira, 21, nos Arcos da Orla de Atalaia, um ato para cobrar segurança e respeito no trânsito. O ato foi motivado pela morte do ciclista André Rodrigues Espinola, vítima de acidente na avenida Inácio Barbosa, nas proximidades do Banho Doce.

Os ciclistas estavam de máscaras e usavam balões brancos nas bicicletas em sinal de paz. Na concentração, nos Arcos da Orla de Atalaia, eles fizeram uma oração. Logo depois, seguiram em fila única até o local do acidente, onde fizeram um minuto de silêncio. O retorno aos Arcos da Orla marcou o encerramento do ato.

Um dos organizadores do evento, Felipe Dantas, explica que o ato chama atenção para a necessidade de respeito entre motoristas, motociclistas e ciclistas. “Para que fatos lamentáveis como esse acidente não voltem a acontecer, é preciso respeito entre motoristas, motociclistas e ciclistas. As pessoas devem respeita o limite de distância do ciclista e entender que se ele está se arriscando em alguma via é porque a ciclovia não oferece boas condições. Muitas vezes elas são em número reduzido e não passam por manutenções, tem buracos ou faltam subidas e rampas”, explica.

Felipe também cobra respeito aos ciclistas de alta performance que treinam em nosso estado. “Nosso estado tem muitos ciclistas de alta performance (inclusive campeões pan-americanos, brasileiros  nordestinos), que não têm local para treinar e precisam se arriscar em vias menos movimentadas, utilizando horários alternativos. É preciso que as pessoas evitem xingamentos e entendam que eles estão naqueles locais porque não há como treinar em ciclovias, já que as bicicletas durante o treino chegam a atingir 35 km/h”, destaca.

Acidente

O acidente que vitimou André Rodrigues Espinola ocorreu na noite da última segunda-feira, 20. Um carro atingiu outro veículo, que capotou várias vezes,  e atingiu o ciclista, que veio a óbito. O condutor do veículo que provocou o acidente fez o teste do etilômetro, que apontou teor alcoólico muito acima do que é permitido por lei. Ele foi preso em flagrante e após audiência de custódia, está preso preventivamente.

Por Verlane Estácio

Fotos: Arthur Soares

Comentários