Comerciantes protestam contra violência

0

Embora o secretário de Segurança Pública, Luiz Mendonça, negue, a verdade é que a violência aumenta no Estado. Ontem, os comerciantes do conjunto Augusto Franco, em sinal de protesto pelos constantes assaltos a lojas da área, fecharam as portas por uma hora. Os comerciantes reclamam dos inúmeros assaltos e da falta de atenção da polícia.

 

Um depósito de material de construção disse já ter sido assaltado três vezes em menos de um ano, mas nem por isso a Polícia apareceu por lá. Da última vez, houve até tiros disparados pelos ladrões. Uma outra loja foi assaltada na semana passada, e, ao final do assalto, o ladrão, que usava uma moto para fugir, atirou em direção a loja, ferindo uma garota de oito anos. Esta, felizmente, passa bem.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais