Comerciários entregarão à Fecomércio pauta de reivindicações

0

Ronildo Almeida
A Federação dos Empregados no Comercio e Serviços do Estado de Sergipe (Fecomse) entregará nesta sexta-feira, 25, à Federação do Comércio de Sergipe (Fecomércio) a pauta de reivindicações da categoria para a campanha salarial 2011, que tem como principais itens 100% do INPC (referente a 1º de maio de 2010 a 30 de abril de 2011) e 10 % a título de aumento real.  “Tendo em vista que a data base da categoria é maio, esperamos fechar o acordo coletivo de trabalho durante o mês de abril”, afirma o presidente da Federação, Ronildo Almeida.

Além de melhor remuneração, a categoria quer mais qualidade de vida. Entre as cláusulas sociais os comerciários reivindicam jornada de trabalho não superior a 40 horas semanais; garantia de emprego por 90 dias após o retorno das férias do empregado e compatibilidade de horário para o comerciário estudante – a federação quer assegurar o direito à Educação àqueles trabalhadores que querem estudar.

A pauta de reivindicações foi aprovada durante assembléia geral, realizada em19 de março, e contou com a participação dos diversos sindicatos que representam os trabalhadores do comércio em Sergipe. Durante a reunião ficou decidido que a Fecomse representará a categoria nas negociações. “Os trabalhadores ratificaram a importância de a Federação coordenar o processo de negociação. É um ato importante para a unidade da luta das entidades sindicais”, avalia Ronildo.

O presidente da Fecomse elogiou a participação dos comerciários no processo de discussão e debate dos itens da pauta durante as assembléias. “A pauta é resultado de um processo de consulta, do qual os trabalhadores participaram ativamente da elaboração e aprovação do documento”, disse. Com a entrega da pauta de reivindicação à Fecomercio, a campanha salarial dos comerciários entra na fase de mobilização.

Ronildo Almeida entende que o setor patronal não terá dificuldades em atender às reivindicações dos comerciários porque o setor continua vivendo um momento de crescimento, conforme mostram as pesquisas já divulgadas.  “Nossa expectativa é de realizar uma boa negociação, com índice de reajuste salarial, aumento real representativo e questões sociais”.

Fonte: Ascom Fecomse

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais