Comércio de fogos está proibido em Aracaju no período junino

0
Comércio neste ano está proibido por causa da Covid-19 (Foto: arquivo Portal Infonet)

Em reunião para alinhar a fiscalização durante o período junino, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Procon de Aracaju, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros traçaram estratégias para intensificar as ações contra o comércio de fogos de artifício, uso de fogueiras e materiais semelhantes que descumpram as recomendações previstas em decretos para combater a Covid-19.

A preocupação é que fogos e fogueiras, por exemplo, aumentem o número de pessoas que precisem de atendimento médico nas unidades de saúde, seja por crises respiratórias, provocadas pelas fumaças, ou até por queimaduras, que exigiria leitos e insumos médicos – recursos essenciais para as vítimas da Covid-19.

De acordo com a Prefeitura e o Corpo de Bombeiros, nenhum comerciante está autorizado a vender fogos nesse período junino, sujeito a advertências, apreensão do material e sanções administrativas. O trabalho intensificado deve se estender nos próximos dois dias, com monitoramento até o final do mês.

Por Ícaro Novaes

Comentários