Conselho da Pessoa com Deficiência empossa presidente e lança selo

0
A solenidade está marcada para acontecer às 16h, no auditório do Tribunal de Justiça de Sergipe (Foto: divulgação)

Nesta sexta-feira, 12 de julho, o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Sergipe (CePcD) empossa o seu novo presidente, Antônio Luiz dos Santos, e lança o Selo de Acessibilidade Sergipano (SAS). A solenidade está marcada para acontecer às 16h, no auditório do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE).

O Selo de Acessibilidade Sergipano tem o intuito de promover o reconhecimento dos estabelecimentos e serviços acessíveis às cerca de 500 mil pessoas que possuem algum tipo de deficiência em Sergipe. Está sendo lançado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência com apoio do governo de Sergipe, através da Vice-Governadoria e da secretaria de Estado da Inclusão Social, Assistência Social e do Trabalho (Seit); da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE); do Ministério Público do Trabalho (MPT/SE); do Ministério Público Estadual (MP/SE) e do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE).

De acordo com Antônio Luiz, os selos serão divididos na gradação bronze, prata e ouro, obedecendo à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). “Se o estabelecimento oferecer acessibilidade de rampas e banheiro adaptado, ele recebe o Selo Bronze. Se, além disso, ele disponibilizar cardápio em braile, ele já ganha o Selo Prata. Mas se ele for além, e também tiver um garçom que fale em Libras (Lingua Brasileira de Sinais) e cumpra a Lei no que se refere à cota de vagas de emprego para pessoas com deficiência, Selo Ouro”, explicou.

Ainda segundo ele, o Selo quer demonstrar para estabelecimentos comerciais e consumidores que a pessoa com deficiência também é cliente. “E se é cliente, eles precisam fazer o possível para trazer esse cliente para o seu negócio. Da mesma forma, se o cidadão que é sensível à causa enxergar um estabelecimento com Selo Ouro de Acessibilidade, com certeza vai querer entrar. Então é positivo para todo mundo”, concluiu Antônio Luis, que será empossado nesta sexta-feira, como presidente do CEDPcD.

Para a secretária de Estado da Inclusão Social, Lêda Couto, o lançamento do Selo tem grande importância no fomento às formas de inclusão social para pessoas com deficiência em Sergipe. “Nós fizemos questão de nos somar ao Conselho, não só pela importância que damos ao controle social, mas também por perceber a relevância da implementação do Selo, para incentivar a ampliação do número de estabelecimentos – comerciais ou não – que estão, de fato, preparados para receber e bem atender as pessoas com deficiência do nosso Estado”, concluiu a secretária.

 

Fonte: ASN 

Comentários