Dataprev entra em greve e Serpro paralisa por 24h

0

Os funcionários da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev/SE) entram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, 6. Esta decisão aconteceu em assembléia que aconteceu ontem, 5, com a categoria.

De acordo com Maria da Conceição Torres Branco, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da empresa de Processamento de Dados, Informática e Similares do Estado de Sergipe (Sindpd), a classe está reivindicando o índice de inflação anual de 3,63% mais os 45% de reposição salarial que atendem as perdas históricas. “Além do índice de reajuste a categoria também está solicitando reajuste de vale alimentação”, diz.

A sindicalista informa que a Dataprev de 17 estados já aderiram a greve e que até o momento as discussões nacionais não avançaram.

Serpro
Os funcionários do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro/SE) estarão realizando uma paralisação de advertência de 24h nesta terça-feira, 6. Eles reivindicam índice de inflação anual de 3,63% mais os 35% de reposição salarial que atendem as perdas históricas.

Para informar a população sobre os problemas enfrentados pela categoria a classe fez panfletagem no calçadão da João Pessoa e na frente da Receita Federal na tarde de ontem, 5. A perspectiva é de que, caso a paralisação de advertência não surta o efeito esperado, eles acompanharão o movimento nacional, que já deflagrou greve na maioria dos estados.


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais