Deputado critica corte de ponto dos professores

0

Os professores da rede estadual de ensino, que resolveram retornar a greve, já têm o apoio declarado do deputado federal João Fontes (sem partido). O parlamentar informou que, ainda essa semana, deve usar a tribuna da Câmara em defesa da categoria. Para Fontes, o fato do Governo do Estado ter cortado, em 50%, o salário dos professores atrapalhou as negociações entre professores e Secretaria de Educação. “Essa medida só contribui para irritar ainda mais os professores que lutam, justamente, por uma melhoria salarial. Não se pode admitir que uma categoria, com um papel tão importante, tenha um piso salarial de R$ 197,00”, diz. O deputado também deve usar a tribuna para criticar a forma indiscriminada como os salários, segundo ele, foram cortados. “Entre aqueles que receberam seus vencimentos pela metade estão professores aposentados, de licença e até funcionários administrativos que não deflagraram greve. Isso mostra que não há um controle sobre o quadro de pessoal da Secretaria”, avalia. Fontes diz que espera que professores e governo cheguem a um consenso para que o grande prejudicado não seja o aluno da rede pública.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais