DER indeniza moradores de área de preservação na Euclides Figueiredo

0

As indenizações referentes às residências localizadas em uma área de preservação ambiental na Avenida Euclides Figueiredo, no bairro Industrial, estão sendo pagas pelo Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER). Os proprietários de 42 imóveis foram beneficiados com as indenizações e, deste total, 41 já tiveram suas casas já demolidas.

A moradora Maria Claudina Gomes da Silva ficou satisfeita com a agilidade do pagamento. “Esperava que fosse demorar mais um pouco para o recebimento da indenização”, disse. Os acordos foram feitos entre os proprietários das casas, individualmente, com a Divisão de Indenização do DER, responsável pelas avaliações que atendem as normas determinadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Segundo o presidente da Comissão de Avaliações do órgão, Djenal Alves, os valores pagos pelos imóveis variam de acordo com a área das edificações (área construída) e as benfeitorias, a exemplo de plantio de árvores frutíferas. “Essa é uma prática comum realizada pelo órgão. Sempre que há necessidade de desapropriar um imóvel, é iniciado todo um processo de avaliação do bem, que depois culmina com o pagamento de indenização”, informou Djenal.

Para atender o processo de indenização, o Governo do Estado efetuou o pagamento de R$ 1.110.348,51. Com a retirada das casas, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), por meio do DER, deverá concluir as obras de melhorias para desafogar o trânsito no local e oferecer maior segurança aos usuários da via.

“Devido ao serviço de melhoramento na avenida, com a implantação de ciclovia, tornou-se necessário indenizar os moradores dos imóveis localizados às margens do Morro do Urubu”, ressaltou o gerente de obras do DER, Francisco Nascimento Filho.

Fonte: DER/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais