Desipe investiga fuga no presídio de São Cristovão

0

O delegado Abelardo Inácio, diretor do Departamento do Sistema Penitenciário em Sergipe – Desipe/SE -, determinou a apuração da fuga que ocorreu às 14 horas de ontem, dia 26, no Complexo Penitenciário Carvalho Neto, em São Cristovão. As primeiras informações dizem que cerca de 17 presos escaparam do pavilhão dois, e até às 18 horas, cinco deles já haviam sido recapturados.

Um dos fugitivos, Paulo Marques da Cruz, morreu durante a perseguição. Os demais estão sendo procurados pela polícia e pela equipe do Serviço de Inteligência da Secretaria de Justiça – Cispen. Abelardo explicou que serão abertos um inquérito policial militar, já que a guarda externa é composta por policiais militares, e um inquérito administrativo, que apontará os servidores responsáveis pela fuga.

As primeiras informações colhidas pelo diretor do Desipe, que esteve no Presídio de São Cristóvão assim que foi informado do fato, dão conta de que falhas de engenharia na construção da cadeia, possibilitaram a fuga. Segundo o mesmo, problemas na estrutura física da cadeia já foram solucionados no pavilhão III, com recursos do próprio Governo do Estado. As demais falhas necessitam de recursos oriundos do Ministério da Justiça para a execução das obras.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais