Estelionatário clonava políticos com dados de sites de consulta

0
Delegado Aldo Amorim apresenta os detalhes da investigação. (Foto: Portal Infonet)

A Polícia Federal (PF) detalhou na manhã desta terça-feira, 24, as investigações que culminaram na prisão de um jovem de 26 anos acusado de estelionato contra autoridades políticas. O assunto foi tratado em coletiva de imprensa realizada na sede da PF, onde o delegado Aldo Flávio Amorim informou que o acusado lesou cerca de 20 políticos, entre vice-governadores, deputados e senadores de Sergipe e de outros estados.

As investigações se iniciaram a partir da apuração das fraudes por parte da Caixa Econômica Federal, que buscou a Polícia Federal para dar prosseguimento à investigação. Aldo Amorim argumentou que o acusado atuava há pelo menos 5 anos, com o uso de dados das autoridades em sites de consulta. “Essas pessoas possuem dados facilmente localizados em sites de busca e o acusado utilizava os dados qualificativos desses senadores e deputados. Ele se passava pelo titular do cartão, que era a autoridade politicamente exposta, e obtinha, junto às operadoras de cartão de crédito, os cartões de dependentes”, explicou o delegado.

Conforme o delegado, ele respondia a outros processos e possuía uma acusação de invasão à residência de um, à época, senador sergipano. “Nessa invasão, ele levava pessoas ao apartamento do senador, que é de alto padrão. Na época ele foi surpreendido depois de uma semana em que, segundo ele, estava utilizando o local somente para diversão, para tomar banho de piscina”, detalhou.

Aldo Amorim explicou que o acusado será indiciado por furto qualificado e ainda esclareceu que não há expectativa de divulgação do cálculo dos prejuízos causados. “No momento não temos previsão de valores envolvidos no prejuízo porque são muitas vítimas e nós aguardamos ainda a resposta das instituições financeiras”, concluiu.

por Daniel Rezende

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais