Família de jovem assassinada aguarda liberação do corpo

0
Sandy Evina Alves, 17 anos, foi morta a tiros (Foto: arquivopessoal/facebook)

Familiares de Sandy Evina Alves do Nascimento, 17 anos, estão no Insituto Médico Legal (IML) à espera da liberação do corpo para o sepultamento. Bastante abalada, a técnica de enfermagem, Elenilde Goês Alves, que é a mãe de Sandy, esteve no IML na tarde desta sexta-feira, 24.

A jovem estava na residência de uma amiga quando foi surpreendida pelo ex-namorado conhecido como “Ercinho”. “Ela estava na casa de minha sobrinha e ele chamou. Ela que não queria ir, mas ele puxou ela e começou a agredi-la. Depois sacou a arma e fez o disparo”, conta a tia da amiga de Sanny que estava no IML junto com a mãe e Eliane Goes, tia da jovem.

A mãe de Éviila, Elenilde Goês Alves, diz que não consegue entender os motivos do crime, já que jovem não estava namorando o suspeito. “Ela era filha única. Ela acabou o namoro há um ano porque eu soube que ele a maltratava, por isso, eu fiz ela acabar. Quando eu falava dele, ela se fechava e não falava nada comigo. Agora, ela estava vivendo. Só eu sei a dor que eu estou sentindo e não tem ninguém que traga a minha filha de volta”, conta a mãe aos prantos.

Polícia

Segundo a polícia, o suspeito de ter cometido o crime foi identificado como 'Ercinho', que seria filho de um policial. A arma utilizada por ele seria do próprio pai.

A polícia do município de Laranjeiras já está em diligência atrás do suspeito e trabalha com a hipótese do crime ter sido passional.

*A matéria foi alterada às 09h48 do dia 27 para acréscimo do nome da vítima

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais