Fórum reúne presidentes de Creas do Nordeste em Sergipe nesta sexta

0
“Algumas mudanças nas licitações não prezam pela qualidade e segurança”, disse o presidente do CREA-SE, Jorge Roberto Silveira. (Foto: Ascom/CREA-SE)

A nova Lei de Licitações e o Impacto na Engenharia estarão nos assuntos da pauta da 5ª Reunião do Fórum de Presidentes dos Creas Nordeste que acontece a partir das 9horas desta sexta-feira, 24, na sede do Crea-SE, em Aracaju.

A reunião terá a participação, de forma virtual, do Superintendente de Integração do Sistema Confea/Crea, o engenheiro civil, Osmar Barros Júnior, que no evento representará o presidente do Confea, Joel Krüger.

O andamento dos estudos relacionados à Resolução 1121 que dispõe sobre o registro de pessoas jurídicas, de direito público e privado, no Sistema Confea/Crea também faz parte da pauta da reunião. De acordo com o presidente do Crea-SE, engenheiro civil Jorge Roberto Silveira, a Resolução redefine a possibilidade do profissional pertencer ao quadro técnico de várias empresas.

“Hoje com base na Resolução 336, o profissional é responsável tecnicamente pela empresa, o que é um equívoco. Na verdade ele deve ser somente responsável tecnicamente pelas atividades da empresa, o que lhe permite atuar em várias, cabendo a ele, de forma ética, avaliar sua capacidade de gerir suas tarefas”, explica o presidente.

Em relação à nova Lei de Licitações, promulgada em abril de 2021, a qual cria um novo marco legal para a realização das licitações e contratações públicas, o presidente do Crea-SE afirma que o dispositivo legal divide opiniões uma vez que, com 194 artigos, prevê mudanças nas licitações que nem sempre prezam pela qualidade e segurança. “Entendo que essa nova lei atinge negativamente a engenharia e o setor da construção civil como um todo, na medida em que obriga que sejam feitas licitações com a utilização de lances sucessivos de forma aberta (pregão)”, afirma.

Fonte: Ascom CREA/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais