Frei Miguel completa 75 anos de sacerdócio

0

Frei Miguel: “Ainda não perdi o equilíbrio mental”
Fiéis e representantes da Igreja São Judas Tadeu, localizada no bairro América, estão em festa por conta das comemorações alusivas aos 75 anos de sacerdócio de Frei Miguel de Cíngoli. Uma missa festiva será celebrada na próxima quarta-feira, 29, a partir das 19h30. Frei Miguel completa 101 anos no dia 30 de outubro, mas continua celebrando as tradicionais missas das 6h. E como bem diz na sua simplicidade, “Deus é quem sabe tudo”.

Apesar da idade e de ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC), Frei Miguel não deixa de ouvir as pessoas no confessionário da Igreja dos Capuchinhos, sempre com frases de fé e conforto. ‘Deus vai lhe ajudar’ ou ‘Deus é quem sabe tudo’. Quanto às celebrações das missas, inclusive aos domingos, ele afirmou à reportagem do Portal Infonet: “ainda não perdi o equilíbrio mental”.

Frei Miguel nasceu na cidade italiana de Cíngoli, tendo recebido o nome de Serafim Césare, mas ao ser ordenado em 1934, recebeu o nome de Frei Miguelângelo de Cíngole, após ter concluído os estudos no Seminário dos Frades Menores Capuchinhos da Província das Marcas de Ancona.

Anjo protetor

Em 1936 chegou à Bahia e de lá veio para Aracaju, tendo sido vigário nos municípios de Maruim, Santo Amaro, Rosário do Catete e General Maynard. Mas é na comunidade do bairro América em que Frei Miguel é considerado o pai, protetor, conselheiro, o que acode os mais necessitados, os aflitos, os doentes. Ele já não vai até às residências e aos hospitais levar suas palavras de conforto, mas continua agindo como um anjo protetor, abençoando e acolhendo a todos na Igreja dos Capuchinhos.

Aniversário

Frei Miguel completa 101 anos no próximo dia 30 de outubro e com o bom humor e simplicidade de sempre, diz já estar chegando a hora de partir. “Todos os meus irmãos morreram com pouco mais de 80 anos e somente eu estou ainda aqui. Já está na hora de ir embora também. Já vou fazer 101 anos. Só tenho a agradecer a Deus e aos sergipanos que me acolheram por todos esses anos”, ressalta demonstrando bom humor.

Após as comemorações dos 75 anos de sacerdócio de Frei Miguel, quando será celebrada uma missa festiva a partir das 19h30 desta quarta-feira, 29 na Igreja dos Capuchinhos, seguida de coquetel para todos os fiéis, a paróquia começa a se preparar para comemorar os 101 anos do religioso.

Por Aldaci de Souza

Comentários