Grávida é espancada pelo marido que termina preso

0
Caso foi registrado na Delegacia Plantonista (Foto: Arquivo /Portal Infonet)

A Delegacia Plantonista registrou nas últimas horas, dois casos de violência doméstica. Um dos casos foi de uma mulher grávida de três meses que foi espancada pelo marido. De acordo com relatos que constam em depoimento na delegacia, a mulher, que não teve o nome divulgado, convive com o agressor há seis meses.

A vítima contou que o homem é ciumento e agressivo e que na madrugada de hoje o companheiro estava consumindo bebida alcoólica quando em meio a uma discursão seguida de espancamento.  A vítima afirma que o companheiro apertou seu pescoço e bateu a cabeça no chão. O caso ocorreu no município de Barra dos Coqueiros.

No momento da agressão, a vítima disse que gritou por socorro sendo a ocorrência atendida por policiais que chegaram a presenciar o marido jogando objetos contra a mulher.

Sobre a relação, a mulher disse que não é a primeira vez que é vítima de agressão por parte do marido e que em uma das ocasiões tentou se separar pedindo que o homem deixasse a casa, mas ele se recusou a deixar o lar.

Os policiais militares conduziram o agressor a Delegacia Plantonista. Ele foi autuado em flagrante por violência doméstica e lesão corporal. Na delegacia, foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 1448 que não foi paga.

Violência

Os casos de violência têm sido registrado com frequência no Estado de Sergipe. Uma estudante de direito denunciou o ex-namorado por espancamento em uma festa. O caso é investigado pelo Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). O rapaz já recebeu notificação de medida protetiva, que o proíbe de se aproximar, por uma distância de 200 metros, e de ter contato com a vítima.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais