Henry Clay tenta impedir audiência pública

0

O presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Sergipe, Henri Clay Andrade, disse que irá ingressar na próxima segunda-feira, 17, com ação civil pública para contestar a proposta de transposição do rio São Francisco, feita pelo governo Federal. O objetivo do presidente é evitar o início das obras, previsto para fevereiro

 

De acordo com a OAB-SE, o ajuizamento da ação independe das decisões da Frente Nacional em Defesa do Rio São Francisco, instituída oficialmente nesta quarta-feira, 12, em Aracaju e da qual a Seccional da OAB de Sergipe faz parte. Na ação civil pública, a OAB-SE também pedirá a concessão de liminar para que não ocorra a audiência pública do Ministério da Integração Regional, programada para acontecer no dia 31 de janeiro na sede da Escola Técnica Federal, em Aracaju.

 

Para Henry Clay, a transposição das águas do Rio São Francisco sem uma prévia revitalização trará prejuízos ambientais e sociais, principalmente para as populações ribeirinhas atreladas ao São Francisco. A decisão de ingressar com a ação civil pública foi tomada pelos conselheiros da OAB-SE em reunião extraordinária realizada em dezembro de 2004.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais