Homem que feriu transexual responderá por lesão corporal leve

0
Crime será investigado pelo DAGV (Foto: arquivo Portal Infonet)

O acusado por ferir uma transexual com golpe de arma branca, preso em flagrante na noite da quinta-feira, 18, em Aracaju, responderá por crime de ameaça, com lesão corporal de natureza leve. O acusado foi identificado como Alex da Silva Cardoso. Em decorrência da tipificação do crime definida pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, o suspeito foi contemplado com o direito de responder ao processo judicial em liberdade e já está solto. A agressão aconteceu na noite da quinta-feira, 18, no centro de Aracaju

A investigação, conforme a SSP, será conduzida pelo Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Aracaju com investigações conduzidas pela delegada Meire Mansuet. De acordo com informações da assessoria de imprensa da SSP, na Delegacia da Polícia Civil, o delegado plantonista confeccionou Termo de Ocorrência Circunstanciado, considerando as informações que recebeu do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde a transexual está internada.

De acordo com a assessoria de imprensa da SSP, a equipe do Huse informou que o “estado de saúde da vítima era estável e havia sido realizado um procedimento de assistência local, sem intercorrência”.

Revolta

O encaminhamento dado pelo delegado plantonista ao episódio revoltou os ativistas LGBT. “Isso é um absurdo, vamos entrar com ação contra esse delegado”, reagiu a ativista Linda Brasil, que prima pelo entendimento de que o acusado deveria ser mantido preso, para responder por tentativa de homicídio e não por crime de lesão corporal de natureza leve. “Esse é um comportamento altamente preconceituoso contra a comunidade LGBT”, conceituou Brasil.

Um grupo de transexuais está tentando audiência com a delegada que conduzirá a investigação e quer reverter a questão para classificar o crime como tentativa de homicídio.

Por Cassia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais