INFONET PIXELS

0

*** Foi suspensa nesta sexta-feira, dia 21, a liminar concedida pela desembargadora Clara Leite Rezende que obrigava o Governo do Estado a pagar, até segunda-feira, os dias descontados dos professores grevistas. *** A decisão é do presidente do Superior Tribunal de Justiça – STJ -, ministro Edson Vidigal, que entendeu, em sua determinação, que a greve tem causado prejuízos ao Estado e aos estudantes. *** Apesar da decisão do STJ o governador João Alves Filho já anunciou sua intenção de pagar o ponto cortado. Sem dúvida, uma medida política para pôr fim aos embaraços entre a Secretaria de Educação e a rede estadual de ensino.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais