ITPS inicia verificação de radares na rodovia Inácio Barbosa

(Foto: Tamiris Novaes)

O Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) – Órgão Delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) iniciou nesta quinta-feira, 19, a verificação metrológica dos radares de velocidade instalados na rodovia Inácio Barbosa (antiga José Sarney), em Aracaju.

Os medidores de velocidade foram instalados recentemente e fazem parte de um sistema de monitoramento, cujos equipamentos eletrônicos estão sendo implantados gradativamente pelo Governo de Sergipe, por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), em pontos estratégicos da malha rodoviária estadual, visando a redução de acidentes e a melhoria da segurança.

O presidente do ITPS, Kaká Andrade, explica que o papel do órgão é fazer a verificação e a checagem dos equipamentos instalados, para garantir que eles forneçam informações corretas. Ele informa ainda que o local já está sinalizado com placas, antes mesmo dos equipamentos estarem em funcionamento, para que os condutores se habituem à nova realidade. “Queremos oferecer a confiabilidade necessária para garantir o funcionamento de todos os radares não só nesta rodovia, mas em todos instalados no Estado”, frisa.

De acordo com o diretor de trânsito do DER, Geraldo Motta, os radares, além de garantir a segurança dos pedestres, facilitam o fluxo de veículos. “Em uma via como esta, onde são instalados radares, não há necessidade da existência de quebra-molas, assim, garantimos um trânsito mais fluido, e reduzimos o risco de acidentes”, completa.

Verificação metrológica

A verificação metrológica inicial é realizada após a instalação do instrumento e conta com a participação do representante da empresa proprietária. Neste tipo de ação, um veículo oficial do ITPS (que é dotado de um equipamento para medição de velocidade calibrado pelo Inmetro) percorre a via e passa diversas vezes e com diferentes velocidades pelo radar. A partir daí, o agente fiscal do ITPS compara a velocidade indicada neste equipamento com aquela registrada pelo medidor instalado na via. Baseado nessa comparação, o fiscal pode aprovar ou reprovar o instrumento.

“O procedimento é um pouco mais demorado, principalmente na verificação inicial. Nosso veículo passa pela faixa, no mínimo, dez vezes, a velocidades distintas, e vai montando um banco de dados para checar se as informações registradas no dispositivo eletrônico de velocidade estão compatíveis com aquelas registradas pelo radar. Havendo divergência, o equipamento deve ser ajustado”, reforça Kaká Andrade.

Quando aprovado, o medidor de velocidade recebe um certificado de verificação metrológica com validade de 12 meses e torna-se apto para funcionamento e emissão de multas por excesso de velocidade. No caso de reprovação, o radar deve passar por manutenção (responsabilidade da empresa permissionária) e não poderá emitir multas até que passe pela verificação após reparo (procedimento agendado pela empresa junto ao ITPS) e seja considerado aprovado.

Consulta

Os condutores podem consultar a situação de qualquer radar instalado no país, acessando o Portal de Serviço do Inmetro nos Estados (PSIE) por meio do endereço eletrônico https://servicos.rbmlq.gov.br. Basta clicar em “consulta de instrumentos”, escolher a opção “medidor de velocidade” e digitar o município. A partir de então, o sistema mostrará os medidores da localidade, data da última verificação e a validade.

Denúncias ou dúvidas

Em caso de denúncias ou para esclarecimento de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com a Ouvidoria do ITPS por meio do telefone (79) 3179-8055 e do e-mail ouvidoria@itps.se.gov.br. Também há a opção do atendimento presencial, que é feito na sede do ITPS, localizado na rua Campo do Brito, 371, bairro 13 de Julho, em Aracaju.

Fonte: Ascom ITPS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais