Magno diz estar com a consciência tranquila

0

Carlos Magno garante estar tranquilo

O coronel Magno Silvestre voltou a comentar nesta quinta-feira, 7, sobre o relatório que fala sobre uma possível facilitação da fuga do ex-policial Giuseppe Amaral, do Presídio Militar em fevereiro deste ano.  O comandante-geral da Polícia Militar de Sergipe e mais 11 militares foram citados no Inquérito Policial que aponta “negligência, prevaricação, omissão, privilégios, falsificação de documentos desobediência e fraudes”.

Com a exoneração de Kércio Pinto da Secretaria de Segurança Pública, acredita-se que Coronel Magno seja o próximo a perder o cargo. Mas, o comandante da Polícia Militar de Sergipe disse estar muito tranqüilo. “Entreguei o relatório à Justiça no início da semana e agora estou aguardando os desenrolar com muita tranqüilidade”, destaca o comandante da PM.

Quanto ao pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)/SE, para que seja afastado do cargo, por conta de acusações de estaria envolvido na fuga, o coronel Magno foi enfático.  “Problema da OAB, mas eu sempre estive e estou com a consciência tranqüila”, garante.

Segundo o relatório, Magno teria “assumido o risco” e “protelado a entrega” de Giuseppe a uma equipe de captura da Polícia Civil de Pernambuco, que veio a Aracaju para conduzi-lo a Recife para ser interrogado.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais