Metade da água para abastecimento nas capitais brasileiras é jogada fora, mostra estudo

0

O Instituto Socioambiental (ISA) apresenta na próxima quarta-feira, 21, um estudo inédito sobre a situação do abastecimento público e saneamento básico nas 27 capitais brasileiras. O levantamento revela que aproximadamente 45% do total de água retirada dos mananciais das capitais é desperdiçada em vazamentos, fraudes e sub-medições. A quantidade de água jogada fora seria suficiente para abastecer 38 milhões de pessoas por dia.

A divulgaão do estudo Abastecimento de água e esgotamento sanitário nas capitais brasileiras faz parte do lançamento da Campanha De Olho nos Mananciais, que tem como objetivo esclarecer a sociedade brasileira sobre a situação das fontes de água que abastecem as grandes cidades do País.

Segundo o estudo, são 6,14 milhões de litros (2.457 piscinas olímpicas). A precária situação do saneamento ambiental pode surpreender ainda mais: menos de 50% da população das capitais tem seu esgoto tratado.

O levantamento sobre as coberturas e desperdícios nas redes públicas de abastecimento e saneamento, baseado em dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades (ano base 2004), é inédito em seu recorte e abrangência, ao comparar índices nacionais e de cada uma das 27 capitais brasileiras.

Alguns dados relevantes já divulgados sobre o estudo, apontam que no abasteicmento de água, apenas seis das 27 capitais atendem à totalidade de sua população. Revela ainda que o consumo de água nas capitais, a média per capita, é de 150 litros por dia.

Ainda segundo o estudo, a capital campeã do desperdício é Porto Velho, com 78,8% do total, porém em termos de volume perdido, o Rio de Janeiro é a capital que mais joga água fora, um volume diário equivalente a 618 piscinas olímpicas!

Saiba como economizar água:

Banho

Feche a torneira ao se ensaboar. Uma ducha aberta durante 15 minutos consome 135 litros; no mesmo período, um chuveiro elétrico consome 45 litros. Se o uso foi reduzido para cinco minutos, o consumo cai para 45 litros, no caso da ducha, e para 15 litros, no caso do chuveiro elétrico.

Escovar os dentes

Molhe a escova e feche a torneira enquanto escova os dentes e enxágüe a boca com um copo de água. Cinco minutos com a torneira aberta gastam 12 litros.

Lavar o rosto

Não demore. Um minuto com a torneira meio aberta gasta 2,5 litros.

Barbear

Cinco minutos gastam 12 litros. Fechando a torneira, o consumo cai para dois ou três litros.

Vaso sanitário

Seis segundos de acionamento gastam de 10 a 14 litros. Bacias sanitárias fabricadas a partir de 2001 necessitam de menos tempo para a limpeza e consomem seis litros por descarga. Quando a válvula está defeituosa, o gasto pode chegar a 30 litros. Mantenha a válvula da descarga regulada e conserte vazamentos assim que forem notados. Não use a privada como lixeira ou cinzeiro e nunca acione a descarga à toa.

Lavar a louça

Primeiro, limpe os restos de comida dos pratos e panelas com esponja e sabão e, só aí, abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo que tem que ser lavado e, então, abra a torneira para novo enxágüe. Lavando louça com a torneira meio aberta por 15 minutos são utilizados 117 litros. Com economia, o consumo chega a 20 litros. Uma lavadora de louça com capacidade para 44 utensílios e 40 talheres gasta 40 litros –utilize-a somente quando estiver cheia.

Lavar a roupa

A lavadora de roupas com capacidade de cinco quilos gasta 135 litros. O ideal é usá-la somente com capacidade total. No tanque, a torneira aberta por 15 minutos gasta até 279 litros. Deixar acumular a roupa e coloque água no tanque para ensaboar, mantendo a torneira fechada. Aproveite a água do enxágüe para lavar o quintal.

Jardim

Molhar as plantas por 10 minutos pode consumir 186 litros. Use um regador em vez de utilizar a mangueira. No verão, regue pela manhã ou à noite, o que reduz a perda por evaporação. No inverno, regue um dia sim, um dia não, pela manhã. Com uma mangueira com esguicho-revólver, a economia chega a 96 litros por dia.

Piscina

Uma piscina de tamanho médio exposta ao sol e ao vento perde aproximadamente 3.785 litros por mês por evaporação –suficientes para suprir as necessidades de água potável de uma família de quatro pessoas por cerca de um ano e meio (considerando o consumo médio de dois litros por habitante por dia). Com uma cobertura plástica, a perda é reduzida em 90%.

Calçada

Use a vassoura, e não a mangueira, para limpar a calçada e o pátio de casa. Se houver sujeira localizada, use um pano umedecido com água de enxágüe da roupa ou da louça. Com mangueira, em 15 minutos, são perdidos 279 litros de água.

Carro

Use um balde e um pano para lavar o carro em vez de uma mangueira. Se possível, não o lave durante a estiagem. Muita gente gasta até 30 minutos lavando o carro. Com uma mangueira não muito aberta, gastam-se 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o desperdício alcança 560 litros. Para reduzi-lo, lave o carro somente uma vez por mês e usando um balde –nesse caso, o consumo é de apenas 40 litros.

Comentários