Ministério Público ajuiza ação contra diretora de colégio

0

Os indícios de desvios de verbas da Secretaria de Estado da Educação fizeram com que o Ministério Público do Estado de Sergipe ajuizasse, através da Promotoria de Justiça Especializada da Educação, ação de improbidade administrativa em face da diretora do Colégio Estadual José da Silva Ribeiro Filho, localizado no bairro Santos Dumont, em Aracaju.

Além dos indícios de desvios, existe também a denúncia da não prestação de contas dos recursos do Programa de Transferência de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais (Profin) e do Programa Dinheiro Direto nas Escolas.

A servidora pública estadual Maria das Graças Marrocos Silva estava na função de diretora do Colégio Estadual José da Silva Ribeiro Filho no período de 19 de novembro de 2004 até meados de dezembro de 2005 e, neste período, existem indícios que ela praticou diversas irregularidades consistentes na emissão de cheques sem provisão de fundos, falsificação de assinaturas lançadas em cheques da Secretaria de Estado da Educação, falsificação de documentos particulares, notadamente recibos, ausência de prestação de contas dos recursos disponibilizados para a Escola Estadual José da Silva Ribeiro Filho e, finalmente, desvio de recursos públicos para proveito próprio.

Segundo o promotor de Justiça Augusto César Leite de Resende, responsável pela ação, “condutas como estas são extremamente graves, principalmente porque foram desviados recursos que, se bem aplicados, trariam benefícios para a comunidade, por se tratar de recursos que deveriam ser aplicados na Educação”.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais