Mulher é atingida por bala perdida em tiroteio no Marcos Freire

0
Arma e simulacro apreendidos (Fotos: PM)

Duas pessoas ficaram feridas em uma troca de tiros ocorrida entre dois suspeitos e a polícia. Um adolescente, acusado de envolvimento em um assalto, ficou ferido, e uma mulher que estava dentro do carro com o marido acabou vítima de bala perdida decorrente do tiroteio que acontecia no momento entre policiais militares e dois suspeitos, que teriam cometido um assalto no Marcos Freire I, em Nossa Senhora do Socorro, conforme informações do major Henrique Rocha, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar de Sergipe.

Material apreendido pela Polícia Militar

Nesta ação, o adolescente ferido está custodiado, apreendido, e há um jovem com idade superior a 18 anos preso. O assalto ocorreu na tarde do sábado, 15, no conjunto Marcos Freire I, em Nossa Senhora do Socorro. Após o assalto a um estabelecimento comercial, os suspeitos correram. Os policiais militares que faziam ronda observaram o comportamento suspeito dos acusados, que foram apontados como autores do assalto à casa comercial, conforme informou o major Rocha.

De acordo com o major, os policias perseguiram os suspeitos, quando houve reação dos acusados que disparam os tiros contra os policiais. Houve o tiroteio, atingindo o suspeito, um adolescente de 15 anos, e também a mulher que estava no veículo. Há informações, segundo o major Rocha, que há outros dois suspeitos que teriam participado do assalto que conseguiram fugir em um veículo. Apesar das diligências, eles não foram localizados.

O adolescente e a mulher foram conduzidos para o Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro e, posteriormente, transferidos para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Conforme o major Rocha, com os dois suspeitos, foram apreendidos dois revólveres, um de calibre 38 e outro de calibre 22, com munições intactas e outras deflagradas. Armas que teriam sido utilizadas pelos suspeitos no confronto com os policiais militares. Além das armas verdadeiras, também houve apreensão de uma arma falsa [simulacro de pistola] e a quantia de R$ 498,00, dinheiro que estava armazenado em uma caixa preta, segundo o major.

Por Cassia Santana

Comentários