Odebrecht lança mais uma edição do prêmio Clarival do Prado Valladares

0

A Organização Odebrecht está lançando mais uma edição do prêmio Clarival do Prado Valladares. Para este ano o prêmio aprimorou algumas das características que o tornam uma exceção no país. O seu objetivo é patrocinar pesquisa histórica desde seu início até a conclusão, com a edição de livro ilustrado e com o tratamento gráfico característico da coleção de edições culturais da Odebrecht. 

As inscrições já estão abertas. Podem concorrer projetos de pesquisa que abordem temas ligados à Bahia, Estado sede da empresa, que representem contribuição para a história do Brasil. As inscrições vão até o dia 10 de março e podem ser feitas pelo site www.odebrecht.com.br, onde também é encontrado o regulamento do concurso. O importante é o ineditismo da idéia, a sua abrangência, a criatividade e a real contribuição para a história do País. A Odebrecht vai assegurar todos os recursos necessários para que o projeto premiado possa ser realizado, patrocinando todas as fases de execução.

Os processo de seleção dos trabalhos será feito pelo Comitê Cultural da Odebrecht. Cinco projetos serão escolhidos e encaminhados para o julgamento de uma comissão externa, formada por pessoas de renome no setor cultural, que definirá o projeto a ser premiado. O resultado será anunciado no primeiro semestre de 2005. A intenção é publicar o livro em 2006.

O projeto vencedor do prêmio, anunciado em 2004, foi “Serviços Urbanos e Movimentos Sociais: Bahia, 1846-1946”, da professora e pesquisadora baiana Consuelo Novais Sampaio.No trabalho ela se propõe a testar a hipótese levantada pelo pesquisador C. A. Carvalho, de que a Bahia teria liderado, através da iniciativa particular, a modernização dos meios de transportes urbanos, na segunda metade do século XIX.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais