Pedreiro teria provocado acidente com ônibus

0
Passageiros recebem assistência do Corpo de Bombeiros e do Samu (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

Quatro passageiros e os dois motoristas ficaram feridos no tombamento com saída de pista do ônibus da empresa Viação Nacional ocorrido na tarde desta quarta-feira, 29, na BR 101. De acordo com os primeiros levantamentos realizados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi provocado pelo pedreiro alagoano José Adriano dos Santos Bernardo, passageiro do coletivo que saiu de Maceió, na manhã desta quarta, com destino a São Paulo, com previsão de chegada para a manhã da próxima sexta-feira, 31.

O pedreiro embarcou na cidade de Arapiraca e os policiais constataram que ele não possui antecedentes criminais. No primeiro momento, acreditou-se que se tratava de uma assalto, mas esta hipótese foi descartada. “Ele não está sob efeito de droga nem na bagagem há armas, acreditamos que ele tenha algum problema de ordem psicológico e teve um surto, mas isso será investigado”, informou um policial rodoviário federal.

O pedreiro suspeito, que já trabalhou em empresas de grande porte do ramo da construção civil no Estado de São Paulo, recebeu voz de prisão, ficou custodiado em uma viatura da PRF e foi encaminhado para uma Delegacia da Polícia Civil para responder a inquérito policial por dano a terceiros e lesões leves, conforme informações preliminares da PRF. “Ele não falou nada, falou apenas que estava com fome”, revelou o policial rodoviário Cláudio Lima.

Revolta e susto

Samu atende os passageiros feridos

Até o Estado de São Paulo, sete motoristas se revezariam durante a viagem, segundo informações colhidas pela PRF. Os passageiros feridos receberam atendimento da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e serão assistidos pela empresa, que já enviou outro veículo e outros motoristas para substituir os dois que estavam no transporte coletivo.

O ônibus estava sendo conduzido pelo motorista Cícero Alves e trafegava com 17 passageiros. “Um passageiro surtou e veio pra cabine e me agarrou”, contou Cícero, em conversa com o Portal Infonet. Segundo uma passageira, o motorista tentou se defender com a mão esquerda antes de perder o controle da direção do veículo. Ele e o colega também ficaram feridos.

Os passageiros ficaram bastante nervosos e, segundo os policiais rodoviários federais tentaram espancar o pedreiro, que teria provocado o acidente. "Por sorte a nossa viatura estava passando no local no momento e conseguimos evitar o linchamento", observou um policial. Os passageiros ficaram desnorteados. “Nem sei o que vou fazer, vou cuidar do meu véio [marido, que sofreu lesões consideradas leves] e depois ver outro carro para chegar em São Paulo”, disse a aposentada Iraci Maria Paulino, 62, que tem a cidade de Jundiaí, em São Paulo, como destino. De acordo com informações da equipe do Samu, todos os passageiros e os dois motoristas passam bem.

Cícero: passageiro surtou

Os policiais rodoviários federais revelaram que a direção da empresa já teria sido comunicada sobre o acidente e que teria se comprometido em prestar a assistência necessária a todos os passageiros. Aqueles que saíram ilesos prosseguirão viagem ainda nesta quarta-feira, em um outro veículo, e os passageiros feridos serão medicados e quando receberem alta viajarão na data mais conveniente.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais