Polícia realiza grande operação no Pantanal

0

 
Helicóptero é usado para dar reforço à ação policial
 
Coronel Iunes promete que polícia irá se fazer mais presente na invasão
 
Lancha da Polícia Ambiental também está sendo usada para monitorar o rio


A polícia realiza na tarde desta quarta-feira, 11, uma grande operação na invasão do Pantanal. O objetivo é combater o tráfico e prender traficantes que vem atuando na região, chegando a fazer os próprios moradores de reféns. De início foram apreendidas armas e drogas, mas até o momento nenhuma pessoa foi presa.

De acordo com o comandante de policiamento da capital, o coronel Iunes, a polícia não irá descansar e se fará cada vez mais presente dentro do Pantanal. “Vamos tirar de circulação todas as pessoas envolvidas. Vamos intensificar a ocupação da área, estamos mapeando o local e identificando algumas pessoas que colaboram com a criminalidade”.

Ainda segundo Iunes, quando a polícia deixa de se fazer presente por alguns dias, os traficantes tomam conta do local. A iniciativa de reforçar o monitoriamento da área é aprovada pela população que se vê constantemente ameaçada pelos criminosos. “Já acostumamos com essa movimentação da polícia, se parar é pior porque os bandidos estão matando pessoas de bem, pais de família que não tem, nada a ver”, afirma um morador que não quis se identificar com medo de represálias.

O último episódio de terror na invasão foi vivido por 19 pessoas de uma mesma família que se viu refém dos traficantes durante o último final de semana, noticiado pelo Portal Infonet. Uma pessoa chegou a ser baleada e está hospitalizada. Os demais foram obrigados a deixar o Pantanal, pois foram ameaçados de morte.

“Quando a polícia sai daqui eles voltam para vingar as pessoas. Aqui só Jesus salva”, afirma uma senhora, acrescentando que todos na comunidade sabem quem são as pessoas que atuam aterrorizando os moradores.  

Por Carla Sousa



Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais